Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Lixeiras do centro da cidade em péssimo estado

A cidade de Santa Maria tem um fluxo intenso de pessoas diariamente pelas principais ruas e avenidas centrais. Papéis de balas, tocos de cigarros, garrafas plásticas e outros objetos indesejados, são vistos em qualquer lugar ao invés de serem depositados nas lixeiras. Somente na extensão do Calçadão Salvador Isaia existem 23 lixeiras distribuídas, com cinzeiros na parte superior. Já na rua Dr. Bozano, logo abaixo do Calçadão, existem 12 lixeiras espalhadas pelas calçadas. Nenhuma delas encontra-se em seu estado original, todas estão depredadas de alguma forma.

Segundo o Secretario do Meio Ambiente, Antônio Carlos de Lemos, o número de lixeiras colocadas por rua foi definida conforme a movimentação de pessoas de cada local, no ano de 2009. O secretario ainda afirma que é preciso a colaboração de todos, para manter a cidade em ordem. “O vandalismo é existente e constante em Santa Maria”, comenta.

As lixeiras são fundamentais para promover a limpeza da cidade. O jovem Lucas Moraes, que trabalha em um estabelecimento na rua Dr. Bozano, relata que sempre vai para a calçada para fumar e fica próximo a lixeira para utilizar o cinzeiro ali disponibilizado.“ Não jogo toco de cigarro no chão” afirma Lucas.

Lugar de toco de cigarro é no lixo. Foto: Eveline Grunspan

Lemos destaca a importância da conscientização da população em geral, principalmente partindo das crianças. “As crianças influenciam muito sues familiares e os que estão a sua volta.” conta. A Secretaria do Meio Ambiente promove visitações á escolas com o intuito conversar e esclarecer os pequenos sobre o tema.

O movimento “Adote uma Praça” faz parte das estratégias em busca de conscientizar a população a cuidar de suas praças. “É muito importante cuidar dessas áreas e tudo que nelas contém. E, assim, se tornar responsável por sua conservação”, conclui Lemos.

Informações para você adotar uma praça no site do movimento.

Por Eveline Grunspan

 Para disciplina de Jornalismo Online

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A cidade de Santa Maria tem um fluxo intenso de pessoas diariamente pelas principais ruas e avenidas centrais. Papéis de balas, tocos de cigarros, garrafas plásticas e outros objetos indesejados, são vistos em qualquer lugar ao invés de serem depositados nas lixeiras. Somente na extensão do Calçadão Salvador Isaia existem 23 lixeiras distribuídas, com cinzeiros na parte superior. Já na rua Dr. Bozano, logo abaixo do Calçadão, existem 12 lixeiras espalhadas pelas calçadas. Nenhuma delas encontra-se em seu estado original, todas estão depredadas de alguma forma.

Segundo o Secretario do Meio Ambiente, Antônio Carlos de Lemos, o número de lixeiras colocadas por rua foi definida conforme a movimentação de pessoas de cada local, no ano de 2009. O secretario ainda afirma que é preciso a colaboração de todos, para manter a cidade em ordem. “O vandalismo é existente e constante em Santa Maria”, comenta.

As lixeiras são fundamentais para promover a limpeza da cidade. O jovem Lucas Moraes, que trabalha em um estabelecimento na rua Dr. Bozano, relata que sempre vai para a calçada para fumar e fica próximo a lixeira para utilizar o cinzeiro ali disponibilizado.“ Não jogo toco de cigarro no chão” afirma Lucas.

Lugar de toco de cigarro é no lixo. Foto: Eveline Grunspan

Lemos destaca a importância da conscientização da população em geral, principalmente partindo das crianças. “As crianças influenciam muito sues familiares e os que estão a sua volta.” conta. A Secretaria do Meio Ambiente promove visitações á escolas com o intuito conversar e esclarecer os pequenos sobre o tema.

O movimento “Adote uma Praça” faz parte das estratégias em busca de conscientizar a população a cuidar de suas praças. “É muito importante cuidar dessas áreas e tudo que nelas contém. E, assim, se tornar responsável por sua conservação”, conclui Lemos.

Informações para você adotar uma praça no site do movimento.

Por Eveline Grunspan

 Para disciplina de Jornalismo Online