Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Últimos dias para visitar exposição Fazeres Artesanais e Histórias de Vida

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

expo_faz_artesanais_5_ana_carolina.jpgPromovida
pelos cursos de Turismo e Design de Produto, a exposição Fazeres Artesanais e
Histórias de Vida
está na sala Angelita Stefani, na Unifra, até sexta-feira,
dia 25.

 

 

 

 

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

expo_faz_artesanais_7_ana_carolina.jpgA
iniciativa surgiu como um projeto de extensão entre os dois cursos, coordenado
pelas professoras Edir Bisognin e Marta Dal Asta. O curso de Turismo fez um
inventário do que existia na cidade em termos de produção de macramê, crivo,
nhanduti, crochê, bainha aberta, hardanger, bordado livre e frivolitê. Os professores e alunos do Design confeccionaram projetos
para oferecer ao público, o que, segundo a professora Edir Bisognin seria uma
forma do turista que visita Santa Maria levar uma lembrança característica da
cidade. A pesquisa realizada pelos acadêmicos de Turismo detectou que não há um
local específico para a comercialização deste tipo de produtos artesanais.

expo_faz_artesanais_1_ana_carolina.jpg

 

 

 

 

“A
exposição tem o propósito de mostrar à população o que ainda é produzido na
cidade. Os interessados nos produtos podem verificar em cada peça a
identificação ou solicitar na secretaria dos cursos uma listagem com o número
para contato dos artesãos”, afirma a professora Edir.

expo_faz_artesanais_3_ana_carolina.jpgOs
critérios usados para a seleção dos trabalhos foram: a qualidade do acabamento
e da confecção. Cada uma das linguagens tem pontos específicos, é necessário
ver se o desenho foi bem executado, explica a professora.

Questionada
sobre a diferença conceitual entre arte e artesanato a professora afirma que
sim, “arte tem que ter primordialmente uma estética, ela tem uma composição.
Cada linguagem possui seus critérios de apreciação e características
específicas. É diferente do artesanato que pode ser feito em série, e por ser
de cunho popular passa de pai para filho, não requer técnicas”.

 

expo_faz_artesanais_6_ana_carolina.jpgA
sala Angelita Stefani fica no Conjunto III da Unifra, prédio 14, na rua Silva
Jardim, 1175.

 

Fotos: Ana Carolina Grützmann da Silva (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

expo_faz_artesanais_5_ana_carolina.jpgPromovida
pelos cursos de Turismo e Design de Produto, a exposição Fazeres Artesanais e
Histórias de Vida
está na sala Angelita Stefani, na Unifra, até sexta-feira,
dia 25.

 

 

 

 

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

expo_faz_artesanais_7_ana_carolina.jpgA
iniciativa surgiu como um projeto de extensão entre os dois cursos, coordenado
pelas professoras Edir Bisognin e Marta Dal Asta. O curso de Turismo fez um
inventário do que existia na cidade em termos de produção de macramê, crivo,
nhanduti, crochê, bainha aberta, hardanger, bordado livre e frivolitê. Os professores e alunos do Design confeccionaram projetos
para oferecer ao público, o que, segundo a professora Edir Bisognin seria uma
forma do turista que visita Santa Maria levar uma lembrança característica da
cidade. A pesquisa realizada pelos acadêmicos de Turismo detectou que não há um
local específico para a comercialização deste tipo de produtos artesanais.

expo_faz_artesanais_1_ana_carolina.jpg

 

 

 

 

“A
exposição tem o propósito de mostrar à população o que ainda é produzido na
cidade. Os interessados nos produtos podem verificar em cada peça a
identificação ou solicitar na secretaria dos cursos uma listagem com o número
para contato dos artesãos”, afirma a professora Edir.

expo_faz_artesanais_3_ana_carolina.jpgOs
critérios usados para a seleção dos trabalhos foram: a qualidade do acabamento
e da confecção. Cada uma das linguagens tem pontos específicos, é necessário
ver se o desenho foi bem executado, explica a professora.

Questionada
sobre a diferença conceitual entre arte e artesanato a professora afirma que
sim, “arte tem que ter primordialmente uma estética, ela tem uma composição.
Cada linguagem possui seus critérios de apreciação e características
específicas. É diferente do artesanato que pode ser feito em série, e por ser
de cunho popular passa de pai para filho, não requer técnicas”.

 

expo_faz_artesanais_6_ana_carolina.jpgA
sala Angelita Stefani fica no Conjunto III da Unifra, prédio 14, na rua Silva
Jardim, 1175.

 

Fotos: Ana Carolina Grützmann da Silva (Laboratório de Fotografia e Memória)