Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Cissa Guimarães e elenco se apresentam no Teatro Treze de maio, hoje e amanhã

Foto: Divulgação

A atriz Cissa Guimarães, que perdeu o filho caçula em um acidente no ano de 2010, vem nesta semana a Santa Maria oferecer solidariedade às mães das vítimas do incêndio da Boate Kiss. Com o espetáculo “Doidas e Santas” a atriz e elenco se apresentam em duas sessões na cidade, segunda e terça no Teatro Treze de Maio. Após a apresentação da peça, nesta segunda, dia 21 de outubro, o elenco receberá familiares das vítimas da tragédia.

Já na terça-feira, 22, às 20h30min, no Theatro Treze de Maio, localizado na Praça Saldanha Marinho, a peça teatral “Doidas e Santas” é voltada ao público em geral.

Em cartaz há quase três anos e apresentado mais de 500 vezes em palcos brasileiros, o espetáculo é dirigido por Ernesto Piccolo com texto de Regiana Antonini, inspirado no livro homônimo de Martha Medeiros.

A peça também traz no elenco Giuseppe Oristanio e Josie Antello e descreve o cotidiano da protagonista Beatriz, uma psicanalista interpretada por Cissa, que apesar de estar no topo de sua carreira profissional, vive uma crise na vida pessoal.

Confira abaixo a sinopse da peça.

A psicanalista Beatriz (Cissa Guimarães) vive uma crise. Embora no auge da carreira profissional, a vida pessoal anda um caos. Sua mãe, a extravagante dona Elda (Josie Antello), voltou a morar com ela e vive às turras com sua filha adolescente (também Josie Antello). E o marido de vinte anos, Orlando (Giuseppe Oristanio), está cada vez mais distante, mais surdo, mais mudo, mais morno, mais jogado no sofá. Um casamento acomodado e duas gerações em crise. Assim, não há “santa” que agüente, e qualquer uma fica “doida”. Após uma visita da irmã caçula, a solteirona-não-tão-convicta-assim Berenice (ainda Josie Antello, numa impagável composição tríplice) e uma conversa reveladora, Beatriz decide dar um basta. Separa-se de um inconformado Orlando e resolve abraçar os prazeres da vida e da juventude mais uma vez. Sai para as noites, canta, dança, conhece um rapaz. Beatriz acha que preencheu o vazio, que botou a vida nos trilhos. Até que uma longa conversa com a mãe, sobre o passado muda sua perspectiva.

“Doidas e Santas”
Direção: Ernesto Piccolo
Texto: Regiana Antonini
Elenco: Cissa Guimarães, Giuseppe Oristanio e Josie Antonello
Quando: segunda e terça-feira, às 20h30min
Local: Theatro Treze de Maio (Praça Saldanha Marinho, s/nº). Telefone: (55) 3028-0909
Preço do ingresso: R$ 80 (público geral), R$ 60 (sócios do theatro) e R$ 40 (estudantes e idosos)

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Foto: Divulgação

A atriz Cissa Guimarães, que perdeu o filho caçula em um acidente no ano de 2010, vem nesta semana a Santa Maria oferecer solidariedade às mães das vítimas do incêndio da Boate Kiss. Com o espetáculo “Doidas e Santas” a atriz e elenco se apresentam em duas sessões na cidade, segunda e terça no Teatro Treze de Maio. Após a apresentação da peça, nesta segunda, dia 21 de outubro, o elenco receberá familiares das vítimas da tragédia.

Já na terça-feira, 22, às 20h30min, no Theatro Treze de Maio, localizado na Praça Saldanha Marinho, a peça teatral “Doidas e Santas” é voltada ao público em geral.

Em cartaz há quase três anos e apresentado mais de 500 vezes em palcos brasileiros, o espetáculo é dirigido por Ernesto Piccolo com texto de Regiana Antonini, inspirado no livro homônimo de Martha Medeiros.

A peça também traz no elenco Giuseppe Oristanio e Josie Antello e descreve o cotidiano da protagonista Beatriz, uma psicanalista interpretada por Cissa, que apesar de estar no topo de sua carreira profissional, vive uma crise na vida pessoal.

Confira abaixo a sinopse da peça.

A psicanalista Beatriz (Cissa Guimarães) vive uma crise. Embora no auge da carreira profissional, a vida pessoal anda um caos. Sua mãe, a extravagante dona Elda (Josie Antello), voltou a morar com ela e vive às turras com sua filha adolescente (também Josie Antello). E o marido de vinte anos, Orlando (Giuseppe Oristanio), está cada vez mais distante, mais surdo, mais mudo, mais morno, mais jogado no sofá. Um casamento acomodado e duas gerações em crise. Assim, não há “santa” que agüente, e qualquer uma fica “doida”. Após uma visita da irmã caçula, a solteirona-não-tão-convicta-assim Berenice (ainda Josie Antello, numa impagável composição tríplice) e uma conversa reveladora, Beatriz decide dar um basta. Separa-se de um inconformado Orlando e resolve abraçar os prazeres da vida e da juventude mais uma vez. Sai para as noites, canta, dança, conhece um rapaz. Beatriz acha que preencheu o vazio, que botou a vida nos trilhos. Até que uma longa conversa com a mãe, sobre o passado muda sua perspectiva.

“Doidas e Santas”
Direção: Ernesto Piccolo
Texto: Regiana Antonini
Elenco: Cissa Guimarães, Giuseppe Oristanio e Josie Antonello
Quando: segunda e terça-feira, às 20h30min
Local: Theatro Treze de Maio (Praça Saldanha Marinho, s/nº). Telefone: (55) 3028-0909
Preço do ingresso: R$ 80 (público geral), R$ 60 (sócios do theatro) e R$ 40 (estudantes e idosos)