Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Primeiro dia de apresentação de trabalhos no SIC

Desde às 14h, no hall do prédio 15 do Centro Universitário Franciscano, ocorrem as apresentações dos trabalhos e pesquisas no 6º Salão de Iniciação Científica (SIC).  Conforme Matheus Camargo, integrante da organização da atividade, são 88 trabalhos divididos em quatro grandes áreas: Ciências Humanas, Ciências Sociais, Ciências Tecnológicas e Ciências  da Saúde. Destes  trabalhos, apenas dois não foram apresentados, pois os alunos envolvidos na pesquisa estão viajando.

DSC_0022
Letícia Nascimento da Rosa. Foto: Vanessa Alves / Laboratório de Fotografia e Memória.

Ao longo dos dois dias  de SIC, os trabalhos também são avaliados por uma banca, definida pela Pró-Reitoria da instituição. Um dos trabalhos avaliados no dia de hoje foi de Letícia Nascimento da Rosa, 19 anos, estudante do quinto semestre do curso de Farmácia. Com o projeto”Quimiotaxonomia vegetal com possibilidade interdisciplinar no ensino médio”, a estudante visa o objetivo de elaborar uma sequência didática das características químicas e morfológicas na área da botânica no ensino médio. ” É necessária a inserção desta temática no ensino”, afirma a acadêmica que pretende seguir com o projeto, que depende da aprovação do comitê de ética para ser aplicado.

DSC_0038
Natália Venturini Zuliani .Foto: Vanessa Alves / Laboratório de Fotografia e Memória.

Com a pesquisa “Jornalista que formamos: uma tentativa de perfil” –  da área de Ciências Sociais- a estudante Natália Venturini Zuliani, 20 anos, apresentou uma analise sobre o perfil dos alunos egressos do curso de Jornalismo.  A pesquisa que se iniciou no ano de 2014 e que, segundo a acadêmica, deve ser finalizado até junho deste ano, reuniu informações de 118 alunos formados na Unifra – entre os anos de 2006 e 2012 – para montar um perfil  destes graduados. “Recebi o convite para seguir com a pesquisa em janeiro deste ano”, conta Natália sobre seu ingresso na pesquisa.

DSC_0067
Laís Machado Luz. Foto: Vanessa Alves / Laboratório de Fotografia e Memória.

A estudante do terceiro semestre do curso de História, Laís Machado Luz, 20 anos, apresenta no SIC “Imagens que falam: memória e informatização do acervo iconográfico do Museu Histórico e Cultural das Irmãs Franciscanas (MHIF)”.  No projeto deste dezembro de 2015, Laís afirma que já foram contabilizadas 3.354 imagens . A ideia do projeto é criar um acervo digital, para que pesquisadores e comunidade santa-mariense em geral possam ter acesso as fotos. “As imagens não retratam apenas as histórias da irmãs, mas a história da cidade também”, declara a aluna. Iniciado em 2012, o projeto visa catalogar, conservar e analisar as fotografias, das quais algumas já estão expostas no MHIF. Outra ideia dos estudantes é também entrevistar as irmãs franciscanas para descobrir as histórias por trás das imagens registradas.

DSC_0075
Jairo Henrique Wiethan. Foto: Vanessa Alves / Laboratório de Fotografia e Memória.

Da área de Ciências Tecnológicas, o estudante do curso de Ciências da Computação, Jairo Henrique Wiethan, expõe o projeto “Domótica com controle de voz e reconhecimento biométrico utilizando Arduino e Android”. Wiethan, de 18 anos, recebeu o convite para participar em março deste ano, e explica que o projeto iniciado em 2015, ainda está em processo de finalização. A programação que é aplica por meio de um protótipo conta com mais um acadêmico. Nesta quinta-feira, o SIC conta com o painel “Perspectivas de empreendedorismo e inovação” – das 9h às 10h – e as apresentações no hall do prédio 15 do conjunto 3, das 14h às 18h.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Desde às 14h, no hall do prédio 15 do Centro Universitário Franciscano, ocorrem as apresentações dos trabalhos e pesquisas no 6º Salão de Iniciação Científica (SIC).  Conforme Matheus Camargo, integrante da organização da atividade, são 88 trabalhos divididos em quatro grandes áreas: Ciências Humanas, Ciências Sociais, Ciências Tecnológicas e Ciências  da Saúde. Destes  trabalhos, apenas dois não foram apresentados, pois os alunos envolvidos na pesquisa estão viajando.

