Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Recomendação Cultural: ‘Livro livre – A jornada de uma mulher em busca do recomeço’

O livro que deu origem ao filme “Livre” é a nossa recomendação cultural de hoje. A obra conta a história de uma mulher que passa por uma grande perda e, após a separação de seu marido, resolve sair sozinha para viajar, caminhar e conhecer novos ares. Porém, sua caminhada sozinha e longa começou quando ela descobre que sua mãe está doente, quando ela passa pelo divórcio. Cheryl, a protagonista (e autora) do livro conta que sua busca e recomeço teve vários inícios: primeiro no impulso de querer viajar, depois a reflexão sobre realizar a viagem mesmo, e, após decidir, a preparação e a compra para a longa caminhada.

(Foto: arquivo pessoal)
Victor Thiago diz que ‘Livre’ provocou reflexões para lidar com problemas (Foto: arquivo pessoal)

“É uma história real sobre a experiência de vida dela. Não é uma biografia. Ela conta como superou os desafios de sua caminhada. Para quem gostar de aventura e emoção, é um livro muito bom. Por isso, o indico”, comenta Victor Thiago, estudante de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Franciscano,  sobre como o livro chamou sua atenção e trouxe reflexões de como lidamos com os tombos da vida.

(Imagem: divulgação)
Livre traz história de sobrevivência e redenção (Imagem: divulgação)

Sinopse: Aos 22 anos, Cheryl Strayed achou que tivesse perdido tudo. Após a repentina morte da mãe, a família se distanciou e seu casamento desmoronou. Quatro anos depois, aos 26 anos, sem nada a perder, tomou a decisão mais impulsiva da vida: caminhar 1.770 quilômetros da Pacific Crest Trail (PCT) – trilha que atravessa a costa oeste dos Estados Unidos, do deserto de Mojave, através da Califórnia e do Oregon, em direção ao estado de Washington – sem qualquer companhia. Cheryl não tinha experiência em caminhadas de longa distância e a trilha era bem mais que uma linha num mapa. Em sua caminhada solitária, ela se deparou com ursos, cascavéis e pumas ferozes e sofreu todo tipo de privação. Em Livre, a autora conta como enfrentou, além da exaustão, do frio, do calor, da monotonia, da dor, da sede e da fome, outros fantasmas que a assombravam. “Todo processo de transformação pessoal depende de entrega e aceitação”, afirma. Seu relato captura a agonia, tanto física quanto mental, de sua incrível jornada; como a enlouqueceu e a assustou e como, principalmente, a fortaleceu. O livro traz uma história de sobrevivência e redenção: um retrato pungente do que a vida tem de pior e, acima de tudo, de melhor.
Preço de capa: 25,20

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O livro que deu origem ao filme “Livre” é a nossa recomendação cultural de hoje. A obra conta a história de uma mulher que passa por uma grande perda e, após a separação de seu marido, resolve sair sozinha para viajar, caminhar e conhecer novos ares. Porém, sua caminhada sozinha e longa começou quando ela descobre que sua mãe está doente, quando ela passa pelo divórcio. Cheryl, a protagonista (e autora) do livro conta que sua busca e recomeço teve vários inícios: primeiro no impulso de querer viajar, depois a reflexão sobre realizar a viagem mesmo, e, após decidir, a preparação e a compra para a longa caminhada.

(Foto: arquivo pessoal)
Victor Thiago diz que ‘Livre’ provocou reflexões para lidar com problemas (Foto: arquivo pessoal)

“É uma história real sobre a experiência de vida dela. Não é uma biografia. Ela conta como superou os desafios de sua caminhada. Para quem gostar de aventura e emoção, é um livro muito bom. Por isso, o indico”, comenta Victor Thiago, estudante de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Franciscano,  sobre como o livro chamou sua atenção e trouxe reflexões de como lidamos com os tombos da vida.

(Imagem: divulgação)
Livre traz história de sobrevivência e redenção (Imagem: divulgação)

Sinopse: Aos 22 anos, Cheryl Strayed achou que tivesse perdido tudo. Após a repentina morte da mãe, a família se distanciou e seu casamento desmoronou. Quatro anos depois, aos 26 anos, sem nada a perder, tomou a decisão mais impulsiva da vida: caminhar 1.770 quilômetros da Pacific Crest Trail (PCT) – trilha que atravessa a costa oeste dos Estados Unidos, do deserto de Mojave, através da Califórnia e do Oregon, em direção ao estado de Washington – sem qualquer companhia. Cheryl não tinha experiência em caminhadas de longa distância e a trilha era bem mais que uma linha num mapa. Em sua caminhada solitária, ela se deparou com ursos, cascavéis e pumas ferozes e sofreu todo tipo de privação. Em Livre, a autora conta como enfrentou, além da exaustão, do frio, do calor, da monotonia, da dor, da sede e da fome, outros fantasmas que a assombravam. “Todo processo de transformação pessoal depende de entrega e aceitação”, afirma. Seu relato captura a agonia, tanto física quanto mental, de sua incrível jornada; como a enlouqueceu e a assustou e como, principalmente, a fortaleceu. O livro traz uma história de sobrevivência e redenção: um retrato pungente do que a vida tem de pior e, acima de tudo, de melhor.
Preço de capa: 25,20