Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Acadêmica de Jornalismo lança livro sobre Restinga Sêca

1024×768

Normal
0
21

false
false
false

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

emanuelle_ feira_livro_poa_marianna_antunes.jpg“Um sonho realizado”. É assim que
a acadêmica de Jornalismo da Unifra, Emanuelle Bueno, define o livro Tecendo Raízes: Restinga Sêca e
Personalidades Singulares que construíram a sua História
. A obra tem como
organizadoras Emanuelle e a escritora Ilda Maria Costa Brasil e era um sonho
antigo da avó da estudante. O livro traz minibiografias de personalidades que
foram importantes para Restinga Sêca e, hoje, estampam nomes de ruas, estradas
e logradouros do município que, em 2001, completou 52 anos de emancipação.

1024×768

Normal
0
21

false
false
false


st1:*{behavior:url(#ieooui) }

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

“Minha avó, Maria Júlia Tronco,
não nasceu em Restinga, mas passou quase toda a sua vida na cidade, e tem muito
carinho pelo lugar”, conta Emanuelle. A avó da acadêmica desejava que houvesse
um registro das personalidades que fazem parte da história da cidade. A união
desta ideia ao apoio da Prefeitura Municipal e de muito trabalho das
organizadoras resultou no livro lançado dia 29 de outubro em Restinga Sêca.

emanuelle_lancamento_restinga_flamarion_pahim.jpgO
jantar de lançamento da obra fez parte da programação da Feira do Livro da cidade.
“No encerramento da Feira pudemos receber o calor da comunidade e de nossos
amigos e ver nosso trabalho reconhecido”, diz a acadêmica de Jornalismo.
As
informações utilizadas na obra foram resgatadas por Emanuelle e Ilda em
diversos locais. As duas foram a várias localidades rurais do município,
visitaram familiares das personalidades e diversos pontos onde poderiam
encontrar subsídios para construir o livro, como cartórios, escolas e
bibliotecas. “O projeto exigiu muita pesquisa e dedicação”, destaca a
acadêmica.

Emanuelle era estagiária da
Prefeitura de Restinga Sêca em janeiro de 2011, quando começou a trabalhar no
projeto. Ela acredita que a produção do livro foi mais do que uma grande
experiência. “Significou poder concretizar o sonho de minha avó, pois para ela
esse livro é uma homenagem à sua terra querida”, conta. Conhecer a trajetória
das personalidades que construíram a história do município torna possível
identificar também os costumes de outras épocas, profissões extintas, o
comércio e a evolução de um povo.

Feira do Livro de POA

emanuelle_feira_livro_poa_marianna_antunes.jpgTecendo Raízes foi lançado também na 57ª Feira do Livro de Porto
Alegre. No dia 5 de novembro, as organizadoras da obra estiveram na Praça da
Alfândega para uma sessão de autógrafos. Emanuelle descreve a emoção de
participar de um dos eventos mais importantes do Brasil: “Foi uma experiência incrível, estar na mesma plataforma
de autógrafos que escritores consagrados como o Luís Fernando Veríssimo foi
indescritível, parecia que eu estava ali apenas para receber autógrafos e não
autografar também”.

Emanuelle
tem 19 anos,
nasceu em
Porto Alegre e, hoje, mora em Restinga Sêca. Este
ano, ela completou o 6º semestre do curso de Jornalismo. Em 2010, em parceria
com duas colegas, recriou o Cineclube Orion de Restinga Sêca. O grupo também
projetou a revista Cineclube Orion, lançada em abril de 2011. Emanuelle foi
coordenadora do I Concurso Literário Municipal Infantil e Infanto-Juvenil
“Machado de Assis 2011”,
promovido pela Secretaria Municipal de Cultura de Restinga Sêca e também participa
da Antologia “Crônicas do Cotidiano”, da Câmara Brasileira de Jovens Escritores
do Rio de Janeiro e da “Coletânea Literária 10 Anos da AGEI – Associação Gaúcha
de Escritores Independentes – Porto Alegre/RS”.

