Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Começa a II Jornada Integrada do Meio Ambiente

jima_mariabeatriz2_marcelo.jpgAproximar a
educação superior e a comunidade, visando a discussão de temas de interesse
social. Com este objetivo, iniciou hoje, 2 de junho, e vai até amanhã, dia 3, a II Jornada Integrada do
Meio Ambiente
(JIMA), promovida por diversas áreas da ciência, entre elas as
humanas, da saúde e naturais. A JIMA busca dialogar acerca da dimensão
holística e interdisciplinar que permeia saberes e práticas voltadas ao meio
ambiente e está sendo realizada no salão de atos no conjunto III da Unifra.

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

Segundo a coordenadora do evento, Ail Meirelles Ortiz, professora
do curso de Geografia, a
possibilidade de se obter sustentabilidade diante das dimensões socioeconômica
e ambiental tem representado tema de discussões em múltiplos espaços sociais,
uma vez que, sob a perspectiva holística, todos os fenômenos na natureza são
vistos como interligados. Para Ail, o enfoque interdisciplinar apontado no
entendimento de questões ambientais movimenta estruturas do saber e de práticas
na busca de melhorias quando o assunto é conflito ambiental. 

Os resíduos e a lei

jima_mariabeatriz_marcelo.jpgNa abertura, houve uma reflexão sobre a Lei da Política
Nacional de Resíduos Sólidos
, com o professor de Direito da Unifra, Márcio de Souza
Bernardes, e a professora Maria Beatriz da Silva, da Universidade de
Santa Cruz do Sul. Os professores discutiram sobre os resíduos e suas
particularidades, desde cemitérios de automóveis aos grandes lixões urbanos.
Conforme o professora Maria Beatriz, o plano para os resíduos sólidos inserido
na Lei, admite a oportunidade de cooperação entre o poder público fedejima_marcio_marcelo.jpgral,
estadual, setor produtivo e sociedade na busca de alternativas para os problemas
socioambientais. Para Maria Beatriz, valorizar os resíduos é uma maneira de
controlar esse tipo de problema. A professora lembra que, para isso, também é
preciso incentivo.

O professor Márcio Bernardes lembrou
as atividades que causam a degradação do ambiente e que o lixo é
responsabilidade nossa. Segundo ele, a lei deve funcionar para as
particularidades que antes não eram evidenciadas. “Resíduos, gases ou lixo
sólido, tudo deve ser conscientizado. Hoje em dia, grande parte da população
procede com o lixo de maneira errada, afirma o professor.

O JornalEco

A experiência desenvolvida no curso de Jornalismo da Unifra com relação a temáticas ambientais através da produção do JornalEco foi exposta pela professora Aurea Evelise
Fonseca, durante a programação da tarde desta quinta-feira. O jornal semestral é produzido pelos alunos da disciplina de Jornalismo Especializado I, numa perspectiva de formação em Jornalismo Ambiental. A edição  existe em duas versões: impressa e online, possibilitando que a informação e a reflexão de caráter ambiental possa ser multiplicada, através da internet.

Santa Maria mais bonita

No fim da tarde de hoje, ainda realizou-se uma mesa-redonda para debater uma Santa Maria mais bela, a partir de questões como a agenda ambiental e a coleta seletiva. A Jornada Integrada do Meio
Ambiente
segue até amanhã. Nesta sexta-feira, dia 3, a JIMA continua suas atividades a partir das 19 horas com um
vídeo-palestra sobre lixo eletrônico e mesa-redonda sobre gestão e desenvolvimento sustentável: o papel das organizações.

 

Fotos: Marcelo  Figueiredo

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

jima_mariabeatriz2_marcelo.jpgAproximar a
educação superior e a comunidade, visando a discussão de temas de interesse
social. Com este objetivo, iniciou hoje, 2 de junho, e vai até amanhã, dia 3, a II Jornada Integrada do
Meio Ambiente
(JIMA), promovida por diversas áreas da ciência, entre elas as
humanas, da saúde e naturais. A JIMA busca dialogar acerca da dimensão
holística e interdisciplinar que permeia saberes e práticas voltadas ao meio
ambiente e está sendo realizada no salão de atos no conjunto III da Unifra.

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

Segundo a coordenadora do evento, Ail Meirelles Ortiz, professora
do curso de Geografia, a
possibilidade de se obter sustentabilidade diante das dimensões socioeconômica
e ambiental tem representado tema de discussões em múltiplos espaços sociais,
uma vez que, sob a perspectiva holística, todos os fenômenos na natureza são
vistos como interligados. Para Ail, o enfoque interdisciplinar apontado no
entendimento de questões ambientais movimenta estruturas do saber e de práticas
na busca de melhorias quando o assunto é conflito ambiental. 

Os resíduos e a lei

jima_mariabeatriz_marcelo.jpgNa abertura, houve uma reflexão sobre a Lei da Política
Nacional de Resíduos Sólidos
, com o professor de Direito da Unifra, Márcio de Souza
Bernardes, e a professora Maria Beatriz da Silva, da Universidade de
Santa Cruz do Sul. Os professores discutiram sobre os resíduos e suas
particularidades, desde cemitérios de automóveis aos grandes lixões urbanos.
Conforme o professora Maria Beatriz, o plano para os resíduos sólidos inserido
na Lei, admite a oportunidade de cooperação entre o poder público fedejima_marcio_marcelo.jpgral,
estadual, setor produtivo e sociedade na busca de alternativas para os problemas
socioambientais. Para Maria Beatriz, valorizar os resíduos é uma maneira de
controlar esse tipo de problema. A professora lembra que, para isso, também é
preciso incentivo.

O professor Márcio Bernardes lembrou
as atividades que causam a degradação do ambiente e que o lixo é
responsabilidade nossa. Segundo ele, a lei deve funcionar para as
particularidades que antes não eram evidenciadas. “Resíduos, gases ou lixo
sólido, tudo deve ser conscientizado. Hoje em dia, grande parte da população
procede com o lixo de maneira errada, afirma o professor.

O JornalEco

A experiência desenvolvida no curso de Jornalismo da Unifra com relação a temáticas ambientais através da produção do JornalEco foi exposta pela professora Aurea Evelise
Fonseca, durante a programação da tarde desta quinta-feira. O jornal semestral é produzido pelos alunos da disciplina de Jornalismo Especializado I, numa perspectiva de formação em Jornalismo Ambiental. A edição  existe em duas versões: impressa e online, possibilitando que a informação e a reflexão de caráter ambiental possa ser multiplicada, através da internet.

Santa Maria mais bonita

No fim da tarde de hoje, ainda realizou-se uma mesa-redonda para debater uma Santa Maria mais bela, a partir de questões como a agenda ambiental e a coleta seletiva. A Jornada Integrada do Meio
Ambiente
segue até amanhã. Nesta sexta-feira, dia 3, a JIMA continua suas atividades a partir das 19 horas com um
vídeo-palestra sobre lixo eletrônico e mesa-redonda sobre gestão e desenvolvimento sustentável: o papel das organizações.

 

Fotos: Marcelo  Figueiredo

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}