Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Como deixar de fumar em cinco dias

curso_deixar_de_fumar_marcelo.jpgDesde ontem, dia 6, até sexta, dia
10, o colégio Irmão José Otão, no bairro Medianeira, está sediando uma série de
palestras para quem deseja parar de fumar. A
semana de palestras para deixar de fumar é gratuita. Hoje, uma equipe realiza o
trabalho em Santa Maria,
dividindo as edições do curso por bairros da cidade.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4


st1:*{behavior:url(#ieooui) }

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

No município, os ministrantes da
Igreja Adventista do Sétimo Dia realizam este trabalho com a comunidade desde
1986. Segundo o organizador e palestrante Silas de Menezes, mais de 3.000
pessoas já deixaram de fumar cigarro graças ao minicurso, que conta com a
participação de biólogos, médicos pneumologistas, ex-fumantes, entre outros.
Menezes afirma que, se o participante acompanhar as palestras e terapias
durante os cinco dias, a tendência é que ele consiga abandonar o vício do
cigarro ainda durante as palestras.

 

curso_deixar_de_fumar_publico_marcelo.jpgO professor de Biologia da UFSM, Marcelo
Leite, fez um abordagem para o público, na noite de abertura, com os diversos
aspectos que envolvem o consumo do tabaco. Para o biólogo, conquistar o público
e conseguir que eles deixem de fumar é muito satisfatório, já que o trabalho é
intenso e as palestras tratam sobre as consequências do cigarro. Leite lembra
que o público que frequenta os cursos é o que já tentou diversas vezes largar o
vício, mas nunca de forma eficiente.   “É
um grande desafio para nós e para o fumante”, afirma.

 

A cidade de Santa Maria aderiu há
pouco mais de um mês à lei antifumo, que proíbe
o consumo de cigarros e derivados em ambientes de uso coletivo, públicos ou
curso_deixar_de_fumar_silas_menezes_marcelo.jpgprivados. Para Silas Menezes, a lei nem era necessária. Ele acredita que com o
desenvolvimento do mundo, as pessoas já deveriam ter esse tipo de consciência.
“Hoje não é como há 20 anos atrás, que o fumante soltava a fumaça no rosto de
outra pessoa e era normal”, comenta Silas.

O
fumante Carlos Alves do Santos diz estar tentando deixar de fumar há 5 anos.
Conforme ele, no primeiro dia já consegue sentir mais segurança para largar o
vício.

 

Fotos: Marcelo Figueiredo

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

curso_deixar_de_fumar_marcelo.jpgDesde ontem, dia 6, até sexta, dia
10, o colégio Irmão José Otão, no bairro Medianeira, está sediando uma série de
palestras para quem deseja parar de fumar. A
semana de palestras para deixar de fumar é gratuita. Hoje, uma equipe realiza o
trabalho em Santa Maria,
dividindo as edições do curso por bairros da cidade.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4


st1:*{behavior:url(#ieooui) }

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

No município, os ministrantes da
Igreja Adventista do Sétimo Dia realizam este trabalho com a comunidade desde
1986. Segundo o organizador e palestrante Silas de Menezes, mais de 3.000
pessoas já deixaram de fumar cigarro graças ao minicurso, que conta com a
participação de biólogos, médicos pneumologistas, ex-fumantes, entre outros.
Menezes afirma que, se o participante acompanhar as palestras e terapias
durante os cinco dias, a tendência é que ele consiga abandonar o vício do
cigarro ainda durante as palestras.

 

curso_deixar_de_fumar_publico_marcelo.jpgO professor de Biologia da UFSM, Marcelo
Leite, fez um abordagem para o público, na noite de abertura, com os diversos
aspectos que envolvem o consumo do tabaco. Para o biólogo, conquistar o público
e conseguir que eles deixem de fumar é muito satisfatório, já que o trabalho é
intenso e as palestras tratam sobre as consequências do cigarro. Leite lembra
que o público que frequenta os cursos é o que já tentou diversas vezes largar o
vício, mas nunca de forma eficiente.   “É
um grande desafio para nós e para o fumante”, afirma.

 

A cidade de Santa Maria aderiu há
pouco mais de um mês à lei antifumo, que proíbe
o consumo de cigarros e derivados em ambientes de uso coletivo, públicos ou
curso_deixar_de_fumar_silas_menezes_marcelo.jpgprivados. Para Silas Menezes, a lei nem era necessária. Ele acredita que com o
desenvolvimento do mundo, as pessoas já deveriam ter esse tipo de consciência.
“Hoje não é como há 20 anos atrás, que o fumante soltava a fumaça no rosto de
outra pessoa e era normal”, comenta Silas.

O
fumante Carlos Alves do Santos diz estar tentando deixar de fumar há 5 anos.
Conforme ele, no primeiro dia já consegue sentir mais segurança para largar o
vício.

 

Fotos: Marcelo Figueiredo