Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Santa Maria no cenário da dança nacional

Além de muitas apresentações de dança, o Fórum traz sessões de debates para os dançarinos. Foto: Divulgação.
Além de muitas apresentações de dança, o Fórum traz sessões de debates para os dançarinos. Foto: Divulgação.

De 17 a 21 de setembro aconteceu a 20ª edição do Santa Maria em Dança, no Ginásio Poliesportivo do Clube Recreativo Dores. A competição, criada há 20 anos, tem como principal objetivo reunir jovens de todas as idades em uma competição de dança que dura cinco noites. As quatro primeiras noites são divididas por categorias – terceira idade, estudantes, universitário e gospel, além das 10 modalidades de dança -, sendo a última a noite de gala. Os ganhadores de cada categoria se apresentam novamente nesta oportunidade. Além do concurso, o evento possui fóruns para debate que são um diferencial do evento santa-mariense no Brasil.

O  objetivo é criar um espaço de discussão e reflexão que possibilite a integração do festival como um instrumento a contribuir na atuação técnica e pedagógica de cada participante. A ideia teve um boa repercussão, tanto que alguns eventos nacionais também implantaram os fóruns de dança em suas competições.

O organizador principal do evento, Paulo “PX” Xavier participou no desenvolvimento das vinte edições do evento e afirma que a competição trouxe um outro olhar para Santa Maria, que por ser uma cidade de estudantes deveria ter implantado esse evento ainda mais cedo. Sobre o aumento no número de participantes e do público nesta edição, Paulo foi enfático:“Todo ano somos cada vez mais surpreendidos pelo povo santa-mariense, esse evento vem crescendo muito e nós da organização trabalhamos bastante para que dê tudo certo.

O “Santa Maria em Dança”  proporcionou muita alegria para os cidadãos que são ligados no mundo da dança, muitos grupos daqui já foram competir fora do estado e tiveram resultados excelentes nessas competições, assim como alguns grupos de fora vem competir aqui também.”

A noite mais prestigiada do evento foi a noite de abertura. Contou com aproximadamente 2.000 ingressos vendidos e a arquibancada estava muito animada à espera dos dançarinos. O líder do grupo de danças urbanas Consequência do Som, Jean Mendes, afirma que o grupo fez sua quarta participação no evento deste ano e que o grupo cresceu dentro do Santa Maria em Dança.

“No primeiro ano que competimos, o grupo tinha apenas 5 integrantes, no ano seguinte o grupo triplicou de tamanho, tínhamos 18 componentes e nesse ano temos 58 integrantes, é incrível como o grupo todo evoluiu de tamanho e de qualidade técnica também”, comenta Jean.

O grupo participou ano passado de uma competição de dança em São Paulo, onde somente três representantes de cada estado participam da competição. O Consequência do Som acabou em 7º lugar em uma lista de mais de 60 grupos de dança. A companhia de dança já conta com mais de 40 prêmios ganhos em sua curta trajetória de existência. Na 20º edição do Santa Maria em Dança o grupo sagrou-se campeão em 8 categorias, dentre eles: Melhor Grupo Adulto, Bailarino Destaque: Jean Mendes e Campeão Geral da Competição. Alguns integrantes do grupo são professores de dança em algumas escolas, como por exemplo Maria Rocha, Edson Figueiredo e Cilon Rosa, e trouxeram o trabalho das escolas para a competição.

O grupo de dança da escola Edson Figueiredo, comandado por César Larréa, levou o primeiro lugar da categoria Ensino Fundamental 3. Já os grupos do Cilon Rosa e Maria Rocha ficaram em 3º e 5º lugar, respectivamente, na categoria Ensino Médio. A competição também premia a melhor torcida organizada, neste ano a Escola Edson Figueiredo recebeu o prêmio.

A 20ª edição do Santa Maria em Dança contou com a apresentação de mais de 70 coreografias, 2.500 bailarinos e entregou cerca de R$20 mil em prêmios para os vencedores de cada categoria. Quanto ao público, a competição contou com a presença de 5.000 pessoas entre todas as noites.

