Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Escolas mais verdes

 

A preocupação com o meio ambiente e a necessidade de mobilização das pessoas para a preservação da natureza tem feito com que escolas desenvolvam projetos de educação ambiental. Uma delas é a Escola Adventista de Santa Maria. Educar, refletir e promover ações é a idéia do projeto Educação Mais Verde.

As atividades serão desenvolvidas ao longo de todo o ano. Segundo a coordenadora pedagógica Raquel Tossin, na escola sempre existiu a preocupação ambiental, mas com o projeto é possível intensificar as atividades e envolver todas as turmas no debate.

 

No lançamento do projeto foi plantada uma muda de Pau-brasil. A árvore, símbolo do país, teve seu dia comemorado em três de maio. Duas alunas da escola, Paola de Abreu e Sabrina Borba, o engenheiro agrônomo Márcio Niederauer e o vereador Fort fizeram o plantio.

 Sabrina que hoje está no 3º ano do Ensino Médio, havia plantado uma muda de Timbaúva quando estava na 2ª série do Ensino Fundamental na escola. Já Paola (na foto), aluna da 5ª série, foi escolhida por poder acompanhar o crescimento da árvore. A menina diz ter ficado feliz por ajudar a preservar a árvore símbolo do Brasil. Para Sabrina a conscientização feita na escola, desde pequeno, é importante porque um adulto já tem seus hábitos formados e os jovens estão em formação.

 Raquel (na foto à esquerda) explica que, por enquanto, o plantio é mais simbólico e até fim do ano todos os alunos vão estar envolvidos com o plantio de mudas na frente da escola. A conscientização dos alunos inicia na sala de aula com debates e reflexões sobre desmatamento, atitudes e incentivo à reciclagem com lixeiras seletivas pela escola. Cada turma será responsável pela limpeza do pátio da escola em um dia da semana. Ainda será feita uma passeata pelas ruas da cidade com panfletagem de materiais educativos e distribuição de sementes.

Algumas turmas terão projetos específicos. Os alunos do 2º ano do Ensino Médio, por exemplo, estarão envolvidos em uma pesquisa para nomear com placas as árvores da escola. No Ensino Fundamental, o tema será o lixo reciclável. As crianças devem cuidar, em casa, da separação do lixo e realizar algumas tarefas com materiais arrecadados.

Não são apenas as escolas privadas que propõem projetos ambientais em seu currículo. A Escola Estadual Cícero Barreto e a Escola Estadual Padre Caetano são exemplos. Ambas escolas participarão do Fórum Mundial de Educação, que será realizado em Santa Maria de 28 a 31 de maio.

Fotos: Bibiane Moreira (Núcleo de Fotografia e Memória) 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 

A preocupação com o meio ambiente e a necessidade de mobilização das pessoas para a preservação da natureza tem feito com que escolas desenvolvam projetos de educação ambiental. Uma delas é a Escola Adventista de Santa Maria. Educar, refletir e promover ações é a idéia do projeto Educação Mais Verde.

As atividades serão desenvolvidas ao longo de todo o ano. Segundo a coordenadora pedagógica Raquel Tossin, na escola sempre existiu a preocupação ambiental, mas com o projeto é possível intensificar as atividades e envolver todas as turmas no debate.

 

No lançamento do projeto foi plantada uma muda de Pau-brasil. A árvore, símbolo do país, teve seu dia comemorado em três de maio. Duas alunas da escola, Paola de Abreu e Sabrina Borba, o engenheiro agrônomo Márcio Niederauer e o vereador Fort fizeram o plantio.

 Sabrina que hoje está no 3º ano do Ensino Médio, havia plantado uma muda de Timbaúva quando estava na 2ª série do Ensino Fundamental na escola. Já Paola (na foto), aluna da 5ª série, foi escolhida por poder acompanhar o crescimento da árvore. A menina diz ter ficado feliz por ajudar a preservar a árvore símbolo do Brasil. Para Sabrina a conscientização feita na escola, desde pequeno, é importante porque um adulto já tem seus hábitos formados e os jovens estão em formação.

 Raquel (na foto à esquerda) explica que, por enquanto, o plantio é mais simbólico e até fim do ano todos os alunos vão estar envolvidos com o plantio de mudas na frente da escola. A conscientização dos alunos inicia na sala de aula com debates e reflexões sobre desmatamento, atitudes e incentivo à reciclagem com lixeiras seletivas pela escola. Cada turma será responsável pela limpeza do pátio da escola em um dia da semana. Ainda será feita uma passeata pelas ruas da cidade com panfletagem de materiais educativos e distribuição de sementes.

Algumas turmas terão projetos específicos. Os alunos do 2º ano do Ensino Médio, por exemplo, estarão envolvidos em uma pesquisa para nomear com placas as árvores da escola. No Ensino Fundamental, o tema será o lixo reciclável. As crianças devem cuidar, em casa, da separação do lixo e realizar algumas tarefas com materiais arrecadados.

Não são apenas as escolas privadas que propõem projetos ambientais em seu currículo. A Escola Estadual Cícero Barreto e a Escola Estadual Padre Caetano são exemplos. Ambas escolas participarão do Fórum Mundial de Educação, que será realizado em Santa Maria de 28 a 31 de maio.

Fotos: Bibiane Moreira (Núcleo de Fotografia e Memória)