Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Recomendação Cultural: “Questão de Tempo”

Júlia adora filmes de romances (Foto: arquivo pessoal)
Júlia adora histórias de amor (Foto: Arquivo pessoal)

Depois de três recomendações literárias das últimas semanas, hoje temos um filme romântico e reflexivo, para quem curte emoção e possíveis segundas chances na vida.
“Questão de tempo” é uma comédia romântica, linda e deliciosamente fictícia, pois as pessoas podem voltar no tempo e consertar certos momentos que estão no passado. Os homens de uma determinada família podem fazer uma viagem ao passado, e um deles escolhe voltar para encontrar o seu verdadeiro amor.

“É uma história sobre amor. Mistura muitas coisas. No final tem uma mensagem indispensável: aproveitar cada dia como se fosse o último!”, é o que encantou Júlia Luísa Fagundes. A estudante de Design do Centro Universitário Franciscano já viu o filme várias vezes e o considera como o seu preferido.

Imagem: divulgação
Imagem: Reprodução

Sinopse: Ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Ou seja, todos os homens da família conseguem viajar para o passado, bastando apenas ir para um local escuro e pensar na época e no local para onde deseja ir. Cético a princípio, Tim logo se empolga com o dom ao ver que seu pai não está mentindo. Sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada, mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas.
Direção: Richard Curtis

LEIA TAMBÉM

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Júlia adora filmes de romances (Foto: arquivo pessoal)
Júlia adora histórias de amor (Foto: Arquivo pessoal)

Depois de três recomendações literárias das últimas semanas, hoje temos um filme romântico e reflexivo, para quem curte emoção e possíveis segundas chances na vida.
“Questão de tempo” é uma comédia romântica, linda e deliciosamente fictícia, pois as pessoas podem voltar no tempo e consertar certos momentos que estão no passado. Os homens de uma determinada família podem fazer uma viagem ao passado, e um deles escolhe voltar para encontrar o seu verdadeiro amor.

“É uma história sobre amor. Mistura muitas coisas. No final tem uma mensagem indispensável: aproveitar cada dia como se fosse o último!”, é o que encantou Júlia Luísa Fagundes. A estudante de Design do Centro Universitário Franciscano já viu o filme várias vezes e o considera como o seu preferido.

Imagem: divulgação
Imagem: Reprodução

Sinopse: Ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Ou seja, todos os homens da família conseguem viajar para o passado, bastando apenas ir para um local escuro e pensar na época e no local para onde deseja ir. Cético a princípio, Tim logo se empolga com o dom ao ver que seu pai não está mentindo. Sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada, mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas.
Direção: Richard Curtis