Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

O céu ficou mais colorido na comemoração dos 154 anos de Santa Maria

Dos dias 17 a 20 de maio os santamarienses comemoram o aniversário da cidade de um jeito especial. Pelo quarto ano consecutivo, balonistas de diferentes regiões do país desfilaram pelo céu do município para homenagear e encantar o público, como Edeson Buch de que veio de Curtiba apenas para participar da festa: “É que Santa Maria é maravilhoso o lugar aqui, acho que todo mundo atravessa o país quase pra participar aqui”.

Durante os quatro dias os trabalhos começaram cedo, por volta das cinco e meia da manhã. Os pilotos checavam o material, as condições do tempo e esperavam a autorização da direção de prova.  Segundo o presidente da Federação Gaúcha de Balonismo, Eduardo Melo, o clima na região favorece os vôos: “Santa Maria reúne uma série de condições bastante interessantes para balonismo, então tem vários locais pra decolagem, áreas amplas pra pousar, a gente consegue fazer um campeonato com vários alvos, então é uma região que tem a particularidade de ter montanhas, de ter ventos diferenciados em várias direções, e isso favorece a competição, deixa o voo mais técnico”.

Fotos: Débora Lemos

Os balões chegam a armazenar 5.500 metros cúbicos de ar e atingir uma altura equivalente a um prédio de sete andares. Além do tamanho, o que encantou o público foi o desfile de 25 balões com os mais diferentes tipos de desenhos, para colorir o céu de Santa Maria: “É uma paixão que vem desde criança”, afirma o balonista Edeson Buch.

Segundo a organização do festival, mais de 27 mil pessoas assistiram às apresentações dos balonistas no Jockey Club Santamariense.

Texto: Fabiana Lemos – TV Unifra

 

LEIA TAMBÉM

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Dos dias 17 a 20 de maio os santamarienses comemoram o aniversário da cidade de um jeito especial. Pelo quarto ano consecutivo, balonistas de diferentes regiões do país desfilaram pelo céu do município para homenagear e encantar o público, como Edeson Buch de que veio de Curtiba apenas para participar da festa: “É que Santa Maria é maravilhoso o lugar aqui, acho que todo mundo atravessa o país quase pra participar aqui”.

Durante os quatro dias os trabalhos começaram cedo, por volta das cinco e meia da manhã. Os pilotos checavam o material, as condições do tempo e esperavam a autorização da direção de prova.  Segundo o presidente da Federação Gaúcha de Balonismo, Eduardo Melo, o clima na região favorece os vôos: “Santa Maria reúne uma série de condições bastante interessantes para balonismo, então tem vários locais pra decolagem, áreas amplas pra pousar, a gente consegue fazer um campeonato com vários alvos, então é uma região que tem a particularidade de ter montanhas, de ter ventos diferenciados em várias direções, e isso favorece a competição, deixa o voo mais técnico”.

Fotos: Débora Lemos

Os balões chegam a armazenar 5.500 metros cúbicos de ar e atingir uma altura equivalente a um prédio de sete andares. Além do tamanho, o que encantou o público foi o desfile de 25 balões com os mais diferentes tipos de desenhos, para colorir o céu de Santa Maria: “É uma paixão que vem desde criança”, afirma o balonista Edeson Buch.

Segundo a organização do festival, mais de 27 mil pessoas assistiram às apresentações dos balonistas no Jockey Club Santamariense.

Texto: Fabiana Lemos – TV Unifra