Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Programação de cinema na Feisma

Luz, câmera,
ação e conscientização na Feisma . A magia da sétima arte tem seu espaço
garantido na Multifeira de Santa Maria.

O Cine Feisma
Sérgio Assis Brasil traz uma mostra cineclubista voltada à temática ambiental.
Durante o dia, serão exibidos curtas e à noite um longa, às 20 horas.

Na 24ª edição
da Multifeira, entre as atrações em cartaz, está o documentário sobre a
contaminação do meio-ambiente e o modelo de exploração multinacional. A
produção “Os olhos fechados da América Latina”, dirigido pelo argentino Miguel Mirra, será exibida pela primeira vez no Rio Grande
do Sul.

As seções são diárias e gratuitas, com opções para
todas as idades. A mostra conta com o acervo da
Cesma, Cineclube Lanterninha Aurélio, Festival Santa Maria Vídeo e
Cinema, Programadora Brasil e Estação Cinema. A seleção de filmes nacionais e
internacionais é de Luiz Alberto Cassol e Paulo Henrique Teixeira.

 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

 

CINE FEISMA
2009 – MOSTRA CINECLUBISTA

 

Programação de
longametragens

Todos os dias

20hs

 

31/outubro  – sábado

 

 "Entre a Meia-noite e o Canto
do Galo
"

(Documentário, 66 min, Canada, 2005)

Direção: Nadja Drost.

Na busca desenfreada pelo "ouro negro", que movimenta a economia
ocidental, empresas multinacionais estão trabalhando para extrair bilhões de
dólares dos reservatórios de petróleo da Amazônia Equatoriana. Entre a
Meia-noite e o Canto do Galo investiga o trabalho da EnCana, uma empresa que
apesar de sua reputação na área de responsabilidade social, tem seu nome ligado
à poluição ambiental em larga escala e à violação dos direitos humanos.

 

 

1º/novembro –
domingo

 

"Encontro com Milton Santos ou O Mundo Global Visto do Lado de Cá"

(Documentário, 90 min, Brasil, 2006)

Direção: Sílvio Tendler.

O documentário do cineasta brasileiro Sílvio Tendler discute os
problemas da globalização sob a perspectiva das periferias, seja o terceiro
mundo, sejam comunidades carentes. O filme é conduzido por uma entrevista com o
geógrafo e intelectual baiano Milton Santos (1926-2001), gravada quatro meses
antes de sua morte. Considerado um dos maiores pensadores brasileiros do século
XX, Milton Santos não era contra a Globalização e, sim, contra o modelo de
globalização perversa vigente no mundo, que ele chamava de globalitarismo.
Analisando as contradições e os paradoxos deste modelo econômico e cultural,
Milton enxergou a possibilidade de construção de uma outra realidade, mais
justa e mais humana.

*** Dirigido pelo cineasta Silvio Tendler – Homenageado Nacional do
Santa Maria Vídeo e Cinema – 2009

 

 

2/ novembro –
segunda-feira (feriado)

 

 "O Homem Que Virou Suco"

(Ficção, 97 min,  Brasil, 1979)

Direção: João Batista de Andrade

A história segue Deraldo, um poeta popular nordestino recémchegado a São
Paulo, onde tenta sobreviver de sua poesia e folhetos. Confundido com o
operário de uma multinacional que mata o patrão, é perseguido pela polícia e
perde sua identidade e condição de cidadão. Através de Deraldo, o filme acompanha
o caminho do trabalhador migrante numa cidade grande: a construção civil, os
serviços domésticos e subempregos sujeitos à violência e à humilhação. E segue
a luta de Deraldo para reconquistar sua liberdade e preservar sua identidade.

 

 

3/novembro –
terça-feira

 

 "Glauber o Filme – Labirinto
do Brasil
"

(Documentário, 98 min, Brasil, 2004)

Direção: Sílvio Tendler

Documentário
sobre a vida e a morte de Glauber Rocha, o polêmico cineasta baiano que
revolucionou o cinema, promovendo uma radical revisão na cultura brasileira.
Imagens do enterro, depoimentos recentes de quem acompanhou sua trajetória, seu
pensamento e idéias, explodem na tela num filme-tributo à memória de um artista
que idealizava um cinema independente e libertário.

