Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Professor de Jornalismo analisa programa Café com o Presidente

Café com o presidente: um olhar semântico-pragmático sobre o PAC no  programa de rádio de Lula é o tema da dissertação de Mestrado que o prof. Gilson Luiz Piber da Silva defende nesta quarta-feira, 8 de julho, no Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem da Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL.

 A escolha para análise do Café com o Presidente, o programa de  rádio do presidente Lula, é uma proposta ainda recente na pesquisa em Comunicação Social e nas Ciências da Linguagem no  país. O trabalho apresenta dados sobre a história e as fases do rádio no Brasil, faz uma síntese dos aspectos da linguagem radiofônica, seguida de reflexões sobre o dialogismo e a entrevista e uma transcrição comentada de trechos do programa Café com o Presidente, que abordam o PAC.  O PAC é o principal programa da segunda gestão de Lula na presidência da República.

O rádio, como veículo de comunicação de massa, integra o  cotidiano dos brasileiros há praticamente 87 anos. A informação, o entretenimento e a formação da opinião pública estão entre as funções do rádio, que é tido como um companheiro dos ouvintes. Analisar o conteúdo divulgado via rádio, com enfoque nas Ciências da Linguagem, é o desafio do professor Gilson.

O estudo tem, como objetivo principal, apontar os lugares de fala ocupados pelo presidente da República, que utiliza o rádio para se comunicar com o povo brasileiro por meio do programa. Determinar os aspectos semântico-pragmáticos do discurso de Lula e verificar as estratégias enunciativas usadas pelo presidente durante o programa estão entre os objetivos específicos do trabalho.

A pesquisa justifica-se por alguns aspectos, explica Gilson Piber. Entre eles está o fato de Luiz Inácio Lula da Silva integrar o Partido dos Trabalhadores (PT) e ser o primeiro presidente de esquerda eleito, reeleito após a volta da eleição direta para o cargo no país. Desde a sua primeira eleição, em 2002, o debate social e midiático é intenso sobre os rumos que o país tomaria tendo um  metalúrgico e líder sindical como dirigente máximo.

A opção pela mídia rádio no estudo leva em conta a simpatia pessoal e profissional do jornalista-pesquisador, que atua há 14 anos no radiojornalismo, com passagem em emissoras de Santa Maria e Porto Alegre. Essa experiência de atuação no rádio proporcionou que, a partir de 2005, Piber passasse a integrar o corpo docente do Centro Universitário Franciscano (Unifra), no curso de Comunicação Social – Jornalismo – ministrando as disciplinas de  Radiojornalismo I e II, Oficina de Produção Radiofônica e Projeto Experimental em Rádio, bem como coordenando o Núcleo de Produção Radiofônica. Isso fez com que a busca pela atualização profissional e a qualificação docente aumentasse, sempre com o objetivo de discutir, analisar, aprender e gerar novos saberes sobre a mídia rádio além da técnica simplesmente. Desde 1995, Gilson Piber integra a equipe da Coordenadoria de Comunicação Social da UFSM, onde adquiriu experiência principalmente no meio radiofônico.

A defesa será nesta quarta-feira, dia 8 de julho, às 14h30min, no campus da Unisul em Palhoça (SC). Integram a banca examinadora os professores doutores Fábio de Carvalho Messa (orientador/Unisul); Ricardo Leandro de Medeiros (Universidade Estácio de Sá); Solange Maria Leda Gallo (Unisul); e Marci Fileti Martins (suplente/Unisul).

 

Foto: Evandro Sturm (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Café com o presidente: um olhar semântico-pragmático sobre o PAC no  programa de rádio de Lula é o tema da dissertação de Mestrado que o prof. Gilson Luiz Piber da Silva defende nesta quarta-feira, 8 de julho, no Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem da Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL.

 A escolha para análise do Café com o Presidente, o programa de  rádio do presidente Lula, é uma proposta ainda recente na pesquisa em Comunicação Social e nas Ciências da Linguagem no  país. O trabalho apresenta dados sobre a história e as fases do rádio no Brasil, faz uma síntese dos aspectos da linguagem radiofônica, seguida de reflexões sobre o dialogismo e a entrevista e uma transcrição comentada de trechos do programa Café com o Presidente, que abordam o PAC.  O PAC é o principal programa da segunda gestão de Lula na presidência da República.

O rádio, como veículo de comunicação de massa, integra o  cotidiano dos brasileiros há praticamente 87 anos. A informação, o entretenimento e a formação da opinião pública estão entre as funções do rádio, que é tido como um companheiro dos ouvintes. Analisar o conteúdo divulgado via rádio, com enfoque nas Ciências da Linguagem, é o desafio do professor Gilson.

O estudo tem, como objetivo principal, apontar os lugares de fala ocupados pelo presidente da República, que utiliza o rádio para se comunicar com o povo brasileiro por meio do programa. Determinar os aspectos semântico-pragmáticos do discurso de Lula e verificar as estratégias enunciativas usadas pelo presidente durante o programa estão entre os objetivos específicos do trabalho.

A pesquisa justifica-se por alguns aspectos, explica Gilson Piber. Entre eles está o fato de Luiz Inácio Lula da Silva integrar o Partido dos Trabalhadores (PT) e ser o primeiro presidente de esquerda eleito, reeleito após a volta da eleição direta para o cargo no país. Desde a sua primeira eleição, em 2002, o debate social e midiático é intenso sobre os rumos que o país tomaria tendo um  metalúrgico e líder sindical como dirigente máximo.

A opção pela mídia rádio no estudo leva em conta a simpatia pessoal e profissional do jornalista-pesquisador, que atua há 14 anos no radiojornalismo, com passagem em emissoras de Santa Maria e Porto Alegre. Essa experiência de atuação no rádio proporcionou que, a partir de 2005, Piber passasse a integrar o corpo docente do Centro Universitário Franciscano (Unifra), no curso de Comunicação Social – Jornalismo – ministrando as disciplinas de  Radiojornalismo I e II, Oficina de Produção Radiofônica e Projeto Experimental em Rádio, bem como coordenando o Núcleo de Produção Radiofônica. Isso fez com que a busca pela atualização profissional e a qualificação docente aumentasse, sempre com o objetivo de discutir, analisar, aprender e gerar novos saberes sobre a mídia rádio além da técnica simplesmente. Desde 1995, Gilson Piber integra a equipe da Coordenadoria de Comunicação Social da UFSM, onde adquiriu experiência principalmente no meio radiofônico.

A defesa será nesta quarta-feira, dia 8 de julho, às 14h30min, no campus da Unisul em Palhoça (SC). Integram a banca examinadora os professores doutores Fábio de Carvalho Messa (orientador/Unisul); Ricardo Leandro de Medeiros (Universidade Estácio de Sá); Solange Maria Leda Gallo (Unisul); e Marci Fileti Martins (suplente/Unisul).

 

Foto: Evandro Sturm (Laboratório de Fotografia e Memória)