Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Gripe H1N1: contradições ou falta de explicação?

A cada dia é anunciado mais um caso de pessoas infectadas pelo vírus Influenza A (H1N1). Surgida no México e por isso chamada, no início, de gripe mexicana, assustou o mundo com ameaça de pandemia. Logo teve seu nome substituído por gripe suína, porque o animal teria desenvolvido a mutação do vírus. Mas o nome foi trocado e definido como H1N1 para não prejudicar a economia e diminuir o consumo da carne, que não transmite o vírus.

Hoje já se sabe que é possível evitar a morte. Existem três tipos de gripe, humana, suína e aviária. O porco é o animal que pode ser infectado pelos três, por isso o organismo dele pode produzir uma mutação. O pânico inicial foi substituído pela precaução. Mas mesmo assim, o clima tenso  por falta de informação, e da própria vacina, assusta.

Assim como as gripes comuns, a gripe ‘suína’ é transmitida pelo ar. Aglomerações e ambientes fechados contribuem para a disseminação. O governo mexicano recomendou evitar apertos de mão e beijos e não estava errado, são formas de transmissão. Para prevenir a doença, infectologistas anunciaram que uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos, hábitos que mantém imunidade alta, protegem o organismo.

O principal sintoma é a febre alta repentina. Os outros são semelhantes aos da gripe comum, dor no corpo, nas articulações, coriza. Mas no México foram apresentados também diarréia e vômito.

A Organização Mundial da Saúde, a OMS, divulgou hoje uma nova lista com 6,497 mil casos de pessoas infestadas, em 33 países. O Brasil possui oito casos suspeitos. O Rio Grande do Sul possui um caso suspeito e um caso confirmado, em  Santo Ângelo. O clima frio do Estado pode contribuir para propagação da doença.

Santa Maria foi credenciada pela Secretaria Estadual de Saúde como capaz para receber um paciente suspeito. O Hospital Universitário de Santa Maria, o HUSM, oferece quartos de isolamento e médicos infectologistas.

O vírus tem partículas muito pequenas e as máscaras utilizadas não protegem as pessoas do contágio, pois as partículas passam pelo material da máscara. Só a pessoa infectada deve usar a máscara para evitar maior propagação. Nos Estados Unidos, a FDA, agência que regulamenta os fármacos e alimentos, investiga um site que vende produtos para prevenção e cura da nova gripe.

Outros países com casos confirmados, mas sem mortos são:  Panamá (29), França (14), Alemanha (12), Itália (9), Nova Zelândia (7), Israel (7), Colômbia (7), Japão (4), El Salvador (4), China (4), Guatemala (3), Holanda (3), Coréia do Sul (3), Noruega (2), Suécia (2), Tailândia (2), Finlândia (2), Argentina (1), Austrália (1), Áustria (1), Cuba (1), Dinamarca (1), Irlanda (1), Polônia (1), Portugal (1) e Suíça (1).

Ainda não existe vacina contra o vírus A. Mesmo assim, a enfermeira Daysi Longaray revela que alguns idosos que procuram o posto de saúde do bairro do Rosário, em Santa Maria, para vacinação contra gripe, já questionaram sobre a imunidade da nova gripe: “E também perguntam quando, então, vai ter a vacina. Uma informação que não temos”.

 

Questões duvidosas que circulam na internet e no imaginário da população:

Qual a quantidade de mortos no México em consequência da doença? Não há comprovação ou divulgação do nome das vítimas que teriam morrido por causa da gripe, a maioria sofria de outros males.

Se a gripe é mais fraca que as comuns, como se propagou tão rápido? 

Existe vacina para gripe suína. É possível encontrar o vídeo de uma campanha para vacinação contra gripe suína, de 1976. A atual gripe seria uma mutação da antiga, ou a mesma?

O nome H1N1 é o mesmo da gripe Espanhola, de 1918, que matou 50 milhões de pessoas, na época, mas afirmam que é um subtipo da atual, o que isso quer dizer afinal?

A cobertura da mídia intensa após a divulgação da OMS, que foi um mês depois do primeiro caso, foi estratégia para desviar atenção da crise financeira?

 

Algumas teorias conspiratórias que surgiram:

A doença teria sido desenvolvida para exterminar parte da população mundial para manter o equilíbrio do planeta. Segundo essa hipótese, o ideal seria haver 500 milhões de pessoas no mundo, e hoje passam dos 6 bilhões.

O vírus teria sido desenvolvido no laboratório, de propósito ou por acidente?Teste de vacina ou maldade?

Se as máscaras não protegem, por que isso não é dito? A indústria farmacêutica foi beneficiada com a procura pelas máscaras, o que fez surgir a suspeita de que a doença teria sido criada para vender medicamentos e produtos de proteção.

 

Vacinação de idosos

A Campanha de Nacional de Vacinação foi prorrogada até 29 de maio. Pessoas acima de 60 anos podem se vacinar e é de graça. “Após a campanha, qualquer pessoa poderá fazer a vacina, só precisa apresentar receita médica”, explica Daisy.  A vacinação teve início no dia 25 de abril e até agora 1.500 pessoas já foram vacinadas só no posto do Rosário.

