Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Pastoral da Criança abre as portas e apresenta trabalhos

A Pastoral da Criança da Arquidiocese de Santa Maria realiza nesta sexta-feira, 4, o evento “Casa Aberta”. A partir das 14h, no Centro Diocesano de Pastoral, (Rua Professor Braga, 108, Centro de Santa Maria), as portas estarão abertas para todos aqueles que desejam conhecer o trabalho realizado pela entidade.

Segundo o coordenador arquidiocesano da Pastoral da Criança, Sérgio Derli Menezes Helmuth, o objetivo é apresentar para a comunidade o trabalho pastoral a fim de incentivar a formação de novos líderes ou missionários.

– Em Santa Maria, a Pastoral da Criança atende apenas 18,5% das crianças pobres. Precisamos aumentar este índice – projeta Helmuth.

Quando a Pastoral da Criança entrou em atividade na região, em 1985, a média de mortalidade infantil era de 74 crianças para cada mil nascidas vivas. Hoje, a média é 5 a 6 mortes de crianças por doenças preveníveis para cada mil nascidas vivas.

A entidade está presente em 20 municípios da região. Hoje, 382 líderes comunitários realizam o acompanhamento de 3.458 crianças pobres, de zero a seis anos, em 165 comunidades.

Para o evento Casa Aberta, são convidadas todas as pessoas que tiverem interesse em conhecer o trabalho da Pastoral da Criança, independente de classe social, raça, cor, religião ou preferência político-partidária.

Mais informações sobre a Pastoral da Criança pelos fones (55) 3028-3842 ou (55) 9978-7222.

Por Maiquel Rosauro, assessor de imprensa voluntário da Pastoral da Criança da Arquidiocese de Santa Maria.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A Pastoral da Criança da Arquidiocese de Santa Maria realiza nesta sexta-feira, 4, o evento “Casa Aberta”. A partir das 14h, no Centro Diocesano de Pastoral, (Rua Professor Braga, 108, Centro de Santa Maria), as portas estarão abertas para todos aqueles que desejam conhecer o trabalho realizado pela entidade.

Segundo o coordenador arquidiocesano da Pastoral da Criança, Sérgio Derli Menezes Helmuth, o objetivo é apresentar para a comunidade o trabalho pastoral a fim de incentivar a formação de novos líderes ou missionários.

– Em Santa Maria, a Pastoral da Criança atende apenas 18,5% das crianças pobres. Precisamos aumentar este índice – projeta Helmuth.

Quando a Pastoral da Criança entrou em atividade na região, em 1985, a média de mortalidade infantil era de 74 crianças para cada mil nascidas vivas. Hoje, a média é 5 a 6 mortes de crianças por doenças preveníveis para cada mil nascidas vivas.

A entidade está presente em 20 municípios da região. Hoje, 382 líderes comunitários realizam o acompanhamento de 3.458 crianças pobres, de zero a seis anos, em 165 comunidades.

Para o evento Casa Aberta, são convidadas todas as pessoas que tiverem interesse em conhecer o trabalho da Pastoral da Criança, independente de classe social, raça, cor, religião ou preferência político-partidária.

Mais informações sobre a Pastoral da Criança pelos fones (55) 3028-3842 ou (55) 9978-7222.

Por Maiquel Rosauro, assessor de imprensa voluntário da Pastoral da Criança da Arquidiocese de Santa Maria.