Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Estudante de Jornalismo da Unifra ganha bolsa para curso de cobertura da 63ª SBPC

 marcelo_karine_ludwig.jpg

Marcelo Figueiredo, acadêmico do sétimo semestre do curso de Jornalismo da Unifra, foi um dos sete estudantes brasileiros contemplados com bolsa integral para participar do curso de imersão em Jornalismo Científico promovido pela EBJC, Escola Brasileira de Jornalismo Científico, na cidade de Goiânia, Goiás.

Na próxima semana, Marcelo embarca para um período de três semanas intensivas de estudos e práticas em jornalismo científico, que incluem a cobertura da 63ª Reunião Anual da SBPC, Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.

 

Marcelo participou do concurso que selecionou acadêmicos do último ano do curso de jornalismo, escrevendo um texto sobre o Cerrado: água, alimento e energia, tema da reunião anual da SBPC neste ano. Segundo ele, o concurso representava a oportunidade de aprofundar a temática do seu TFG que discorre sobre o discurso científico e o jornalístico, além de uma experiência única.Ele é o único selecionado no RS. Os trabalhos inscritos foram avaliados por uma comissão constituída pelos docentes da EBJC e divulgados ontem, 29, no site da escola.

Proposta visa qualificar a divulgação da Ciência

A proposta de trabalho da EBJC  aponta a necessidade de qualificar a formação dos futuros jornalistas para a cobertura de CT&I para ampliar o conhecimento público sobre a produção científica brasileira e a política de ciência do país. E ainda, a necessidade de ampliação de pesquisas na área de divulgação científica.

Segundo a EBJC, a metodologia de trabalho de imersão em estudos acadêmicos e oficinas
práticas é inspirado em modelos europeus e norte-americanos e terá suas edições atreladas à realização da RA/SBPC, que é itinerante, visando
permitir um maior contato com o mundo científico

Nesta edição com o tema "Cerrado: água, alimento e energia", o curso incluirá um
panorama geral sobre Política Científica, História e Filosofia da
Ciência; Sistema Nacional de CT&I: financiamento e avaliação;
Dilemas Éticos; Discurso Científico e Jornalístico; Jornalismo e Cultura
Científica; Comunicação Institucional e Estratégicas de Divulgação
Científica; Redes Sociais na Divulgação da CT&I e Oficinas práticas
de Jornalismo Científico. Os alunos
terão contato direto com a comunidade científica brasileira e também
participarão de dois seminários introdutórios sobre o Cerrado, para
conhecerem mais sobre as riquezas naturais do bioma, numa perspectiva de
desenvolvimento sustentável.

Os acadêmicos selecionados terão acesso às palestras e coletivas da imprensa durante o evento. A proposta é a produção de um blog temático son a coordenação pedagógica da jornalista e pesquisadora Graça Caldas
(Labjor/Unicamp). Integram o corpo docente os jornalistas e
pesquisadores Wilson Bueno (Umesp) e Mariluce Moura, editora da Revista Pesquisa
Fapesp e nova presidente da Associação Brasileira de Jornalismo
Científico (ABJC); Audre Alberguini, coordenadora do curso de
Jornalismo  do Instituto Superior de Ciências Aplicadas (ISCA) e Heloisa
Dias,  assessora especial da Embrapa, Brasília.

 

Foto: Karine Ludwig (Laboratório de Fotografia e Memória)

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 marcelo_karine_ludwig.jpg

Marcelo Figueiredo, acadêmico do sétimo semestre do curso de Jornalismo da Unifra, foi um dos sete estudantes brasileiros contemplados com bolsa integral para participar do curso de imersão em Jornalismo Científico promovido pela EBJC, Escola Brasileira de Jornalismo Científico, na cidade de Goiânia, Goiás.

Na próxima semana, Marcelo embarca para um período de três semanas intensivas de estudos e práticas em jornalismo científico, que incluem a cobertura da 63ª Reunião Anual da SBPC, Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.

 

Marcelo participou do concurso que selecionou acadêmicos do último ano do curso de jornalismo, escrevendo um texto sobre o Cerrado: água, alimento e energia, tema da reunião anual da SBPC neste ano. Segundo ele, o concurso representava a oportunidade de aprofundar a temática do seu TFG que discorre sobre o discurso científico e o jornalístico, além de uma experiência única.Ele é o único selecionado no RS. Os trabalhos inscritos foram avaliados por uma comissão constituída pelos docentes da EBJC e divulgados ontem, 29, no site da escola.

Proposta visa qualificar a divulgação da Ciência

A proposta de trabalho da EBJC  aponta a necessidade de qualificar a formação dos futuros jornalistas para a cobertura de CT&I para ampliar o conhecimento público sobre a produção científica brasileira e a política de ciência do país. E ainda, a necessidade de ampliação de pesquisas na área de divulgação científica.

Segundo a EBJC, a metodologia de trabalho de imersão em estudos acadêmicos e oficinas
práticas é inspirado em modelos europeus e norte-americanos e terá suas edições atreladas à realização da RA/SBPC, que é itinerante, visando
permitir um maior contato com o mundo científico

Nesta edição com o tema "Cerrado: água, alimento e energia", o curso incluirá um
panorama geral sobre Política Científica, História e Filosofia da
Ciência; Sistema Nacional de CT&I: financiamento e avaliação;
Dilemas Éticos; Discurso Científico e Jornalístico; Jornalismo e Cultura
Científica; Comunicação Institucional e Estratégicas de Divulgação
Científica; Redes Sociais na Divulgação da CT&I e Oficinas práticas
de Jornalismo Científico. Os alunos
terão contato direto com a comunidade científica brasileira e também
participarão de dois seminários introdutórios sobre o Cerrado, para
conhecerem mais sobre as riquezas naturais do bioma, numa perspectiva de
desenvolvimento sustentável.

Os acadêmicos selecionados terão acesso às palestras e coletivas da imprensa durante o evento. A proposta é a produção de um blog temático son a coordenação pedagógica da jornalista e pesquisadora Graça Caldas
(Labjor/Unicamp). Integram o corpo docente os jornalistas e
pesquisadores Wilson Bueno (Umesp) e Mariluce Moura, editora da Revista Pesquisa
Fapesp e nova presidente da Associação Brasileira de Jornalismo
Científico (ABJC); Audre Alberguini, coordenadora do curso de
Jornalismo  do Instituto Superior de Ciências Aplicadas (ISCA) e Heloisa
Dias,  assessora especial da Embrapa, Brasília.

 

Foto: Karine Ludwig (Laboratório de Fotografia e Memória)