Por Matheus Ferreira de Souza, para a disciplina de Jornalismo Online. 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Além de muitas apresentações de dança, o Fórum traz sessões de debates para os dançarinos. Foto: Divulgação.
Além de muitas apresentações de dança, o Fórum traz sessões de debates para os dançarinos. Foto: Divulgação.

De 17 a 21 de setembro aconteceu a 20ª edição do Santa Maria em Dança, no Ginásio Poliesportivo do Clube Recreativo Dores. A competição, criada há 20 anos, tem como principal objetivo reunir jovens de todas as idades em uma competição de dança que dura cinco noites. As quatro primeiras noites são divididas por categorias – terceira idade, estudantes, universitário e gospel, além das 10 modalidades de dança -, sendo a última a noite de gala. Os ganhadores de cada categoria se apresentam novamente nesta oportunidade. Além do concurso, o evento possui fóruns para debate que são um diferencial do evento santa-mariense no Brasil.

O  objetivo é criar um espaço de discussão e reflexão que possibilite a integração do festival como um instrumento a contribuir na atuação técnica e pedagógica de cada participante. A ideia teve um boa repercussão, tanto que alguns eventos nacionais também implantaram os fóruns de dança em suas competições.

O organizador principal do evento, Paulo “PX” Xavier participou no desenvolvimento das vinte edições do evento e afirma que a competição trouxe um outro olhar para Santa Maria, que por ser uma cidade de estudantes deveria ter implantado esse evento ainda mais cedo. Sobre o aumento no número de participantes e do público nesta edição, Paulo foi enfático:“Todo ano somos cada vez mais surpreendidos pelo povo santa-mariense, esse evento vem crescendo muito e nós da organização trabalhamos bastante para que dê tudo certo.

O “Santa Maria em Dança”  proporcionou muita alegria para os cidadãos que são ligados no mundo da dança, muitos grupos daqui já foram competir fora do estado e tiveram resultados excelentes nessas competições, assim como alguns grupos de fora vem competir aqui também.”

A noite mais prestigiada do evento foi a noite de abertura. Contou com aproximadamente 2.000 ingressos vendidos e a arquibancada estava muito animada à espera dos dançarinos. O líder do grupo de danças urbanas Consequência do Som, Jean Mendes, afirma que o grupo fez sua quarta participação no evento deste ano e que o grupo cresceu dentro do Santa Maria em Dança.

“No primeiro ano que competimos, o grupo tinha apenas 5 integrantes, no ano seguinte o grupo triplicou de tamanho, tínhamos 18 componentes e nesse ano temos 58 integrantes, é incrível como o grupo todo evoluiu de tamanho e de qualidade técnica também”, comenta Jean.

O grupo participou ano passado de uma competição de dança em São Paulo, onde somente três representantes de cada estado participam da competição. O Consequência do Som acabou em 7º lugar em uma lista de mais de 60 grupos de dança. A companhia de dança já conta com mais de 40 prêmios ganhos em sua curta trajetória de existência. Na 20º edição do Santa Maria em Dança o grupo sagrou-se campeão em 8 categorias, dentre eles: Melhor Grupo Adulto, Bailarino Destaque: Jean Mendes e Campeão Geral da Competição. Alguns integrantes do grupo são professores de dança em algumas escolas, como por exemplo Maria Rocha, Edson Figueiredo e Cilon Rosa, e trouxeram o trabalho das escolas para a competição.

O grupo de dança da escola Edson Figueiredo, comandado por César Larréa, levou o primeiro lugar da categoria Ensino Fundamental 3. Já os grupos do Cilon Rosa e Maria Rocha ficaram em 3º e 5º lugar, respectivamente, na categoria Ensino Médio. A competição também premia a melhor torcida organizada, neste ano a Escola Edson Figueiredo recebeu o prêmio.

A 20ª edição do Santa Maria em Dança contou com a apresentação de mais de 70 coreografias, 2.500 bailarinos e entregou cerca de R$20 mil em prêmios para os vencedores de cada categoria. Quanto ao público, a competição contou com a presença de 5.000 pessoas entre todas as noites.

Por Matheus Ferreira de Souza, para a disciplina de Jornalismo Online.