Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Elas insistem em viver

av_rio_branco_tocos1_alice.jpgPara marcar o Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, a Agência Central Sul foi à avenida Rio Branco, nesta semana, para conferir a situação que gerou muita polêmica no início deste ano, com os cortes de árvores que deram início ao processo de "revitalização" proposto pela Prefeitura de Santa Maria. O levantamento fotográfico da repórter Alice Bollick apontou para uma constatação inusitada: decepadas em seus troncos desde janeiro, as antigas árvores da avenida mais tradicional da cidade recusam-se a morrer. Confira a seguir:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

av_rio_branco_tocos3_alice.jpgAo longo da avenida, uma nova ramagem aflora dos troncos.

 

 

Próximo à central de vendas de passagens da ATU, um cinamomo insiste em voltar a ocupar o seu lugar.

av_rio_branco_tocos2_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na esquina da avenida com a rua Daudt, um broto denuncia que ali se erguia uma seringueira. 

av_rio_branco_tocos5_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Observe o detalhe:

av_rio_branco_tocos6_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Descendo a avenida, próximo à Casa Canto, mais troncos estão com brotos viçosos neste final de outono.av_rio_branco_tocos7_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 av_rio_branco_tocos8_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

av_rio_branco_tocos9_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quase em frente ao Hotel Dom Rafael, uma árvore poupada dos cortes abriga orquídeas. Até quando?av_rio_branco_tocos10_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fica o convite à reflexão: temos o direito de tirar a vida destes seres – as árvores, apesar de seu aspecto forte, estão entre as criaturas mais indefesas do planeta – em nome de uma discussão do que sejam árvores urbanas e árvores rurais?

Saiba mais:

Brasil detém a maior área de florestas tropicais do planeta

Pronunciamento oficial no Dia do Meio Ambiente

Fotos: Alice Bollick (acadêmica de Jornalismo / Laboratório de Fotografia e Memória)

 

 

 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

av_rio_branco_tocos1_alice.jpgPara marcar o Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, a Agência Central Sul foi à avenida Rio Branco, nesta semana, para conferir a situação que gerou muita polêmica no início deste ano, com os cortes de árvores que deram início ao processo de "revitalização" proposto pela Prefeitura de Santa Maria. O levantamento fotográfico da repórter Alice Bollick apontou para uma constatação inusitada: decepadas em seus troncos desde janeiro, as antigas árvores da avenida mais tradicional da cidade recusam-se a morrer. Confira a seguir:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

av_rio_branco_tocos3_alice.jpgAo longo da avenida, uma nova ramagem aflora dos troncos.

 

 

Próximo à central de vendas de passagens da ATU, um cinamomo insiste em voltar a ocupar o seu lugar.

av_rio_branco_tocos2_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na esquina da avenida com a rua Daudt, um broto denuncia que ali se erguia uma seringueira. 

av_rio_branco_tocos5_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Observe o detalhe:

av_rio_branco_tocos6_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Descendo a avenida, próximo à Casa Canto, mais troncos estão com brotos viçosos neste final de outono.av_rio_branco_tocos7_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 av_rio_branco_tocos8_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

av_rio_branco_tocos9_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quase em frente ao Hotel Dom Rafael, uma árvore poupada dos cortes abriga orquídeas. Até quando?av_rio_branco_tocos10_alice.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fica o convite à reflexão: temos o direito de tirar a vida destes seres – as árvores, apesar de seu aspecto forte, estão entre as criaturas mais indefesas do planeta – em nome de uma discussão do que sejam árvores urbanas e árvores rurais?

Saiba mais:

Brasil detém a maior área de florestas tropicais do planeta

Pronunciamento oficial no Dia do Meio Ambiente

Fotos: Alice Bollick (acadêmica de Jornalismo / Laboratório de Fotografia e Memória)