*** Dirigido pelo cineasta Silvio Tendler – Homenageado Nacional do
Santa Maria Vídeo e Cinema – 2009

 

 

4/novembro  – quarta-feira

 

 "Vida sem Controle"

(Documentário, 95 min,  Alemanha,
2004)

Direção: Bertram Verhaag, Gabriele Kröber.

Nos anos oitenta, a Ciência, apoiada pela tecnologia genética, fez um
largo progresso no estudo do planeta e seus seres vivos. Como num passe de
mágica, tudo parecia possível. Vinte anos depois, Vida Sem Controle embarca
numa viagem pelo globo para mostrar a progressiva e continuada manipulação genética
de plantas, animais e seres humanos. Não mais que dez cientistas em todo o
mundo estão se pronunciando contra essa indústria e vêm conduzindo pesquisas
independentes sobre o efeito que animais e plantas transgênicas têm sobre o
meio-ambiente e sobre nossa saúde, quando consumimos alimentos geneticamente
modificados.

 

 

5/ novembro –
quinta-feira

 

 "Caminhos do Cineclubismo"

(Documentário, 110 min,  Brasil,
2008)

Direção: Diomédio Piskator

Caminhos do movimento cineclubista, que foi escola de cinema para a
formação de gerações de cineastas do mundo todo e que, no Brasil, completa 80
anos de vida, graças a um grupo de amigos amantes do cinema que, em 1928,
fundou o Chaplin Club, no Rio de Janeiro. De lá para cá, o cineclubismo passou
pelo brilhantismo de Paulo Emilio Salles Gomes, com o Clube de Cinema de São
Paulo e, depois, a Cinemateca Brasileira; pela repressão política imposta pelos
militares de plantão, nas décadas de 1960, 1970 e metade de 1980, com a
perseguição, a censura e o fechamento de cineclubes. A organização política do
movimento. O marasmo e o quase falecimento nos anos de 1990, enquanto
organização. Já nos anos 2000, a reorganização, a revitalização das salas, a
adaptação às novas tecnologias – e rumo ao grande encontro comemorativo de 2008.

 

6/novembro  – sexta-feira

 

 "Câncer – Sem Medo da Palavra"

(Documentário, 70 min,  Brasil,
Santa Maria, 2009)

Direção: Luiz Alberto Cassol

Histórias e relatos de vida emocionantes. Pessoas que falam sobre o
Câncer sem medo da palavra através de depoimentos que
buscam cooperar para um melhor entendimento do Câncer e seus
tratamentos.

 

7/ novembro –
sábado

 

"Os olhos fechados da América
Latina
"

(Documentário, 70 min,  Argentina,
2009)

Direção: Miguel Mirra

É sobre a mineração a céu aberto, a soja, as monoculturas e o
esgotamento do solo das florestas, barragens, da devastação dos peixes e da
produção de pasta de celulose. É uma mostra das lutas populares de resistência
contra a poluição, o deslocamento forçado de populações, a destruição da
produção regional e os meios de subsistência de milhões de latino-americanos.

 

8/ novembro –
domingo

 

"Meteorango Kid – Heroi Intergalático"

(Ficção, 80min, Brasil, 1969)

 Direção: André Luiz Oliveira

O filme narra, de maneira anárquica e irreverente, as aventuras de Lula,
um estudante universitário, no dia do seu aniversário. De forma absolutamente
despojada, mostra, sem rodeios, o perfil de um jovem desesperado, representante
de uma geração oprimida pela ditadura militar e pela moral retrógrada de uma
sociedade passiva e hipócrita. O anti-herói intergaláctico atravessa este
labirinto cotidiano através das suas fantasias e delírios libertários, deixando
atrás de si um rastro de inconformismo e um convite à rebelião em todos os
níveis.