 

Fotos: Marianna Antunes (acadêmica de Jornalismo) e Flamarion Pahim

           

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1024×768

Normal
0
21

false
false
false

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

emanuelle_ feira_livro_poa_marianna_antunes.jpg“Um sonho realizado”. É assim que
a acadêmica de Jornalismo da Unifra, Emanuelle Bueno, define o livro Tecendo Raízes: Restinga Sêca e
Personalidades Singulares que construíram a sua História
. A obra tem como
organizadoras Emanuelle e a escritora Ilda Maria Costa Brasil e era um sonho
antigo da avó da estudante. O livro traz minibiografias de personalidades que
foram importantes para Restinga Sêca e, hoje, estampam nomes de ruas, estradas
e logradouros do município que, em 2001, completou 52 anos de emancipação.

1024×768

Normal
0
21

false
false
false


st1:*{behavior:url(#ieooui) }

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

“Minha avó, Maria Júlia Tronco,
não nasceu em Restinga, mas passou quase toda a sua vida na cidade, e tem muito
carinho pelo lugar”, conta Emanuelle. A avó da acadêmica desejava que houvesse
um registro das personalidades que fazem parte da história da cidade. A união
desta ideia ao apoio da Prefeitura Municipal e de muito trabalho das
organizadoras resultou no livro lançado dia 29 de outubro em Restinga Sêca.

emanuelle_lancamento_restinga_flamarion_pahim.jpgO
jantar de lançamento da obra fez parte da programação da Feira do Livro da cidade.
“No encerramento da Feira pudemos receber o calor da comunidade e de nossos
amigos e ver nosso trabalho reconhecido”, diz a acadêmica de Jornalismo.
As
informações utilizadas na obra foram resgatadas por Emanuelle e Ilda em
diversos locais. As duas foram a várias localidades rurais do município,
visitaram familiares das personalidades e diversos pontos onde poderiam
encontrar subsídios para construir o livro, como cartórios, escolas e
bibliotecas. “O projeto exigiu muita pesquisa e dedicação”, destaca a
acadêmica.

Emanuelle era estagiária da
Prefeitura de Restinga Sêca em janeiro de 2011, quando começou a trabalhar no
projeto. Ela acredita que a produção do livro foi mais do que uma grande
experiência. “Significou poder concretizar o sonho de minha avó, pois para ela
esse livro é uma homenagem à sua terra querida”, conta. Conhecer a trajetória
das personalidades que construíram a história do município torna possível
identificar também os costumes de outras épocas, profissões extintas, o
comércio e a evolução de um povo.

Feira do Livro de POA

emanuelle_feira_livro_poa_marianna_antunes.jpgTecendo Raízes foi lançado também na 57ª Feira do Livro de Porto
Alegre. No dia 5 de novembro, as organizadoras da obra estiveram na Praça da
Alfândega para uma sessão de autógrafos. Emanuelle descreve a emoção de
participar de um dos eventos mais importantes do Brasil: “Foi uma experiência incrível, estar na mesma plataforma
de autógrafos que escritores consagrados como o Luís Fernando Veríssimo foi
indescritível, parecia que eu estava ali apenas para receber autógrafos e não
autografar também”.

Emanuelle
tem 19 anos,
nasceu em
Porto Alegre e, hoje, mora em Restinga Sêca. Este
ano, ela completou o 6º semestre do curso de Jornalismo. Em 2010, em parceria
com duas colegas, recriou o Cineclube Orion de Restinga Sêca. O grupo também
projetou a revista Cineclube Orion, lançada em abril de 2011. Emanuelle foi
coordenadora do I Concurso Literário Municipal Infantil e Infanto-Juvenil
“Machado de Assis 2011”,
promovido pela Secretaria Municipal de Cultura de Restinga Sêca e também participa
da Antologia “Crônicas do Cotidiano”, da Câmara Brasileira de Jovens Escritores
do Rio de Janeiro e da “Coletânea Literária 10 Anos da AGEI – Associação Gaúcha
de Escritores Independentes – Porto Alegre/RS”.

 

Fotos: Marianna Antunes (acadêmica de Jornalismo) e Flamarion Pahim