Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Ato contra a criminalização e o aumento da passagem de ônibus

Manifestantes paralisaram o trânsito da avenida Rio Branco. Foto: Pedro Lenz Piegas

Estudantes e trabalhadores reuniram-se na praça Saldanha Marinho, nesta quinta-feira, às 11 horas da manhã, para protestar contra a criminalização dos movimentos sociais e contra a revogação do aumento da tarifa de ônibus. O grupo, com aproximadamente 60 manifestantes, ficou reunido no local até o meio dia. De lá,  rumaram em direção ao paradão da Avenida Rio Branco. A manifestação ocorreu de forma  pacífica e não houve  intervenção policial. Enquanto os manifestantes panfletavam, batiam tambores e cantavam em protesto à Associação dos Transportadores Urbanos (ATU) e à repressão da Polícia Militar.

Protestos distribuiu panfletos contra o aumento da passagem de ônibus. Foto: Pedro Lenz Piegas

Os panfletos entregues traziam um resumo das irregularidades do novo plano tarifário e a relação entre o aumento do salário mínimo e da tarifa do transporte público. Além disso, tinha um convite para a participação de um evento cultural que ocorrerá no próximo sábado, dia 15, às 16h, na Concha Acústica do Parque Itaimbé.

A insatisfação dos manifestantes é em relação ao aumento dapassagem para  R$ 2,60, o qual ocorreu novamente no período de férias das universidades de Santa Maria, no dia 17 de fevereiro. No dia 20 do mesmo mês, a manifestação prevista para aquele dia teve desfecho com feridos e presos pela polícia. Apesar da repressão policial, os protestos seguiram em março. No dia 6, cerca de 160 estudantes entraram na Câmara dos Vereadores de Santa Maria para suspender a realização da sessão que iria aprovar o projeto de lei que proibia o uso de máscaras em manifestações públicas.

O debate sobre a questão continua nas próximas semanas. No dia 24 de março, a partir das 19 horas, a parlamentar Fernanda Melchionna, da Câmara dos Vereadores de Porto Alegre, debate transporte público no Salão de Atos da Centro Universitário Franciscano. O DCE da Unifra participou como idealizador da vinda da vereadora para Santa Maria.

Para mais informações  sobre a programação das manifestações populares em Santa Maria: https://www.facebook.com/BlocodeLutasSantaMaria

 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Manifestantes paralisaram o trânsito da avenida Rio Branco. Foto: Pedro Lenz Piegas

Estudantes e trabalhadores reuniram-se na praça Saldanha Marinho, nesta quinta-feira, às 11 horas da manhã, para protestar contra a criminalização dos movimentos sociais e contra a revogação do aumento da tarifa de ônibus. O grupo, com aproximadamente 60 manifestantes, ficou reunido no local até o meio dia. De lá,  rumaram em direção ao paradão da Avenida Rio Branco. A manifestação ocorreu de forma  pacífica e não houve  intervenção policial. Enquanto os manifestantes panfletavam, batiam tambores e cantavam em protesto à Associação dos Transportadores Urbanos (ATU) e à repressão da Polícia Militar.

Protestos distribuiu panfletos contra o aumento da passagem de ônibus. Foto: Pedro Lenz Piegas

Os panfletos entregues traziam um resumo das irregularidades do novo plano tarifário e a relação entre o aumento do salário mínimo e da tarifa do transporte público. Além disso, tinha um convite para a participação de um evento cultural que ocorrerá no próximo sábado, dia 15, às 16h, na Concha Acústica do Parque Itaimbé.

A insatisfação dos manifestantes é em relação ao aumento dapassagem para  R$ 2,60, o qual ocorreu novamente no período de férias das universidades de Santa Maria, no dia 17 de fevereiro. No dia 20 do mesmo mês, a manifestação prevista para aquele dia teve desfecho com feridos e presos pela polícia. Apesar da repressão policial, os protestos seguiram em março. No dia 6, cerca de 160 estudantes entraram na Câmara dos Vereadores de Santa Maria para suspender a realização da sessão que iria aprovar o projeto de lei que proibia o uso de máscaras em manifestações públicas.

O debate sobre a questão continua nas próximas semanas. No dia 24 de março, a partir das 19 horas, a parlamentar Fernanda Melchionna, da Câmara dos Vereadores de Porto Alegre, debate transporte público no Salão de Atos da Centro Universitário Franciscano. O DCE da Unifra participou como idealizador da vinda da vereadora para Santa Maria.

Para mais informações  sobre a programação das manifestações populares em Santa Maria: https://www.facebook.com/BlocodeLutasSantaMaria