 

 

 

Programação Curtas e Médias-Metragens

 

Sábados, domingos e feriado

 

12h – PROGRAMA  10 (total:
28min)

"Urubus têm Asas"

(Documentário, 16 min, Brasil, 2007).

Direção: Marcos Negrão e André Rangel

Tudo pode ser reciclado. Muito além do lixo, idéias, ações e destinos
podem ser adaptados a uma nova realidade. É assim que uma comunidade de
catadores de carangueijos do Rio de Janeiro enfrenta os danos causados pela
poluição da cidade, que dia-a-dia acaba com o mangue, sua fonte de
sobrevivência. Urubus Têm Asas revela como as novas gerações estão modificando
seu futuro, através de ações inspiradoras. É a prova de que, com cooperação e
consciência ecológica, é possível superar os limites e alçar novos vôos.

 

"Os Homens do Lago"

(Documentário, 12 min, Bolívia/Estados Unidos, 2007)

Diretor: Aaron I. Naar.

Essa é a história de Puñaca Tintamaria, a menor comunidade do povo
Uru-Muratos da Bolívia. Fundado por volta de 2.000 AC, o vilarejo, que é um dos
mais antigos, mais pobres e mais importantes, historicamente, na América
Latina, está atualmente em vias de desaparecer. Os Uru-Muratos são conhecidos
como "os homens do lago" por sua estreita relação com o Lago Poopó. Narrado
pelo ex-líder comunitário Daniel Moricio Choque, o filme conta a história da
comunidade, seus costumes, seu empobrecimento contínuo, a falta de terras e
representatividade, na sociedade, a contaminação do lago Poopó e o impacto do
aquecimento global
.

 

13h – PROGRAMA  11 * (total: 62min)

Filmes de Humberto Mauro

Este programa apresenta algumas obras de Humberto Mauro, um dos pais do
cinema brasileiro. Personagem que perpassou diversas épocas históricas, do
ciclo regional de Cataguases (período de produção cinematográfica regional, de
1925 a 1930, que revelou o talento do cineasta) até seu trabalho na direção do
INCE (Instituto Nacional de Cinema Educativo), sua trajetória única lançou
bases no registro do homem simples do interior, de seus costumes e tradições.
Esse apanhado de produções das décadas de 40 e 50 é bem representativo de sua
carreira. (fonte: Programadora Brasil)

 

14h30 – PROGRAMA 12 * (total 66min)

 Curtas Infantis 2

"Caçadores de Saci"

(Ficção,
13min, Brasil, 2005)

Direção: Sofia Federico

A chacará da
pacata família de Onofre vem sendo assombrada por saci: a pipoca não arrebenta,
o ovo não choca, o leite sempre azeda, o feijão vive queimando na panela, entre
outros estranhos acontecimentos. Para resgatar a tranquilidade da casa, Onofre
resolve contratar os serviços de Valdevino, o maior caçador de sacis do sertão.

 

"Dona Cristina Perdeu a Memória"

(Ficção,
13min, Brasil, 2002)

Direção: Ana
Luiza Azevedo

Antônio, um
menino de 8 anos, descobre que sua vizinha Cristina, de 80, conta histórias
sempre diferentes sobre a sua vida, os nomes de seus parentes e os santos do
dia. E Dona Cristina acredita que Antônio pode ajudá-la a recuperar a memória
perdida.

 

"Maré Capoeira"

 (Documentário,
15min, Brasil, 2005)

Direção: Paola Leblanc

Maré é o
apelido de João, um menino de dez anos que sonha ser mestre de capoeira como
seu pai, dando continuidade a uma tradição familiar que atravessa várias
gerações. O curta mistura ficção e documentário para contar uma pequena
história de amor e guerra.

 

 "Paisagem de Meninos"

 (Ficção,
25min, Brasil, 2003)

Direção: Fernando
Severo

Numa cidade do
interior do Brasil, nos anos 30, cinco meninos tentam superar um grande
obstáculo que pode impedi-los de assistir ao último capítulo de um seriado de
aventuras, Haroldo, o Homem Relâmpago, ansiosamente aguardado durante semanas.

