Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Curso de Engenharia Ambiental comemora dez anos

O
curso de Engenharia Ambiental está completando dez anos e, a partir de
hoje, iniciou um simpósio comemorativo.
 
 

A
semana de palestras começou com o professor Afranio Almir Righes. Ele
conversou sobre o impacto ambiental decorrente do uso do solo e água. A
conversa foi dividida em dez tópicos, entre eles, impacto global das
atividades humanas na biosfera, explicação sobre a formação do solo,
queimadas, desperdício de água e poluição dos recursos hídricos.

As
queimadas são responsáveis pelo aumento do número de casos de doenças
respiratórias e causam poluição atmosférica, que são os maiores
emissores de gases que causa o efeito estufa.

Em sua apresentação, foram divulgados alguns dados, como por exemplo:  a
área agricultável do Brasil é de 550 milhões de acres, equivalente a 32
países. Também falou sobre a importância da engenharia ambiental em
minimizar o impacto causado pelo homem no meio ambiente.

 “As
enchentes, desabamentos e outros eventos naturais que estão acontecendo
com mais frequência, também são causados pela falta de informação da
população que acaba poluindo. Mas as alterações climáticas podem  causar
uma série de consequências sérias”, afirma  Afranio 
Righes, professor do curso de Engenharia Ambiental da Unifra.

No
final da palestra, ele apresentou alternativas para os problemas ambientais.
Soluções essas que estão funcionando bem, como a pavimentação permeável
na Holanda.

A abertura solene do evento foi
feita pela reitora do Centro Universitário Franciscano (Unifra), Irani
Rupolo.

“O
número de inscritos para o simpósio foi superior ao esperado. Haverá
uma tarde de ex-alunos onde eles conversarão sobre seus trabalhos e
também contaremos com palestrantes do Ministério do Meio Ambiente”, diz a
professora Maria Isabel Lopes, coordenadora do evento. Os ex-coordenadores do curso de Engenharia Ambiental foram homenageados  e receberam um presente da atual coordenadora. 

A escola de educação infantil Abelhinhas está expondo trabalhos com material reciclado feito pelas crianças.

 

Fotos: Ana Rauber (Laboratório de Fotografia e Memória)

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O
curso de Engenharia Ambiental está completando dez anos e, a partir de
hoje, iniciou um simpósio comemorativo.
 
 

A
semana de palestras começou com o professor Afranio Almir Righes. Ele
conversou sobre o impacto ambiental decorrente do uso do solo e água. A
conversa foi dividida em dez tópicos, entre eles, impacto global das
atividades humanas na biosfera, explicação sobre a formação do solo,
queimadas, desperdício de água e poluição dos recursos hídricos.

As
queimadas são responsáveis pelo aumento do número de casos de doenças
respiratórias e causam poluição atmosférica, que são os maiores
emissores de gases que causa o efeito estufa.

Em sua apresentação, foram divulgados alguns dados, como por exemplo:  a
área agricultável do Brasil é de 550 milhões de acres, equivalente a 32
países. Também falou sobre a importância da engenharia ambiental em
minimizar o impacto causado pelo homem no meio ambiente.

 “As
enchentes, desabamentos e outros eventos naturais que estão acontecendo
com mais frequência, também são causados pela falta de informação da
população que acaba poluindo. Mas as alterações climáticas podem  causar
uma série de consequências sérias”, afirma  Afranio 
Righes, professor do curso de Engenharia Ambiental da Unifra.

No
final da palestra, ele apresentou alternativas para os problemas ambientais.
Soluções essas que estão funcionando bem, como a pavimentação permeável
na Holanda.

A abertura solene do evento foi
feita pela reitora do Centro Universitário Franciscano (Unifra), Irani
Rupolo.

“O
número de inscritos para o simpósio foi superior ao esperado. Haverá
uma tarde de ex-alunos onde eles conversarão sobre seus trabalhos e
também contaremos com palestrantes do Ministério do Meio Ambiente”, diz a
professora Maria Isabel Lopes, coordenadora do evento. Os ex-coordenadores do curso de Engenharia Ambiental foram homenageados  e receberam um presente da atual coordenadora. 

A escola de educação infantil Abelhinhas está expondo trabalhos com material reciclado feito pelas crianças.

 

Fotos: Ana Rauber (Laboratório de Fotografia e Memória)