Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Feira termina em alta

Mesmo no úlimo dia de Feira do Livro, o movimento se manteve grande. Segundo dados da Câmara do Livro, até ontem à noite, sábado, foram vendidos 42.330 livros, superando o total do ano passado que foi de 40.150.

Nesta tarde de dia das mães, muitas delas passeavam pela Praça Saldanha Marinho com seus filhos.  A dona-de-casa aposentada Judite Couto Dias, 65 anos, aproveitou que seus filhos e netos vieram de Belo Horizonte-MG para o dia das mães e os trouxe para visitar a Feira. “Queria que eles vissem que minha cidade é mesmo uma cidade cultura”. 

A vendedora autônoma Solange Maia, 37 anos,  trouxe as filhas Camille, 6 e Clarisse, 5 para participarem da Hora do Conto. “Não tenho condições de comprar muitos livros, mas acho importante que os pais incentivem os filhos à leitura. Trouxe elas para a Hora do Conto, para  que de alguma forma façam parte dos livros com suas imaginações”,complementa Solange.

Para Rosângela Rechia, uma das orgnizadoras, a Feira foi beneficiada pela data de sua realização. “Muita gente visitou a feira, gostou dos livros, e agora vieram comprar”, comenta ela.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mesmo no úlimo dia de Feira do Livro, o movimento se manteve grande. Segundo dados da Câmara do Livro, até ontem à noite, sábado, foram vendidos 42.330 livros, superando o total do ano passado que foi de 40.150.

Nesta tarde de dia das mães, muitas delas passeavam pela Praça Saldanha Marinho com seus filhos.  A dona-de-casa aposentada Judite Couto Dias, 65 anos, aproveitou que seus filhos e netos vieram de Belo Horizonte-MG para o dia das mães e os trouxe para visitar a Feira. “Queria que eles vissem que minha cidade é mesmo uma cidade cultura”. 

A vendedora autônoma Solange Maia, 37 anos,  trouxe as filhas Camille, 6 e Clarisse, 5 para participarem da Hora do Conto. “Não tenho condições de comprar muitos livros, mas acho importante que os pais incentivem os filhos à leitura. Trouxe elas para a Hora do Conto, para  que de alguma forma façam parte dos livros com suas imaginações”,complementa Solange.

Para Rosângela Rechia, uma das orgnizadoras, a Feira foi beneficiada pela data de sua realização. “Muita gente visitou a feira, gostou dos livros, e agora vieram comprar”, comenta ela.