Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Carreira em jogo

Estudantes, recém formados e o mercado de trabalho embatem-se no Xeque Mate. Realizado nesta terça e quarta-feiras, no Itaimbé Palace Hotel, em Santa Maria, o encontro tem na programação palestras, workshops e também oportuniza visitas a expositores, além da possibilidade de deixar o currículo para empresas.

As dicas expostas sobre a carreira (de administrador) devem orientar o iniciante a alcançar seus objetivos. Xeque Mate é expressão usada no xadrez quando se ganha o jogo e ‘encurrala’ o rei. O jogo é conhecido pelas estratégias, que devem ser criadas pelos empreendedores na vida real para um caminho de sucesso.

O estudante de agricultura familiar e sustentabilidade da UFSM Cristian Schlickmann, 21 anos, é técnico contábil e agrícola, já trabalha com prestação de serviços de consultoria rural e urbana, e pretende abrir um escritório de contabilidade. O que mais o motivou a participar do encontro é o contato com palestrantes das empresas: “Quero ver a metodologia de trabalho das empresas que já tem nome no mercado, ver ‘a alma do negócio’, como chegaram onde estão e sua estrutura”.

Dentre os palestrantes de hoje estava a gerente executiva de Recursos Humanos da RBS Isabel Degrazia, que falou sobre “Crença nas pessoas”. Para Isabel, o ambiente de trabalho gera melhores resultados: “Para dentro da organização as pessoas trazem sua bagagem. Conhecimento, valores, traços, motivos, são as competências que cada um aplica de sua forma, esse é o diferencial, a habilidade”.

O Grupo RBS tem hoje 6 mil colaboradores e procura pessoas que contribuam com a empresa, em qualquer área. Segundo Isabel: “As empresas procuram pessoas com diferencial, não é só na RBS, mas temos um perfil exigente”.

Para entrar na empresa é preciso passar por várias etapas. Candidatos a gerente ou executivo passam por dinâmicas de grupo, fazem painéis de negócios, com executivos assistindo e provas presenciais. A seleção para jornalistas trainee (aprendiz) é similar. Trata-se de um processo que dura um ano, para o qual são feitos testes gerais de conhecimento, pauta e avaliações psicológicas. Isabel revela que: “O investimento nos trainees é alto, mas tem bom resultado”.

Responsável pelo rádio, jornal, internet e gestão corporativa da RBS, Isabel conta que a empresa tem responsabilidade social, faz campanhas e tem cotas a cumprir como inclusão de deficientes, por exemplo, que são preparados dentro da empresa com aulas. “A empresa atua como pode na sociedade”, explica.

Além da RBS, participaram empresas como a General Motors, que enviou representante para falar sobre sua gestão de pessoas, e a World Study, que promove intercâmbios sobre educação intercultural na formação dos novos profissionais. Como representante do Instituto Holos de Desenvolvimento Humano, a coordenadora Wilma Strider falou sobre gestão de uma carreira de sucesso. O atual coordenador do CDI, que é ex-Recursos Humanos da Microsoft, Cláudio Neszlinger, encerrou a jornada de hoje.

O Xeque Mate foi realizado pela AIESEC e Rádio Itapema FM. As inscrições podem ser feitas no local: R$12 a entrada para um dia e R$ 20, 00 para os dois dias.

 

A programação segue nesta quarta-feira, dia 25:

Às 14 h: Grupo JMT – “Gestão de qualidade com ênfase nas pessoas”

15:30: SEBRAE – “Empreendedorismo: uma oportunidade?”

18h: América Latina Logística – Modelos de gestão ALL

19:30: McKinsey & Company – Planejamento de carreira

 

Fotos: Francine Boijink (Núcleo de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estudantes, recém formados e o mercado de trabalho embatem-se no Xeque Mate. Realizado nesta terça e quarta-feiras, no Itaimbé Palace Hotel, em Santa Maria, o encontro tem na programação palestras, workshops e também oportuniza visitas a expositores, além da possibilidade de deixar o currículo para empresas.

As dicas expostas sobre a carreira (de administrador) devem orientar o iniciante a alcançar seus objetivos. Xeque Mate é expressão usada no xadrez quando se ganha o jogo e ‘encurrala’ o rei. O jogo é conhecido pelas estratégias, que devem ser criadas pelos empreendedores na vida real para um caminho de sucesso.

O estudante de agricultura familiar e sustentabilidade da UFSM Cristian Schlickmann, 21 anos, é técnico contábil e agrícola, já trabalha com prestação de serviços de consultoria rural e urbana, e pretende abrir um escritório de contabilidade. O que mais o motivou a participar do encontro é o contato com palestrantes das empresas: “Quero ver a metodologia de trabalho das empresas que já tem nome no mercado, ver ‘a alma do negócio’, como chegaram onde estão e sua estrutura”.

Dentre os palestrantes de hoje estava a gerente executiva de Recursos Humanos da RBS Isabel Degrazia, que falou sobre “Crença nas pessoas”. Para Isabel, o ambiente de trabalho gera melhores resultados: “Para dentro da organização as pessoas trazem sua bagagem. Conhecimento, valores, traços, motivos, são as competências que cada um aplica de sua forma, esse é o diferencial, a habilidade”.

O Grupo RBS tem hoje 6 mil colaboradores e procura pessoas que contribuam com a empresa, em qualquer área. Segundo Isabel: “As empresas procuram pessoas com diferencial, não é só na RBS, mas temos um perfil exigente”.

Para entrar na empresa é preciso passar por várias etapas. Candidatos a gerente ou executivo passam por dinâmicas de grupo, fazem painéis de negócios, com executivos assistindo e provas presenciais. A seleção para jornalistas trainee (aprendiz) é similar. Trata-se de um processo que dura um ano, para o qual são feitos testes gerais de conhecimento, pauta e avaliações psicológicas. Isabel revela que: “O investimento nos trainees é alto, mas tem bom resultado”.

Responsável pelo rádio, jornal, internet e gestão corporativa da RBS, Isabel conta que a empresa tem responsabilidade social, faz campanhas e tem cotas a cumprir como inclusão de deficientes, por exemplo, que são preparados dentro da empresa com aulas. “A empresa atua como pode na sociedade”, explica.

Além da RBS, participaram empresas como a General Motors, que enviou representante para falar sobre sua gestão de pessoas, e a World Study, que promove intercâmbios sobre educação intercultural na formação dos novos profissionais. Como representante do Instituto Holos de Desenvolvimento Humano, a coordenadora Wilma Strider falou sobre gestão de uma carreira de sucesso. O atual coordenador do CDI, que é ex-Recursos Humanos da Microsoft, Cláudio Neszlinger, encerrou a jornada de hoje.

O Xeque Mate foi realizado pela AIESEC e Rádio Itapema FM. As inscrições podem ser feitas no local: R$12 a entrada para um dia e R$ 20, 00 para os dois dias.

 

A programação segue nesta quarta-feira, dia 25:

Às 14 h: Grupo JMT – “Gestão de qualidade com ênfase nas pessoas”

15:30: SEBRAE – “Empreendedorismo: uma oportunidade?”

18h: América Latina Logística – Modelos de gestão ALL

19:30: McKinsey & Company – Planejamento de carreira

 

Fotos: Francine Boijink (Núcleo de Fotografia e Memória)