Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Robert Castle realiza palestra na Unifra


Os atores, hoje, estão mais preocupados com a imagem do que com a carreira. É assim que o ator, diretor e professor
americano, Robert Castle, definiu o desempenho dos atores. Robert Castle esteve na Unifra nesta sexta feira, 2 de outubro, para ministrar uma palestra sobre memória sensorial e atuações.


O diretor atua por mais de 10 anos no Lee Strasberg Film Institute, em Nova York. Dirigiu dezenas de filmes e peças. Também já trabalhou na preparação de atores como Sean Penn, Giulia Gam, Michelle Pfeiffer, entre outros.
 
O método usado por Castle é a memória sensorial, que faz o ator trazer à tona sentimentos reais, que aconteceram na vida real. Há vários tipos de memórias sensoriais como cheiros, gostos, sons, lugares, texturas, sensações especificas do corpo, objetos pessoais ou algum tipo de esporte, por exemplo.
 
Na palestra, o diretor falou das atuações clichês dos atores, que impedem de ver o que eles realmente sentem. “A maior experiência que você pode ter é ver a vida orgânica acontecer no palco. É muito raro. Eu mesmo, que frequento teatros muitas vezes, não vejo muito. Mas quando acontece, não há coisa mais mágica no mundo”, comenta o diretor.
 
 
Como recomendação, Castle falou sobre o filme The Godfather (O Poderoso Chefão) que tem o maior elenco de atores formados pelo método sensorial. “Se você quer mesmo ver o que eu estou falando, o Godfather é o melhor filme”, conclui o diretor.
 
A vinda de Robert Castle a Santa Maria é consequência da
visibilidade cinematográfica da cidade e de produções de eventos como o
Santa Maria Vídeo e Cinema (SMVC).
 
 
 
 
 
Fotos: Evandro Sturm e Iara Menezes (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Os atores, hoje, estão mais preocupados com a imagem do que com a carreira. É assim que o ator, diretor e professor
americano, Robert Castle, definiu o desempenho dos atores. Robert Castle esteve na Unifra nesta sexta feira, 2 de outubro, para ministrar uma palestra sobre memória sensorial e atuações.


O diretor atua por mais de 10 anos no Lee Strasberg Film Institute, em Nova York. Dirigiu dezenas de filmes e peças. Também já trabalhou na preparação de atores como Sean Penn, Giulia Gam, Michelle Pfeiffer, entre outros.
 
O método usado por Castle é a memória sensorial, que faz o ator trazer à tona sentimentos reais, que aconteceram na vida real. Há vários tipos de memórias sensoriais como cheiros, gostos, sons, lugares, texturas, sensações especificas do corpo, objetos pessoais ou algum tipo de esporte, por exemplo.
 
Na palestra, o diretor falou das atuações clichês dos atores, que impedem de ver o que eles realmente sentem. “A maior experiência que você pode ter é ver a vida orgânica acontecer no palco. É muito raro. Eu mesmo, que frequento teatros muitas vezes, não vejo muito. Mas quando acontece, não há coisa mais mágica no mundo”, comenta o diretor.
 
 
Como recomendação, Castle falou sobre o filme The Godfather (O Poderoso Chefão) que tem o maior elenco de atores formados pelo método sensorial. “Se você quer mesmo ver o que eu estou falando, o Godfather é o melhor filme”, conclui o diretor.
 
A vinda de Robert Castle a Santa Maria é consequência da
visibilidade cinematográfica da cidade e de produções de eventos como o
Santa Maria Vídeo e Cinema (SMVC).
 
 
 
 
 
Fotos: Evandro Sturm e Iara Menezes (Laboratório de Fotografia e Memória)