Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Grupo de recicladoras da Nova Santa Marta ganham um “dia de beleza”

O direito ao embelezamento. Fotos: Mark Braustein
O direito ao embelezamento. Fotos: Mark Braustein

O Natal chegou mais cedo para um grupo de recicladoras da Arpes (Associação de Recicladores da Vila Pôr do Sol), do bairro Nova Santa Marta. No início da semana, elas foram levadas para um salão de beleza, onde arrumaram os cabelos e fizeram maquiagem. A ação surpresa faz parte do projeto “Educação popular em saúde por meio de práticas socialmente empreendedoras”, coordenado pela irmã Dirce Backes. A estudante de enfermagem Amanda Schneider Weissheimer, de 19 anos, é bolsista PIBIC/CNPq do projeto. Amanda conta que a enfermagem visa um cuidado extensivo das pessoas, assegurando a qualidade de vida: “é importante que elas se sintam bem para que haja uma melhor convivência no ambiente de trabalho, e isso se reflete na saúde delas”. As meninas do projeto “Adote uma família”, também da enfermagem, acompanharam a ação.

Projeto proporciona um dia de relaxamento.
Projeto proporciona um dia de relaxamento.

Para as recicladoras, o dia foi de relaxamento e descanso. Ana Nara Bencher, de 46 anos, divide um pouco da sua história de vida enquanto aguarda a maquiagem. De cabelo escovado e vestido novo, ela diz que tem oito filhos e cuida da mãe. “Esse é um dia pra gente. A família fica sempre em primeiro lugar, e a gente passa a ficar em segundo plano”. Gislaine Nunes dos Santos, de 31 anos, conta que o dia foi bem diferente do imaginado: “estou me sentindo outra pessoa!”.

Maquiagem
Projeto visa melhorar a autoestima.

Prisciéle da Silva, 21 anos, é a caçula do grupo. Ela explica que não tem o costume de ir ao salão de beleza e aprova o dia de embelezamento: “está sendo ótimo!”. Dona Éldia Teixeira, 60 anos, não imaginou que a surpresa seria assim. A recicladora conta que as meninas do projeto têm o hábito de fazer um “dia de princesa” na própria Nova Santa Marta, levando as maquiagens de casa e embelezando as meninas lá. Ela não esperava que, desta vez, elas seriam levadas para um salão de beleza.

A Irmã Dirce Backes conta que as roupas usadas pelas recicladoras no dia foram doadas pelas professoras do curso de Enfermagem. A ação ainda proporcionou um passeio pelo Royal Plaza Shopping, com direito a fondue de chocolate e frutas. “Nós conseguimos desde o salão para elas, para maquiagens e cabelos. Nós conseguimos a van que as trouxe. Nós conseguimos os vestidos e os calçados. E tenho certeza que é uma grande satisfação para todos nós”, conta a Irmã. Ana Nara resume o dia: “eu já era linda, agora, então…”, ri.

Por Luiza Oliveira.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O direito ao embelezamento. Fotos: Mark Braustein
O direito ao embelezamento. Fotos: Mark Braustein

O Natal chegou mais cedo para um grupo de recicladoras da Arpes (Associação de Recicladores da Vila Pôr do Sol), do bairro Nova Santa Marta. No início da semana, elas foram levadas para um salão de beleza, onde arrumaram os cabelos e fizeram maquiagem. A ação surpresa faz parte do projeto “Educação popular em saúde por meio de práticas socialmente empreendedoras”, coordenado pela irmã Dirce Backes. A estudante de enfermagem Amanda Schneider Weissheimer, de 19 anos, é bolsista PIBIC/CNPq do projeto. Amanda conta que a enfermagem visa um cuidado extensivo das pessoas, assegurando a qualidade de vida: “é importante que elas se sintam bem para que haja uma melhor convivência no ambiente de trabalho, e isso se reflete na saúde delas”. As meninas do projeto “Adote uma família”, também da enfermagem, acompanharam a ação.

Projeto proporciona um dia de relaxamento.
Projeto proporciona um dia de relaxamento.

Para as recicladoras, o dia foi de relaxamento e descanso. Ana Nara Bencher, de 46 anos, divide um pouco da sua história de vida enquanto aguarda a maquiagem. De cabelo escovado e vestido novo, ela diz que tem oito filhos e cuida da mãe. “Esse é um dia pra gente. A família fica sempre em primeiro lugar, e a gente passa a ficar em segundo plano”. Gislaine Nunes dos Santos, de 31 anos, conta que o dia foi bem diferente do imaginado: “estou me sentindo outra pessoa!”.

Maquiagem
Projeto visa melhorar a autoestima.

Prisciéle da Silva, 21 anos, é a caçula do grupo. Ela explica que não tem o costume de ir ao salão de beleza e aprova o dia de embelezamento: “está sendo ótimo!”. Dona Éldia Teixeira, 60 anos, não imaginou que a surpresa seria assim. A recicladora conta que as meninas do projeto têm o hábito de fazer um “dia de princesa” na própria Nova Santa Marta, levando as maquiagens de casa e embelezando as meninas lá. Ela não esperava que, desta vez, elas seriam levadas para um salão de beleza.

A Irmã Dirce Backes conta que as roupas usadas pelas recicladoras no dia foram doadas pelas professoras do curso de Enfermagem. A ação ainda proporcionou um passeio pelo Royal Plaza Shopping, com direito a fondue de chocolate e frutas. “Nós conseguimos desde o salão para elas, para maquiagens e cabelos. Nós conseguimos a van que as trouxe. Nós conseguimos os vestidos e os calçados. E tenho certeza que é uma grande satisfação para todos nós”, conta a Irmã. Ana Nara resume o dia: “eu já era linda, agora, então…”, ri.

Por Luiza Oliveira.