 

 

16h PROGRAMA  13 * (total: 48
min)

 Superoutro"
 Direção: Edgar Navarro

(Ficção,
48min, Brasil, 1989)

Um louco na rua tenta libertar-se da miséria que o
assedia e acaba por subverter a própria lei da gravidade.

 

17h – Filmes Infantis

"A Noite Do
Vampiro"

(Animação, 06min,
Brasil, 2006)
Direção: Alê Camargo
Um vampiro tenta dormir
em sua morada, mas um terrível predador se aproxima.

 

"Devoção"
(Animação, 11min,
Brasil, 2006)
Direção: Rafael Ferreira
Jovem moça, muito devota, freqüenta uma Igreja no
interior. Porém, seu rosto está sempre coberto por um véu, despertando boatos e
a fantasia de todos na cidade. O sacristão da Igreja, muito curioso, decide
investigar o mistério em torno desta moça e acaba passando pelas maiores
confusões para conseguir ver o rosto dela.

 

"Leonel Pé de
Vento"

(Animação, 15min,
Brasil, 2006)

Direção:  Jair
Giacomini 

Leonel nasceu pé-de-vento e por isso vive isolado.
Quando Mariana se aproxima dele, os dois descobrem a importância da amizade e
da convivência com as diferenças.

 

"Lúmen"

(Animação, 04min,
Brasil, 2007)

Direção: Wilian
Salvador 

Um inventor em crise tem uma idéia que parece ser a
solução perfeita para seus problemas.

 

"Os Olhos do
Pianista"

 (Animação, 05min, Brasil, 2005)

Direção: Frederico Pinto

Em um cinema mudo, pianista cego executa trilhas ao
vivo com a ajuda de sua neta
.

 

18h

12h – PROGRAMA  10 (total:
28min)

"Urubus têm Asas"

(Documentário, 16 min, Brasil, 2007).

Direção: Marcos Negrão e André Rangel

Tudo pode ser reciclado. Muito além do lixo, idéias, ações e destinos
podem ser adaptados a uma nova realidade. É assim que uma comunidade de
catadores de carangueijos do Rio de Janeiro enfrenta os danos causados pela
poluição da cidade, que dia-a-dia acaba com o mangue, sua fonte de
sobrevivência. Urubus Têm Asas revela como as novas gerações estão modificando
seu futuro, através de ações inspiradoras. É a prova de que, com cooperação e consciência
ecológica, é possível superar os limites e alçar novos vôos.

 

"Os Homens do Lago"

(Documentário, 12 min, Bolívia/Estados Unidos, 2007)

Diretor: Aaron I. Naar.

Essa é a história de Puñaca Tintamaria, a menor comunidade do povo
Uru-Muratos da Bolívia. Fundado por volta de 2.000 AC, o vilarejo, que é um dos
mais antigos, mais pobres e mais importantes, historicamente, na América
Latina, está atualmente em vias de desaparecer. Os Uru-Muratos são conhecidos
como "os homens do lago" por sua estreita relação com o Lago Poopó. Narrado
pelo ex-líder comunitário Daniel Moricio Choque, o filme conta a história da
comunidade, seus costumes, seu empobrecimento contínuo, a falta de terras e
representatividade, na sociedade, a contaminação do lago Poopó e o impacto do
aquecimento global
.

 

19h – PROGRAMA  11 * (total: 62min)

Filmes de Humberto Mauro

Este programa apresenta algumas obras de Humberto Mauro, um dos pais do
cinema brasileiro. Personagem que perpassou diversas épocas históricas, do
ciclo regional de Cataguases (período de produção cinematográfica regional, de
1925 a 1930, que revelou o talento do cineasta) até seu trabalho na direção do
INCE (Instituto Nacional de Cinema Educativo), sua trajetória única lançou
bases no registro do homem simples do interior, de seus costumes e tradições.
Esse apanhado de produções das décadas de 40 e 50 é bem representativo de sua
carreira. (fonte: Programadora Brasil)

 

FEISMA – 31 DE OUTUBRO A 8 DE NOVEMBRO

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Luz, câmera,
ação e conscientização na Feisma . A magia da sétima arte tem seu espaço
garantido na Multifeira de Santa Maria.