DSC_0022
Letícia Nascimento da Rosa. Foto: Vanessa Alves / Laboratório de Fotografia e Memória.

Ao longo dos dois dias  de SIC, os trabalhos também são avaliados por uma banca, definida pela Pró-Reitoria da instituição. Um dos trabalhos avaliados no dia de hoje foi de Letícia Nascimento da Rosa, 19 anos, estudante do quinto semestre do curso de Farmácia. Com o projeto”Quimiotaxonomia vegetal com possibilidade interdisciplinar no ensino médio”, a estudante visa o objetivo de elaborar uma sequência didática das características químicas e morfológicas na área da botânica no ensino médio. ” É necessária a inserção desta temática no ensino”, afirma a acadêmica que pretende seguir com o projeto, que depende da aprovação do comitê de ética para ser aplicado.

DSC_0038
Natália Venturini Zuliani .Foto: Vanessa Alves / Laboratório de Fotografia e Memória.

Com a pesquisa “Jornalista que formamos: uma tentativa de perfil” –  da área de Ciências Sociais- a estudante Natália Venturini Zuliani, 20 anos, apresentou uma analise sobre o perfil dos alunos egressos do curso de Jornalismo.  A pesquisa que se iniciou no ano de 2014 e que, segundo a acadêmica, deve ser finalizado até junho deste ano, reuniu informações de 118 alunos formados na Unifra – entre os anos de 2006 e 2012 – para montar um perfil  destes graduados. “Recebi o convite para seguir com a pesquisa em janeiro deste ano”, conta Natália sobre seu ingresso na pesquisa.

DSC_0067
Laís Machado Luz. Foto: Vanessa Alves / Laboratório de Fotografia e Memória.

A estudante do terceiro semestre do curso de História, Laís Machado Luz, 20 anos, apresenta no SIC “Imagens que falam: memória e informatização do acervo iconográfico do Museu Histórico e Cultural das Irmãs Franciscanas (MHIF)”.  No projeto deste dezembro de 2015, Laís afirma que já foram contabilizadas 3.354 imagens . A ideia do projeto é criar um acervo digital, para que pesquisadores e comunidade santa-mariense em geral possam ter acesso as fotos. “As imagens não retratam apenas as histórias da irmãs, mas a história da cidade também”, declara a aluna. Iniciado em 2012, o projeto visa catalogar, conservar e analisar as fotografias, das quais algumas já estão expostas no MHIF. Outra ideia dos estudantes é também entrevistar as irmãs franciscanas para descobrir as histórias por trás das imagens registradas.

DSC_0075
Jairo Henrique Wiethan. Foto: Vanessa Alves / Laboratório de Fotografia e Memória.

Da área de Ciências Tecnológicas, o estudante do curso de Ciências da Computação, Jairo Henrique Wiethan, expõe o projeto “Domótica com controle de voz e reconhecimento biométrico utilizando Arduino e Android”. Wiethan, de 18 anos, recebeu o convite para participar em março deste ano, e explica que o projeto iniciado em 2015, ainda está em processo de finalização. A programação que é aplica por meio de um protótipo conta com mais um acadêmico. Nesta quinta-feira, o SIC conta com o painel “Perspectivas de empreendedorismo e inovação” – das 9h às 10h – e as apresentações no hall do prédio 15 do conjunto 3, das 14h às 18h.