 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A cada dia é anunciado mais um caso de pessoas infectadas pelo vírus Influenza A (H1N1). Surgida no México e por isso chamada, no início, de gripe mexicana, assustou o mundo com ameaça de pandemia. Logo teve seu nome substituído por gripe suína, porque o animal teria desenvolvido a mutação do vírus. Mas o nome foi trocado e definido como H1N1 para não prejudicar a economia e diminuir o consumo da carne, que não transmite o vírus.

Hoje já se sabe que é possível evitar a morte. Existem três tipos de gripe, humana, suína e aviária. O porco é o animal que pode ser infectado pelos três, por isso o organismo dele pode produzir uma mutação. O pânico inicial foi substituído pela precaução. Mas mesmo assim, o clima tenso  por falta de informação, e da própria vacina, assusta.

Assim como as gripes comuns, a gripe ‘suína’ é transmitida pelo ar. Aglomerações e ambientes fechados contribuem para a disseminação. O governo mexicano recomendou evitar apertos de mão e beijos e não estava errado, são formas de transmissão. Para prevenir a doença, infectologistas anunciaram que uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos, hábitos que mantém imunidade alta, protegem o organismo.

O principal sintoma é a febre alta repentina. Os outros são semelhantes aos da gripe comum, dor no corpo, nas articulações, coriza. Mas no México foram apresentados também diarréia e vômito.

A Organização Mundial da Saúde, a OMS, divulgou hoje uma nova lista com 6,497 mil casos de pessoas infestadas, em 33 países. O Brasil possui oito casos suspeitos. O Rio Grande do Sul possui um caso suspeito e um caso confirmado, em  Santo Ângelo. O clima frio do Estado pode contribuir para propagação da doença.

Santa Maria foi credenciada pela Secretaria Estadual de Saúde como capaz para receber um paciente suspeito. O Hospital Universitário de Santa Maria, o HUSM, oferece quartos de isolamento e médicos infectologistas.

O vírus tem partículas muito pequenas e as máscaras utilizadas não protegem as pessoas do contágio, pois as partículas passam pelo material da máscara. Só a pessoa infectada deve usar a máscara para evitar maior propagação. Nos Estados Unidos, a FDA, agência que regulamenta os fármacos e alimentos, investiga um site que vende produtos para prevenção e cura da nova gripe.

Outros países com casos confirmados, mas sem mortos são:  Panamá (29), França (14), Alemanha (12), Itália (9), Nova Zelândia (7), Israel (7), Colômbia (7), Japão (4), El Salvador (4), China (4), Guatemala (3), Holanda (3), Coréia do Sul (3), Noruega (2), Suécia (2), Tailândia (2), Finlândia (2), Argentina (1), Austrália (1), Áustria (1), Cuba (1), Dinamarca (1), Irlanda (1), Polônia (1), Portugal (1) e Suíça (1).

Ainda não existe vacina contra o vírus A. Mesmo assim, a enfermeira Daysi Longaray revela que alguns idosos que procuram o posto de saúde do bairro do Rosário, em Santa Maria, para vacinação contra gripe, já questionaram sobre a imunidade da nova gripe: “E também perguntam quando, então, vai ter a vacina. Uma informação que não temos”.

 

Questões duvidosas que circulam na internet e no imaginário da população:

Qual a quantidade de mortos no México em consequência da doença? Não há comprovação ou divulgação do nome das vítimas que teriam morrido por causa da gripe, a maioria sofria de outros males.

Se a gripe é mais fraca que as comuns, como se propagou tão rápido? 

Existe vacina para gripe suína. É possível encontrar o vídeo de uma campanha para vacinação contra gripe suína, de 1976. A atual gripe seria uma mutação da antiga, ou a mesma?

O nome H1N1 é o mesmo da gripe Espanhola, de 1918, que matou 50 milhões de pessoas, na época, mas afirmam que é um subtipo da atual, o que isso quer dizer afinal?

A cobertura da mídia intensa após a divulgação da OMS, que foi um mês depois do primeiro caso, foi estratégia para desviar atenção da crise financeira?

 

Algumas teorias conspiratórias que surgiram:

A doença teria sido desenvolvida para exterminar parte da população mundial para manter o equilíbrio do planeta. Segundo essa hipótese, o ideal seria haver 500 milhões de pessoas no mundo, e hoje passam dos 6 bilhões.

O vírus teria sido desenvolvido no laboratório, de propósito ou por acidente?Teste de vacina ou maldade?

Se as máscaras não protegem, por que isso não é dito? A indústria farmacêutica foi beneficiada com a procura pelas máscaras, o que fez surgir a suspeita de que a doença teria sido criada para vender medicamentos e produtos de proteção.

 

Vacinação de idosos

A Campanha de Nacional de Vacinação foi prorrogada até 29 de maio. Pessoas acima de 60 anos podem se vacinar e é de graça. “Após a campanha, qualquer pessoa poderá fazer a vacina, só precisa apresentar receita médica”, explica Daisy.  A vacinação teve início no dia 25 de abril e até agora 1.500 pessoas já foram vacinadas só no posto do Rosário.