Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Fórum Internacional de Software livre abre 10º edição

cartazA edição deste ano do FISL tem como temática a “Liberdade, contra a vigilância e o controle na internet”. As atividades do Fórum realizam-se até 27 de junho na Pontifícia Universidade Católica (PUC) em Porto Alegre.

O evento iniciou nesta quarta, dia 24.  A abertura oficial contou com a presença de diversos representantes de entidades sociais, sociedade civil e governo. 

Na abertura, o presidente da Associação Software Livre e coordenador da 10ª edição do FISL, Marcelo Branco, manifestou sua gratidão pelos apoios recebidos e falou sobre as escolhas da programação do evento. Segundo ele, grande parte dos assuntos propostos têm como principal objetivo retomar as discussões quanto à liberdade e compartilhamento na internet.

A abertura também contou com a participação de um dos fundadores da Pirate Bay, Richard Stallman, que em espanhol falou sobre a grande quantidade de usuários que ainda utilizam  sistemas pagos, e relembrou o quanto é importante o compartilhamento de conteúdos por todas as pessoas. Para Stallman “atacar o compartilhamento é atacar a sociedade” manifestou fazendo referências às leis que pretendem promover o controle na WEB.

Também presente na solenidade de abertura, estava o presidente da Serpro,e representante da implantação de software livre no  Planalto, Marcos Mazoni. Ele relembrou que no início do processo os desenvolvedores de software livre também eram chamados de 'um bando de comunistas'. Para ele ,o crescimento do número de usuários de software livre demonstra o quanto a rede é forte. “Provamos que não somos só um bando. Somos um bando, mais um bando e vários outros bandos que estão fazendo transformação”, destacou.

A governadora do Estado, Yeda Crusius, que não compareceu ao evento, mandou representantes que ,mesmo sob algumas vaias, leram a sua carta. O prefeito de Porto Alegre também não  estava presente. Entretanto, o representante da atual administração, vereador Newton Braga Rosa, garantiu o apoio da prefeitura para que o FISL permaneça em Porto Alegre em 2010.

Para mais informações sobre a 10º edição do Fisl e os ações do Programa Cultura Digital, acesse www.projetoganesha.org.br ou  aqui.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cartazA edição deste ano do FISL tem como temática a “Liberdade, contra a vigilância e o controle na internet”. As atividades do Fórum realizam-se até 27 de junho na Pontifícia Universidade Católica (PUC) em Porto Alegre.

O evento iniciou nesta quarta, dia 24.  A abertura oficial contou com a presença de diversos representantes de entidades sociais, sociedade civil e governo. 

Na abertura, o presidente da Associação Software Livre e coordenador da 10ª edição do FISL, Marcelo Branco, manifestou sua gratidão pelos apoios recebidos e falou sobre as escolhas da programação do evento. Segundo ele, grande parte dos assuntos propostos têm como principal objetivo retomar as discussões quanto à liberdade e compartilhamento na internet.

A abertura também contou com a participação de um dos fundadores da Pirate Bay, Richard Stallman, que em espanhol falou sobre a grande quantidade de usuários que ainda utilizam  sistemas pagos, e relembrou o quanto é importante o compartilhamento de conteúdos por todas as pessoas. Para Stallman “atacar o compartilhamento é atacar a sociedade” manifestou fazendo referências às leis que pretendem promover o controle na WEB.

Também presente na solenidade de abertura, estava o presidente da Serpro,e representante da implantação de software livre no  Planalto, Marcos Mazoni. Ele relembrou que no início do processo os desenvolvedores de software livre também eram chamados de 'um bando de comunistas'. Para ele ,o crescimento do número de usuários de software livre demonstra o quanto a rede é forte. “Provamos que não somos só um bando. Somos um bando, mais um bando e vários outros bandos que estão fazendo transformação”, destacou.

A governadora do Estado, Yeda Crusius, que não compareceu ao evento, mandou representantes que ,mesmo sob algumas vaias, leram a sua carta. O prefeito de Porto Alegre também não  estava presente. Entretanto, o representante da atual administração, vereador Newton Braga Rosa, garantiu o apoio da prefeitura para que o FISL permaneça em Porto Alegre em 2010.

Para mais informações sobre a 10º edição do Fisl e os ações do Programa Cultura Digital, acesse www.projetoganesha.org.br ou  aqui.