O Cine Feisma
Sérgio Assis Brasil traz uma mostra cineclubista voltada à temática ambiental.
Durante o dia, serão exibidos curtas e à noite um longa, às 20 horas.

Na 24ª edição
da Multifeira, entre as atrações em cartaz, está o documentário sobre a
contaminação do meio-ambiente e o modelo de exploração multinacional. A
produção “Os olhos fechados da América Latina”, dirigido pelo argentino Miguel Mirra, será exibida pela primeira vez no Rio Grande
do Sul.

As seções são diárias e gratuitas, com opções para
todas as idades. A mostra conta com o acervo da
Cesma, Cineclube Lanterninha Aurélio, Festival Santa Maria Vídeo e
Cinema, Programadora Brasil e Estação Cinema. A seleção de filmes nacionais e
internacionais é de Luiz Alberto Cassol e Paulo Henrique Teixeira.

 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

 

CINE FEISMA
2009 – MOSTRA CINECLUBISTA

 

Programação de
longametragens

Todos os dias

20hs

 

31/outubro  – sábado

 

 "Entre a Meia-noite e o Canto
do Galo
"

(Documentário, 66 min, Canada, 2005)

Direção: Nadja Drost.

Na busca desenfreada pelo "ouro negro", que movimenta a economia
ocidental, empresas multinacionais estão trabalhando para extrair bilhões de
dólares dos reservatórios de petróleo da Amazônia Equatoriana. Entre a
Meia-noite e o Canto do Galo investiga o trabalho da EnCana, uma empresa que
apesar de sua reputação na área de responsabilidade social, tem seu nome ligado
à poluição ambiental em larga escala e à violação dos direitos humanos.

 

 

1º/novembro –
domingo

 

"Encontro com Milton Santos ou O Mundo Global Visto do Lado de Cá"

(Documentário, 90 min, Brasil, 2006)

Direção: Sílvio Tendler.

O documentário do cineasta brasileiro Sílvio Tendler discute os
problemas da globalização sob a perspectiva das periferias, seja o terceiro
mundo, sejam comunidades carentes. O filme é conduzido por uma entrevista com o
geógrafo e intelectual baiano Milton Santos (1926-2001), gravada quatro meses
antes de sua morte. Considerado um dos maiores pensadores brasileiros do século
XX, Milton Santos não era contra a Globalização e, sim, contra o modelo de
globalização perversa vigente no mundo, que ele chamava de globalitarismo.
Analisando as contradições e os paradoxos deste modelo econômico e cultural,
Milton enxergou a possibilidade de construção de uma outra realidade, mais
justa e mais humana.

*** Dirigido pelo cineasta Silvio Tendler – Homenageado Nacional do
Santa Maria Vídeo e Cinema – 2009

 

 

2/ novembro –
segunda-feira (feriado)

 

 "O Homem Que Virou Suco"

(Ficção, 97 min,  Brasil, 1979)

Direção: João Batista de Andrade

A história segue Deraldo, um poeta popular nordestino recémchegado a São
Paulo, onde tenta sobreviver de sua poesia e folhetos. Confundido com o
operário de uma multinacional que mata o patrão, é perseguido pela polícia e
perde sua identidade e condição de cidadão. Através de Deraldo, o filme acompanha
o caminho do trabalhador migrante numa cidade grande: a construção civil, os
serviços domésticos e subempregos sujeitos à violência e à humilhação. E segue
a luta de Deraldo para reconquistar sua liberdade e preservar sua identidade.

 

 

3/novembro –
terça-feira

 

 "Glauber o Filme – Labirinto
do Brasil
"

(Documentário, 98 min, Brasil, 2004)

Direção: Sílvio Tendler

Documentário
sobre a vida e a morte de Glauber Rocha, o polêmico cineasta baiano que
revolucionou o cinema, promovendo uma radical revisão na cultura brasileira.
Imagens do enterro, depoimentos recentes de quem acompanhou sua trajetória, seu
pensamento e idéias, explodem na tela num filme-tributo à memória de um artista
que idealizava um cinema independente e libertário.

