Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Ciclofaixas ganham espaço em Santa Maria

 Foto: Vitor Mirailh / Prefeitura
Foto: Vitor Mirailh . Prefeitur. Foto: Divulgação

 

No Dia Mundial Sem Carro, realizado nesta segunda-feira em todo país, novamente vem à tona um assunto que entrou de vez para o mapa das polêmicas nacionais, as ciclofaixas e ciclovias. Somente a cidade de São Paulo ganhou nos últimos nove meses 58,3 km delas, mantendo a meta da gestão do prefeito Fernando Haddad que pretende criar até o fim do ano 200 km das vias.

Em Santa Maria também se comenta o assunto, principalmente com a ciclofaixa da Avenida Medianeira que completou quatro meses de funcionamento na última quinta-feira. Em seus 2,6 quilômetros de extensão, entre as ruas Cândida Vargas e Serafim Valandro, os ciclistas têm autorização de transitar nos domingos e feriados, das 8h às 17h.

Em maio, quando foi inaugurada, dividiu as opiniões da população da cidade, gerando debates nas redes sociais. Criticada principalmente pelos motoristas, que defendem que as vias atrapalham o funcionamento do trânsito, ou também por moradores da avenida, como disse a aposentada Maria Bastos, de 60 anos: “Nos domingos temos que fazer uma volta muito grande para realizar o retorno, pois temos que descer até a rótula no final da avenida, complicando a vida para quem usa carro.”

Já o Auditor Fiscal Rafael Júnior, de 56 anos, tem uma opinião favorável:  “Acho uma ideia muito boa, incentiva o uso das bicicletas e não chega a atrapalhar o trânsito, pois é apenas nos domingos e feriados, dias que o movimento é menor.”

A ciclofaixa faz parte do Projeto “Pedale Legal”, elaborado por técnicos do Escritório da Cidade, em parceria com a Secretaria de Município de Controle e Mobilidade Urbana. A intenção é instalar as ciclofaixas em mais de 20 quilômetros de vias no total.

Atualmente a cidade conta com apenas alguns quilômetros de ciclovias, como na Avenida do Exército e na Avenida Hélvio Basso. Também serão criados 2,4 km na UFSM, ligando o arco da universidade até a reitoria.

Entenda a diferença de ciclovia e ciclofaixa:

Ciclovias: Espaço fixo, exclusivo para o deslocamento de ciclistas, disponível 24 horas por dia, com finalidade a utilização da bicicleta como meio de transporte diário.

Ciclofaixas: Espaço reservado e demarcado em vias públicas, reservados para o lazer em determinados dias e horários.

 

Por Daniel Pillar, para a disciplina de Jornalismo Online

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 Foto: Vitor Mirailh / Prefeitura
Foto: Vitor Mirailh . Prefeitur. Foto: Divulgação

 

No Dia Mundial Sem Carro, realizado nesta segunda-feira em todo país, novamente vem à tona um assunto que entrou de vez para o mapa das polêmicas nacionais, as ciclofaixas e ciclovias. Somente a cidade de São Paulo ganhou nos últimos nove meses 58,3 km delas, mantendo a meta da gestão do prefeito Fernando Haddad que pretende criar até o fim do ano 200 km das vias.

Em Santa Maria também se comenta o assunto, principalmente com a ciclofaixa da Avenida Medianeira que completou quatro meses de funcionamento na última quinta-feira. Em seus 2,6 quilômetros de extensão, entre as ruas Cândida Vargas e Serafim Valandro, os ciclistas têm autorização de transitar nos domingos e feriados, das 8h às 17h.

Em maio, quando foi inaugurada, dividiu as opiniões da população da cidade, gerando debates nas redes sociais. Criticada principalmente pelos motoristas, que defendem que as vias atrapalham o funcionamento do trânsito, ou também por moradores da avenida, como disse a aposentada Maria Bastos, de 60 anos: “Nos domingos temos que fazer uma volta muito grande para realizar o retorno, pois temos que descer até a rótula no final da avenida, complicando a vida para quem usa carro.”

Já o Auditor Fiscal Rafael Júnior, de 56 anos, tem uma opinião favorável:  “Acho uma ideia muito boa, incentiva o uso das bicicletas e não chega a atrapalhar o trânsito, pois é apenas nos domingos e feriados, dias que o movimento é menor.”

A ciclofaixa faz parte do Projeto “Pedale Legal”, elaborado por técnicos do Escritório da Cidade, em parceria com a Secretaria de Município de Controle e Mobilidade Urbana. A intenção é instalar as ciclofaixas em mais de 20 quilômetros de vias no total.

Atualmente a cidade conta com apenas alguns quilômetros de ciclovias, como na Avenida do Exército e na Avenida Hélvio Basso. Também serão criados 2,4 km na UFSM, ligando o arco da universidade até a reitoria.

Entenda a diferença de ciclovia e ciclofaixa:

Ciclovias: Espaço fixo, exclusivo para o deslocamento de ciclistas, disponível 24 horas por dia, com finalidade a utilização da bicicleta como meio de transporte diário.

Ciclofaixas: Espaço reservado e demarcado em vias públicas, reservados para o lazer em determinados dias e horários.

 

Por Daniel Pillar, para a disciplina de Jornalismo Online