Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Pela paz o ano todo

A cada ano a Igreja Católica, através da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB ) escolhe um assunto para ser tema da Campanha da Fraternidade . O tema central deste ano é Fraternidade e Segurança Pública.

A Campanha da Fraternidade foi criada, em 1965, para “tematizar” a reflexão durante a Quaresma, período de quarenta dias entre a quarta-feira de cinzas e a Páscoa. O padre Antônio Bonini explica que é denominada “campanha” por ser em um período determinado: “Mas não significa que o tema não tenha importância para o ano todo”.
 
Com o lema “A paz é fruto da justiça”, neste ano a campanha busca promover discussões sobre a violência. Bonini afirma que: “A desigualdade social, desemprego, situação desumana que algumas famílias vivem, falta de alimento e moradia, são algumas situações que causam revolta e levam à violência”.

Conscientizar é o principal objetivo da Campanha da Fraternidade. O padre explica que: “A igreja não resolve o problema e não tem essa intenção. Queremos conscientizar a sociedade em geral. Mesmo quem não é católico se sente tocado pelos temas das campanhas, pois faz parte de uma sociedade que enfrenta o problema”, relata Bonini.

O padre defende a importância da temática abordada em 2009: “Temos que discutir a segurança pública porque há cada vez mais insegurança e a convivência entre as pessoas está mais difícil e delicada”. E complementa: “Cabe aos que têm instrumentos nas mãos, que podem fazer com que haja mais justiça”. Mas a sociedade deve cumprir com suas obrigações e exigir seus direitos.     

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A cada ano a Igreja Católica, através da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB ) escolhe um assunto para ser tema da Campanha da Fraternidade . O tema central deste ano é Fraternidade e Segurança Pública.

A Campanha da Fraternidade foi criada, em 1965, para “tematizar” a reflexão durante a Quaresma, período de quarenta dias entre a quarta-feira de cinzas e a Páscoa. O padre Antônio Bonini explica que é denominada “campanha” por ser em um período determinado: “Mas não significa que o tema não tenha importância para o ano todo”.
 
Com o lema “A paz é fruto da justiça”, neste ano a campanha busca promover discussões sobre a violência. Bonini afirma que: “A desigualdade social, desemprego, situação desumana que algumas famílias vivem, falta de alimento e moradia, são algumas situações que causam revolta e levam à violência”.

Conscientizar é o principal objetivo da Campanha da Fraternidade. O padre explica que: “A igreja não resolve o problema e não tem essa intenção. Queremos conscientizar a sociedade em geral. Mesmo quem não é católico se sente tocado pelos temas das campanhas, pois faz parte de uma sociedade que enfrenta o problema”, relata Bonini.

O padre defende a importância da temática abordada em 2009: “Temos que discutir a segurança pública porque há cada vez mais insegurança e a convivência entre as pessoas está mais difícil e delicada”. E complementa: “Cabe aos que têm instrumentos nas mãos, que podem fazer com que haja mais justiça”. Mas a sociedade deve cumprir com suas obrigações e exigir seus direitos.