*** Dirigido pelo cineasta Silvio Tendler – Homenageado Nacional do
Santa Maria Vídeo e Cinema – 2009

 

 

4/novembro  – quarta-feira

 

 "Vida sem Controle"

(Documentário, 95 min,  Alemanha,
2004)

Direção: Bertram Verhaag, Gabriele Kröber.

Nos anos oitenta, a Ciência, apoiada pela tecnologia genética, fez um
largo progresso no estudo do planeta e seus seres vivos. Como num passe de
mágica, tudo parecia possível. Vinte anos depois, Vida Sem Controle embarca
numa viagem pelo globo para mostrar a progressiva e continuada manipulação genética
de plantas, animais e seres humanos. Não mais que dez cientistas em todo o
mundo estão se pronunciando contra essa indústria e vêm conduzindo pesquisas
independentes sobre o efeito que animais e plantas transgênicas têm sobre o
meio-ambiente e sobre nossa saúde, quando consumimos alimentos geneticamente
modificados.

 

 

5/ novembro –
quinta-feira

 

 "Caminhos do Cineclubismo"

(Documentário, 110 min,  Brasil,
2008)

Direção: Diomédio Piskator

Caminhos do movimento cineclubista, que foi escola de cinema para a
formação de gerações de cineastas do mundo todo e que, no Brasil, completa 80
anos de vida, graças a um grupo de amigos amantes do cinema que, em 1928,
fundou o Chaplin Club, no Rio de Janeiro. De lá para cá, o cineclubismo passou
pelo brilhantismo de Paulo Emilio Salles Gomes, com o Clube de Cinema de São
Paulo e, depois, a Cinemateca Brasileira; pela repressão política imposta pelos
militares de plantão, nas décadas de 1960, 1970 e metade de 1980, com a
perseguição, a censura e o fechamento de cineclubes. A organização política do
movimento. O marasmo e o quase falecimento nos anos de 1990, enquanto
organização. Já nos anos 2000, a reorganização, a revitalização das salas, a
adaptação às novas tecnologias – e rumo ao grande encontro comemorativo de 2008.

 

6/novembro  – sexta-feira

 

 "Câncer – Sem Medo da Palavra"

(Documentário, 70 min,  Brasil,
Santa Maria, 2009)

Direção: Luiz Alberto Cassol

Histórias e relatos de vida emocionantes. Pessoas que falam sobre o
Câncer sem medo da palavra através de depoimentos que
buscam cooperar para um melhor entendimento do Câncer e seus
tratamentos.

 

7/ novembro –
sábado

 

"Os olhos fechados da América
Latina
"

(Documentário, 70 min,  Argentina,
2009)

Direção: Miguel Mirra

É sobre a mineração a céu aberto, a soja, as monoculturas e o
esgotamento do solo das florestas, barragens, da devastação dos peixes e da
produção de pasta de celulose. É uma mostra das lutas populares de resistência
contra a poluição, o deslocamento forçado de populações, a destruição da
produção regional e os meios de subsistência de milhões de latino-americanos.

 

8/ novembro –
domingo

 

"Meteorango Kid – Heroi Intergalático"

(Ficção, 80min, Brasil, 1969)

 Direção: André Luiz Oliveira

O filme narra, de maneira anárquica e irreverente, as aventuras de Lula,
um estudante universitário, no dia do seu aniversário. De forma absolutamente
despojada, mostra, sem rodeios, o perfil de um jovem desesperado, representante
de uma geração oprimida pela ditadura militar e pela moral retrógrada de uma
sociedade passiva e hipócrita. O anti-herói intergaláctico atravessa este
labirinto cotidiano através das suas fantasias e delírios libertários, deixando
atrás de si um rastro de inconformismo e um convite à rebelião em todos os
níveis.

