Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Nada melhor que um bom lançamento para acompanhar a chuva

feira2011_terca10_robertobisogno_gabriel.jpgApesar da chuva, a programação da Feira do Livro permaneceu inalterada e a
lona central foi palco dos lançamentos desta terça-feira. Um livro em
homenagem ao pai, o super herói santa-mariense atuando contra o crime e
um ensaio da própria vida foram os temas abordados pelos autores de
hoje.
 
 
 
 

Recordações de uma existência – Roberto Bisogno
feira2011_terca10_robertobisogno3_gabriel.jpg

Professor de Odontologia e radialista, Roberto Bisogno optou por mais
uma profissão: escritor. Motivado pela história de vida de seu pai, o
livro traz fotografias, poemas, recortes de jornais e documentos da vida
de Vicente Acceta Bisogno, falecido em 2006.

“Meu pai era um homem admirável, multifacetado.Colecionou muitas
histórias e era um homem muito bem informado”, afirma o filho coruja. 

Admirado com a boa repercussão da obra na tarde de autógrafos, ele
comenta estar mais confiante para a publicação de seu segundo livro, que
irá contar mais sobre a família vinda da Itália.  “Já visitei a região
onde viveram meus ancestrais na Itália e vou contar a nossa história",
afirma.

  

Capoeira Negro nº 2 – Alex Cruz e Antônio Mello

feira2011_terca10_caopoeiranegro2_gabriel.jpgFuncionário da delegacia durante o dia e defensor da sociedade durante a noite, Capoeira Negro retorna às ruas para mais uma aventura.

O escritor das tramas, Antônio Mello, conta que sempre gostou de histórias em quadrinhos e por muito tempo criava suas histórias pensando que ele mesmo era o personagem principal. Sua adoração por essa área é responsável pela escolha de escrever para tal gênero. Seu trabalho repercute na cidade com a aparição em outras obras como: Capoeira Negro nº 1 e a revista Quadrante X.

Quando questionado sobre a situação dos quadrinhos em Santa Maria ele comenta, “é comum nesse mercado um grande número de histórias americanas, nós tentamos colocar o nome da produção nacional nesse meio”, conclui Antônio.

 

 

  

Nada é por acaso – Delson Ebling Diniz

feira2011_terca10_delsondiniz_gabriel.jpgPela primeira vez na Feira do Livro, o escritor resolveu publicar o que tinha em casa. Com o livro praticamente pronto, porém salvo nos arquivos do computador, ao ser incentivado por amigos e familiares Delson se arrisca nessa nova empreitada. “É uma experiência nova. Convivendo com esses escritores me considero um escrevedor, nada além disso”, comenta.

Seguidor do pensamento de que nada acontece em nossas vidas por acaso ele afirma ter passado por uma transformação que nunca imaginou, por isso ter esses escritos. Seu livro é composto de reflexões sobre a vida, as drogas e o alcoolismo entre os jovens.

 

  

Fotos: Gabriel Saccol (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

feira2011_terca10_robertobisogno_gabriel.jpgApesar da chuva, a programação da Feira do Livro permaneceu inalterada e a
lona central foi palco dos lançamentos desta terça-feira. Um livro em
homenagem ao pai, o super herói santa-mariense atuando contra o crime e
um ensaio da própria vida foram os temas abordados pelos autores de
hoje.
 
 
 
 

Recordações de uma existência – Roberto Bisogno
feira2011_terca10_robertobisogno3_gabriel.jpg

Professor de Odontologia e radialista, Roberto Bisogno optou por mais
uma profissão: escritor. Motivado pela história de vida de seu pai, o
livro traz fotografias, poemas, recortes de jornais e documentos da vida
de Vicente Acceta Bisogno, falecido em 2006.

“Meu pai era um homem admirável, multifacetado.Colecionou muitas
histórias e era um homem muito bem informado”, afirma o filho coruja. 

Admirado com a boa repercussão da obra na tarde de autógrafos, ele
comenta estar mais confiante para a publicação de seu segundo livro, que
irá contar mais sobre a família vinda da Itália.  “Já visitei a região
onde viveram meus ancestrais na Itália e vou contar a nossa história",
afirma.

  

Capoeira Negro nº 2 – Alex Cruz e Antônio Mello

feira2011_terca10_caopoeiranegro2_gabriel.jpgFuncionário da delegacia durante o dia e defensor da sociedade durante a noite, Capoeira Negro retorna às ruas para mais uma aventura.

O escritor das tramas, Antônio Mello, conta que sempre gostou de histórias em quadrinhos e por muito tempo criava suas histórias pensando que ele mesmo era o personagem principal. Sua adoração por essa área é responsável pela escolha de escrever para tal gênero. Seu trabalho repercute na cidade com a aparição em outras obras como: Capoeira Negro nº 1 e a revista Quadrante X.

Quando questionado sobre a situação dos quadrinhos em Santa Maria ele comenta, “é comum nesse mercado um grande número de histórias americanas, nós tentamos colocar o nome da produção nacional nesse meio”, conclui Antônio.

 

 

  

Nada é por acaso – Delson Ebling Diniz

feira2011_terca10_delsondiniz_gabriel.jpgPela primeira vez na Feira do Livro, o escritor resolveu publicar o que tinha em casa. Com o livro praticamente pronto, porém salvo nos arquivos do computador, ao ser incentivado por amigos e familiares Delson se arrisca nessa nova empreitada. “É uma experiência nova. Convivendo com esses escritores me considero um escrevedor, nada além disso”, comenta.

Seguidor do pensamento de que nada acontece em nossas vidas por acaso ele afirma ter passado por uma transformação que nunca imaginou, por isso ter esses escritos. Seu livro é composto de reflexões sobre a vida, as drogas e o alcoolismo entre os jovens.

 

  

Fotos: Gabriel Saccol (Laboratório de Fotografia e Memória)