Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Destaque para a literatura infanto-juvenil

A Feira do Livro de Santa Maria vem ganhando novos leitores. Cresceu a procura por livros infanto-juvenis, mostrando o interesse do público na faixa etária dos 10 aos 12 anos. Esse ano mais crianças estão mergulhando no universo dos livros. Entrou no cotidiano do evento a empolgação e interesse por parte dos pequenos.  As vendas no setor infantil aumentaram consideravelmente em relação à edição passada da feira, devido aos novos conhecimentos demonstrados pelo público infantil.

“As crianças chegam procurando pelos autores dos livros”, afirma a comerciária Thais Oliveira, 55 anos. Isso demonstra um grande incentivo literário, que muitas vezes vem das escolas. Para Lorenzo, oito anos, estudante da escola Medianeira o interesse veio a partir das trocas de livros com os colegas e visitas á biblioteca da escola. O pai do estudante, Fabio Pereira, 37 anos, funcionário público alega que raramente presenteia seu filho com obras literárias.  Fabio afirma também que o filho prefere fazer leituras pela internet. Porém, esse ano foi diferente, Lorenzo quis visitar a feira e adquirir um livro. “Quero muito ler Coração Criança”.

O evento também proporciona atividades infantis que estimulam a leitura das crianças, como lançamento de livros e peças teatrais.

  Por  Silvana Righi

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A Feira do Livro de Santa Maria vem ganhando novos leitores. Cresceu a procura por livros infanto-juvenis, mostrando o interesse do público na faixa etária dos 10 aos 12 anos. Esse ano mais crianças estão mergulhando no universo dos livros. Entrou no cotidiano do evento a empolgação e interesse por parte dos pequenos.  As vendas no setor infantil aumentaram consideravelmente em relação à edição passada da feira, devido aos novos conhecimentos demonstrados pelo público infantil.

“As crianças chegam procurando pelos autores dos livros”, afirma a comerciária Thais Oliveira, 55 anos. Isso demonstra um grande incentivo literário, que muitas vezes vem das escolas. Para Lorenzo, oito anos, estudante da escola Medianeira o interesse veio a partir das trocas de livros com os colegas e visitas á biblioteca da escola. O pai do estudante, Fabio Pereira, 37 anos, funcionário público alega que raramente presenteia seu filho com obras literárias.  Fabio afirma também que o filho prefere fazer leituras pela internet. Porém, esse ano foi diferente, Lorenzo quis visitar a feira e adquirir um livro. “Quero muito ler Coração Criança”.

O evento também proporciona atividades infantis que estimulam a leitura das crianças, como lançamento de livros e peças teatrais.

  Por  Silvana Righi