Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

TV OVO está de parabéns

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

A Oficina de Vídeo TV OVO completa
15 anos no dia 12 de maio e para comemorar foi definida uma programação de
aniversário para todo o mês, com atividades envolvendo o mundo do audiovisual,
da diversidade cultural e da comunicação comunitária.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

O idealizador da TV foi Paulo
Tavares, em 1996, que propôs uma oficina de realização audiovisual em conjunto
com a Associação Comunitária da Vila Caramelo. Sua intenção era proporcionar
aos jovens algum conhecimento audiovisual e que, assim, pudessem produzir
vídeos para a comunidade. Dessa maneira não seriam somente telespectadores, mas
também protagonistas do relato de suas histórias.

O coordenador geral da TV OVO,
Alexsandro Pedrollo de Oliveira conta que esses 15 anos foram de lutas e
conquistas, altos e baixos e que não modificaram seu objetivo e foco.  “Completar esses 15 anos é uma superação de
expectativas que tínhamos lá em 1996 e nesse tempo já passaram mais de mil
jovens pela TV, muito mais de mil na verdade”, comenta Alex, como é mais
conhecido.

 A TV OVO desenvolve diversas ações e projetos
na área de produção audiovisual e atualmente está voltada para a produção
cultural. “Hoje, além de profissionais,  a TV também forma agentes culturais”, conta
Alexsandro, salientando que a TV não possui nenhuma intenção de se tornar uma
produtora ou uma emissora, pois o foco continua sendo a formação de jovens na
área audiovisual.

A população tem acesso ao
material produzido pela TV OVO nos ônibus de transporte coletivo que possuem
televisão, no Youtube, no site da TV e na sua sede, estabelecida na Casa de
Cultura, sala 26, no centro de Santa Maria. Os vídeos podem ser copiados e
distribuídos por qualquer pessoa sem nenhum custo autoral, mas deve ser
creditado que foi produzido pela TV OVO.

As oficinas

As inscrições para as turmas da
oficina são normalmente abertas no site. É cobrada uma taxa em torno de 15
reais para a inscrição, mas as aulas são gratuitas. As produções realizadas
durante as oficinas são baseadas nas experiências de vida de cada participante.
“Nunca levamos uma temática pronta, a única coisa que levamos pronto é a
técnica”, diz o coordenador geral.

Dia 23 de maio inicia o projeto “Olhares
da Comunidade” apoiado pela Lei de Incentivo à Cultura (LIC) que realizará
oficinas em três escolas: Escola Castro Alves, na Vila Oliveira; Escola Júlio
do Canto, no bairro Camobi; e Escola Hilda Vasconcelos, no bairro Campestre.

As oficinas ocorrem durante três
meses e têm 72 horas ao total, 60 horas de oficina e 12 de workshop. Cada
escola terá uma turma de 20 alunos, do 8º e 9º ano.  No final de cada oficina eles terão que
produzir um pequeno documentário sobre a comunidade em que vivem.

A programação de aniversário

Dia 2 – segunda-feira

Bate-papo com Marcelo Canellas no
Livro Livre
da Feira do Livro de Santa Maria que está ocorrendo na Praça Saldanha
Marinho, às 19h.

Dia 3, 4, 5, 6 – de terça-feira a
sexta-feira

Exibição itinerante no Centro, em
frente ao Banrisul da Praça Saldanha Marinho, às 20h.

Dia 12 – quinta-feira

Tribuna Livre na Câmara de
Vereadores, às 15h.

Recepção na sede da TV OVO, na
Casa de Cultura, às 17h.

Dia 14 – sábado

Festa de Aniversário – Banda
Rinoceronte e banda Vintage, na Boate do DCE, rua Professor Braga, a partir das
23h59min.

