Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

As diferentes versões de um crime no Cineclube

Outubro é o mês de homenagear Grandes Diretores do cinema mundial. Neste sábado, 23, a partir das quatro da tarde, o Cineclube
Unifra viaja até o Japão e apresenta Rashomon,
de Akira Kurosawa.

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

Durante
uma forte tempestade, um lenhador, um sacerdote e um camponês se refugiam sob as
ruínas de um templo. O sacertode conta a história de um julgamento que
testemunhou: o estupro de Masako e o assassinato de seu marido Takehiro, um
samurai. Quatro relatos são levados em conta durante o julgamento, inclusive o
de Takehiro através de um médium. Cada testemunho é uma verdade que entra em
conflito com os outros. Kurosawa prende a atenção do espectador mantendo o
suspense da história por meio de uma brilhante estrutura narrativa.

A
categoria Melhor Filme estrangeiro no Oscar foi criada em 1956, mas antes disso
a Academia premiava filmes com um Oscar honorário. Kurosawa recebeu um por
Rashomon, em 1950. Também foi premiado com o Leão de Ouro do Festival de Veneza
daquele ano.

 

RASHOMON (JAPÃO, 1950, 88 MIN,
P&B)

DIREÇÃO: AKIRA KUROSAWA

SÁBADO,  23 DE
OUTUBRO, 16 HORAS NO CINECLUBE UNIFRA

SALÃO AZUL DO CONJUNTO
I (ANDRADAS, 1614)

ENTRADA FRANCA

Próximas atrações do ciclo Grandes Diretores:

Dia 30, Janela Indiscreta, direção
Alfred Hitchcock

 

O Cineclube Unifra é
uma atividade acadêmica, sem fins lucrativos que existe desde 2003 no Centro
Universitário Franciscano. Os temas e respectivos filmes são discutidos e
selecionados pelos alunos. A finalidade deste espaço
cultural é discutir cinema, contribuir para a formação de um público crítico e
estreitar os laços com a comunidade.


Divulgação:
LINC – Laboratório Integrado de Comunicação da
UNIFRA (linc.unifra@hotmail.com)
Professor responsável: jorn. Bebeto Badke

Texto elaborado pela acadêmica de Jornalismo Joyce Noronha

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outubro é o mês de homenagear Grandes Diretores do cinema mundial. Neste sábado, 23, a partir das quatro da tarde, o Cineclube
Unifra viaja até o Japão e apresenta Rashomon,
de Akira Kurosawa.

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

Durante
uma forte tempestade, um lenhador, um sacerdote e um camponês se refugiam sob as
ruínas de um templo. O sacertode conta a história de um julgamento que
testemunhou: o estupro de Masako e o assassinato de seu marido Takehiro, um
samurai. Quatro relatos são levados em conta durante o julgamento, inclusive o
de Takehiro através de um médium. Cada testemunho é uma verdade que entra em
conflito com os outros. Kurosawa prende a atenção do espectador mantendo o
suspense da história por meio de uma brilhante estrutura narrativa.

A
categoria Melhor Filme estrangeiro no Oscar foi criada em 1956, mas antes disso
a Academia premiava filmes com um Oscar honorário. Kurosawa recebeu um por
Rashomon, em 1950. Também foi premiado com o Leão de Ouro do Festival de Veneza
daquele ano.

 

RASHOMON (JAPÃO, 1950, 88 MIN,
P&B)

DIREÇÃO: AKIRA KUROSAWA

SÁBADO,  23 DE
OUTUBRO, 16 HORAS NO CINECLUBE UNIFRA

SALÃO AZUL DO CONJUNTO
I (ANDRADAS, 1614)

ENTRADA FRANCA

Próximas atrações do ciclo Grandes Diretores:

Dia 30, Janela Indiscreta, direção
Alfred Hitchcock

 

O Cineclube Unifra é
uma atividade acadêmica, sem fins lucrativos que existe desde 2003 no Centro
Universitário Franciscano. Os temas e respectivos filmes são discutidos e
selecionados pelos alunos. A finalidade deste espaço
cultural é discutir cinema, contribuir para a formação de um público crítico e
estreitar os laços com a comunidade.


Divulgação:
LINC – Laboratório Integrado de Comunicação da
UNIFRA (linc.unifra@hotmail.com)
Professor responsável: jorn. Bebeto Badke

Texto elaborado pela acadêmica de Jornalismo Joyce Noronha