Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Tiroteio na Praça Saturnino de Brito assusta calouros

Na madrugada desta quarta-feira, 04 de março, na Praça Saturnino de Brito, um rapaz de 15 anos foi baleado com dois tiros que atingiram um de seus braços e no tórax. Uma jovem que também estava no local foi baleada de raspão no pescoço.

Os tiroteios começaram por volta da uma da manhã. Segundo as testemunhas que estavam no local, foram um total de oito tiros. O estudante André Luiz Pires relatou que a Praça estava lotada no momento do incidente. Pires escutou um disparo e olhou para trás, quando avistou um cara de preto e boné aba reta atirando. Antes de sair do local, o estudante ouviu mais três tiros.

“Até então ainda não pensei sobre isso”, disse André Luiz, sobre a possibilidade de retornar à Praça Saturnino de Brito.  Ele espera mais segurança no centro da cidade. “Uma sociedade ciente e autoridades competentes devem unir esforços para garantir a segurança de quem está se divertindo”, finalizou Pires.

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) está apurando o caso.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Na madrugada desta quarta-feira, 04 de março, na Praça Saturnino de Brito, um rapaz de 15 anos foi baleado com dois tiros que atingiram um de seus braços e no tórax. Uma jovem que também estava no local foi baleada de raspão no pescoço.

Os tiroteios começaram por volta da uma da manhã. Segundo as testemunhas que estavam no local, foram um total de oito tiros. O estudante André Luiz Pires relatou que a Praça estava lotada no momento do incidente. Pires escutou um disparo e olhou para trás, quando avistou um cara de preto e boné aba reta atirando. Antes de sair do local, o estudante ouviu mais três tiros.

“Até então ainda não pensei sobre isso”, disse André Luiz, sobre a possibilidade de retornar à Praça Saturnino de Brito.  Ele espera mais segurança no centro da cidade. “Uma sociedade ciente e autoridades competentes devem unir esforços para garantir a segurança de quem está se divertindo”, finalizou Pires.

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) está apurando o caso.