Exibições Itinerantes nas
Comunidades – às 19h

Dia 16 – segunda-feira

Igreja São João Evangelista na
Vila Caramelo

Dia 17 – terça-feira

Praça rua Tamanday, no bairro
Nonoai

Dia 18 – quarta-feira

Escola Municipal Júlio do Canto,
no bairro Camobi

Dia 19 – quinta-feira

Capela Coração de Maria, na Vila
Oliveira

Dia 20 – sexta-feira

Escola Estadual Walter Jobim, no
Itararé

 

Fotos: Karine Ludwig (Laboratório de Fotografia e Memória)

 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

A Oficina de Vídeo TV OVO completa
15 anos no dia 12 de maio e para comemorar foi definida uma programação de
aniversário para todo o mês, com atividades envolvendo o mundo do audiovisual,
da diversidade cultural e da comunicação comunitária.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

O idealizador da TV foi Paulo
Tavares, em 1996, que propôs uma oficina de realização audiovisual em conjunto
com a Associação Comunitária da Vila Caramelo. Sua intenção era proporcionar
aos jovens algum conhecimento audiovisual e que, assim, pudessem produzir
vídeos para a comunidade. Dessa maneira não seriam somente telespectadores, mas
também protagonistas do relato de suas histórias.

O coordenador geral da TV OVO,
Alexsandro Pedrollo de Oliveira conta que esses 15 anos foram de lutas e
conquistas, altos e baixos e que não modificaram seu objetivo e foco.  “Completar esses 15 anos é uma superação de
expectativas que tínhamos lá em 1996 e nesse tempo já passaram mais de mil
jovens pela TV, muito mais de mil na verdade”, comenta Alex, como é mais
conhecido.

 A TV OVO desenvolve diversas ações e projetos
na área de produção audiovisual e atualmente está voltada para a produção
cultural. “Hoje, além de profissionais,  a TV também forma agentes culturais”, conta
Alexsandro, salientando que a TV não possui nenhuma intenção de se tornar uma
produtora ou uma emissora, pois o foco continua sendo a formação de jovens na
área audiovisual.

A população tem acesso ao
material produzido pela TV OVO nos ônibus de transporte coletivo que possuem
televisão, no Youtube, no site da TV e na sua sede, estabelecida na Casa de
Cultura, sala 26, no centro de Santa Maria. Os vídeos podem ser copiados e
distribuídos por qualquer pessoa sem nenhum custo autoral, mas deve ser
creditado que foi produzido pela TV OVO.

As oficinas

As inscrições para as turmas da
oficina são normalmente abertas no site. É cobrada uma taxa em torno de 15
reais para a inscrição, mas as aulas são gratuitas. As produções realizadas
durante as oficinas são baseadas nas experiências de vida de cada participante.
“Nunca levamos uma temática pronta, a única coisa que levamos pronto é a
técnica”, diz o coordenador geral.

Dia 23 de maio inicia o projeto “Olhares
da Comunidade” apoiado pela Lei de Incentivo à Cultura (LIC) que realizará
oficinas em três escolas: Escola Castro Alves, na Vila Oliveira; Escola Júlio
do Canto, no bairro Camobi; e Escola Hilda Vasconcelos, no bairro Campestre.

As oficinas ocorrem durante três
meses e têm 72 horas ao total, 60 horas de oficina e 12 de workshop. Cada
escola terá uma turma de 20 alunos, do 8º e 9º ano.  No final de cada oficina eles terão que
produzir um pequeno documentário sobre a comunidade em que vivem.

A programação de aniversário

Dia 2 – segunda-feira

Bate-papo com Marcelo Canellas no
Livro Livre
da Feira do Livro de Santa Maria que está ocorrendo na Praça Saldanha
Marinho, às 19h.

Dia 3, 4, 5, 6 – de terça-feira a
sexta-feira

Exibição itinerante no Centro, em
frente ao Banrisul da Praça Saldanha Marinho, às 20h.

Dia 12 – quinta-feira

Tribuna Livre na Câmara de
Vereadores, às 15h.

Recepção na sede da TV OVO, na
Casa de Cultura, às 17h.

Dia 14 – sábado

Festa de Aniversário – Banda
Rinoceronte e banda Vintage, na Boate do DCE, rua Professor Braga, a partir das
23h59min.

Exibições Itinerantes nas
Comunidades – às 19h

Dia 16 – segunda-feira

Igreja São João Evangelista na
Vila Caramelo

Dia 17 – terça-feira

Praça rua Tamanday, no bairro
Nonoai

Dia 18 – quarta-feira

Escola Municipal Júlio do Canto,
no bairro Camobi

Dia 19 – quinta-feira

Capela Coração de Maria, na Vila
Oliveira

Dia 20 – sexta-feira

Escola Estadual Walter Jobim, no
Itararé

 

Fotos: Karine Ludwig (Laboratório de Fotografia e Memória)