 

 

 

Programação Curtas e Médias-Metragens

 

Sábados, domingos e feriado

 

12h – PROGRAMA  10 (total:
28min)

"Urubus têm Asas"

(Documentário, 16 min, Brasil, 2007).

Direção: Marcos Negrão e André Rangel

Tudo pode ser reciclado. Muito além do lixo, idéias, ações e destinos
podem ser adaptados a uma nova realidade. É assim que uma comunidade de
catadores de carangueijos do Rio de Janeiro enfrenta os danos causados pela
poluição da cidade, que dia-a-dia acaba com o mangue, sua fonte de
sobrevivência. Urubus Têm Asas revela como as novas gerações estão modificando
seu futuro, através de ações inspiradoras. É a prova de que, com cooperação e
consciência ecológica, é possível superar os limites e alçar novos vôos.

 

"Os Homens do Lago"

(Documentário, 12 min, Bolívia/Estados Unidos, 2007)

Diretor: Aaron I. Naar.

Essa é a história de Puñaca Tintamaria, a menor comunidade do povo
Uru-Muratos da Bolívia. Fundado por volta de 2.000 AC, o vilarejo, que é um dos
mais antigos, mais pobres e mais importantes, historicamente, na América
Latina, está atualmente em vias de desaparecer. Os Uru-Muratos são conhecidos
como "os homens do lago" por sua estreita relação com o Lago Poopó. Narrado
pelo ex-líder comunitário Daniel Moricio Choque, o filme conta a história da
comunidade, seus costumes, seu empobrecimento contínuo, a falta de terras e
representatividade, na sociedade, a contaminação do lago Poopó e o impacto do
aquecimento global
.

 

13h – PROGRAMA  11 * (total: 62min)

Filmes de Humberto Mauro

Este programa apresenta algumas obras de Humberto Mauro, um dos pais do
cinema brasileiro. Personagem que perpassou diversas épocas históricas, do
ciclo regional de Cataguases (período de produção cinematográfica regional, de
1925 a 1930, que revelou o talento do cineasta) até seu trabalho na direção do
INCE (Instituto Nacional de Cinema Educativo), sua trajetória única lançou
bases no registro do homem simples do interior, de seus costumes e tradições.
Esse apanhado de produções das décadas de 40 e 50 é bem representativo de sua
carreira. (fonte: Programadora Brasil)

 

14h30 – PROGRAMA 12 * (total 66min)

 Curtas Infantis 2

"Caçadores de Saci"

(Ficção,
13min, Brasil, 2005)

Direção: Sofia Federico

A chacará da
pacata família de Onofre vem sendo assombrada por saci: a pipoca não arrebenta,
o ovo não choca, o leite sempre azeda, o feijão vive queimando na panela, entre
outros estranhos acontecimentos. Para resgatar a tranquilidade da casa, Onofre
resolve contratar os serviços de Valdevino, o maior caçador de sacis do sertão.

 

"Dona Cristina Perdeu a Memória"

(Ficção,
13min, Brasil, 2002)

Direção: Ana
Luiza Azevedo

Antônio, um
menino de 8 anos, descobre que sua vizinha Cristina, de 80, conta histórias
sempre diferentes sobre a sua vida, os nomes de seus parentes e os santos do
dia. E Dona Cristina acredita que Antônio pode ajudá-la a recuperar a memória
perdida.

 

"Maré Capoeira"

 (Documentário,
15min, Brasil, 2005)

Direção: Paola Leblanc

Maré é o
apelido de João, um menino de dez anos que sonha ser mestre de capoeira como
seu pai, dando continuidade a uma tradição familiar que atravessa várias
gerações. O curta mistura ficção e documentário para contar uma pequena
história de amor e guerra.

 

 "Paisagem de Meninos"

 (Ficção,
25min, Brasil, 2003)

Direção: Fernando
Severo

Numa cidade do
interior do Brasil, nos anos 30, cinco meninos tentam superar um grande
obstáculo que pode impedi-los de assistir ao último capítulo de um seriado de
aventuras, Haroldo, o Homem Relâmpago, ansiosamente aguardado durante semanas.

