Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

RS é destaque no ranking brasileiro de notas do IDEB

GD_20140905182445upload_20140905175026coletiva050914gg050914_4
IDEB revela bons índices na educação gaúcha. Foto: Gustavo Gargioni

Na última sexta-feira(5) foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Foi confirmado a melhoria na educação das notas estaduais no Rio Grande do Sul. Também foram analisados dados das turmas do 1° ano ao 5° e do 6° ano ao 9°. O IDEB mostrou que as notas dos anos iniciais eram de 5,1, em 2011, para 5,5 em 2013 e dos anos finais, avançou de 3,8 para 3,9. No ensino médio foi de 3,8 para 3,9. Com essas notas, a categoria de ensino médio da rede estadual de educação passou de 10° lugar no ranking para o 2°, entre todas as redes brasileiras. Com a nota da Proficiência das matérias de português e matemática, os alunos garantiram o primeiro lugar com a nota 4,72. Nas séries iniciais o IDEB alcançou as notas que seriam para 2015 e nos anos finais ficaram em segundo lugar do país com a nota 5,07. Mostrou um melhoramento no ensino, incluindo pesquisas e teve mais aprovações. O IDEB foi criado pelo Ministério da Educação para o desenvolvimento dos alunos a cada dois anos. As provas são realizadas por alunos do 1° ano ao 5° (séries iniciais), e até o 9° ano. As provas do ensino médio são feitas por amostragens e por escolha aleatória do IDEP. Fonte: Assessoria de comunicação da 8ª CRE

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GD_20140905182445upload_20140905175026coletiva050914gg050914_4
IDEB revela bons índices na educação gaúcha. Foto: Gustavo Gargioni

Na última sexta-feira(5) foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Foi confirmado a melhoria na educação das notas estaduais no Rio Grande do Sul. Também foram analisados dados das turmas do 1° ano ao 5° e do 6° ano ao 9°. O IDEB mostrou que as notas dos anos iniciais eram de 5,1, em 2011, para 5,5 em 2013 e dos anos finais, avançou de 3,8 para 3,9. No ensino médio foi de 3,8 para 3,9. Com essas notas, a categoria de ensino médio da rede estadual de educação passou de 10° lugar no ranking para o 2°, entre todas as redes brasileiras. Com a nota da Proficiência das matérias de português e matemática, os alunos garantiram o primeiro lugar com a nota 4,72. Nas séries iniciais o IDEB alcançou as notas que seriam para 2015 e nos anos finais ficaram em segundo lugar do país com a nota 5,07. Mostrou um melhoramento no ensino, incluindo pesquisas e teve mais aprovações. O IDEB foi criado pelo Ministério da Educação para o desenvolvimento dos alunos a cada dois anos. As provas são realizadas por alunos do 1° ano ao 5° (séries iniciais), e até o 9° ano. As provas do ensino médio são feitas por amostragens e por escolha aleatória do IDEP. Fonte: Assessoria de comunicação da 8ª CRE