 

 

16h PROGRAMA  13 * (total: 48
min)

 Superoutro"
 Direção: Edgar Navarro

(Ficção,
48min, Brasil, 1989)

Um louco na rua tenta libertar-se da miséria que o
assedia e acaba por subverter a própria lei da gravidade.

 

17h – Filmes Infantis

"A Noite Do
Vampiro"

(Animação, 06min,
Brasil, 2006)
Direção: Alê Camargo
Um vampiro tenta dormir
em sua morada, mas um terrível predador se aproxima.

 

"Devoção"
(Animação, 11min,
Brasil, 2006)
Direção: Rafael Ferreira
Jovem moça, muito devota, freqüenta uma Igreja no
interior. Porém, seu rosto está sempre coberto por um véu, despertando boatos e
a fantasia de todos na cidade. O sacristão da Igreja, muito curioso, decide
investigar o mistério em torno desta moça e acaba passando pelas maiores
confusões para conseguir ver o rosto dela.

 

"Leonel Pé de
Vento"

(Animação, 15min,
Brasil, 2006)

Direção:  Jair
Giacomini 

Leonel nasceu pé-de-vento e por isso vive isolado.
Quando Mariana se aproxima dele, os dois descobrem a importância da amizade e
da convivência com as diferenças.

 

"Lúmen"

(Animação, 04min,
Brasil, 2007)

Direção: Wilian
Salvador 

Um inventor em crise tem uma idéia que parece ser a
solução perfeita para seus problemas.

 

"Os Olhos do
Pianista"

 (Animação, 05min, Brasil, 2005)

Direção: Frederico Pinto

Em um cinema mudo, pianista cego executa trilhas ao
vivo com a ajuda de sua neta
.

 

18h

12h – PROGRAMA  10 (total:
28min)

"Urubus têm Asas"

(Documentário, 16 min, Brasil, 2007).

Direção: Marcos Negrão e André Rangel

Tudo pode ser reciclado. Muito além do lixo, idéias, ações e destinos
podem ser adaptados a uma nova realidade. É assim que uma comunidade de
catadores de carangueijos do Rio de Janeiro enfrenta os danos causados pela
poluição da cidade, que dia-a-dia acaba com o mangue, sua fonte de
sobrevivência. Urubus Têm Asas revela como as novas gerações estão modificando
seu futuro, através de ações inspiradoras. É a prova de que, com cooperação e consciência
ecológica, é possível superar os limites e alçar novos vôos.

 

"Os Homens do Lago"

(Documentário, 12 min, Bolívia/Estados Unidos, 2007)

Diretor: Aaron I. Naar.

Essa é a história de Puñaca Tintamaria, a menor comunidade do povo
Uru-Muratos da Bolívia. Fundado por volta de 2.000 AC, o vilarejo, que é um dos
mais antigos, mais pobres e mais importantes, historicamente, na América
Latina, está atualmente em vias de desaparecer. Os Uru-Muratos são conhecidos
como "os homens do lago" por sua estreita relação com o Lago Poopó. Narrado
pelo ex-líder comunitário Daniel Moricio Choque, o filme conta a história da
comunidade, seus costumes, seu empobrecimento contínuo, a falta de terras e
representatividade, na sociedade, a contaminação do lago Poopó e o impacto do
aquecimento global
.

 

19h – PROGRAMA  11 * (total: 62min)

Filmes de Humberto Mauro

Este programa apresenta algumas obras de Humberto Mauro, um dos pais do
cinema brasileiro. Personagem que perpassou diversas épocas históricas, do
ciclo regional de Cataguases (período de produção cinematográfica regional, de
1925 a 1930, que revelou o talento do cineasta) até seu trabalho na direção do
INCE (Instituto Nacional de Cinema Educativo), sua trajetória única lançou
bases no registro do homem simples do interior, de seus costumes e tradições.
Esse apanhado de produções das décadas de 40 e 50 é bem representativo de sua
carreira. (fonte: Programadora Brasil)

 

FEISMA – 31 DE OUTUBRO A 8 DE NOVEMBRO