Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

S.A.D traz inovação ao cinema santa-mariense

O diretor admira muito o trabalho da atriz, Sofia, e os dois criaram uma ótima amizade. (foto: Maria Luísa Viana/Laboratório de Fotografia e Memória)
O diretor admira muito o trabalho da atriz, Sofia, e os dois criaram uma ótima amizade. (foto: Maria Luísa Viana/Laboratório de Fotografia e Memória)

Uma proposta inovadora para o cinema independente de Santa Maria, o filme S.A.D. se propõe a trazer temáticas diferentes daquelas realizadas pelas produções locais.  A ficção científica foi a temática escolhida pelo publicitário Mário Finard, dono da Pastel Store, para o média-metragem que conta a estória de uma astronauta que ao retornar de uma viagem, encontra a cidade deserta. “É um sonho de Laura (astronauta) viajar para o espaço e quando retorna à Santa Maria, encontra a cidade deserta. Ela parte em busca de um motivo para tudo que aconteceu com sua cidade, o que aconteceu com sua família e amigos. Escolhi a personagem feminina porque gosto muito de explorar a representação” , afirma Finard.

Para o diretor que gosta de retratar e escrever sobre solidão, a ideia para o filme seria  registrar alguém que está no espaço, ou em mar aberto. ” Ambientes isolados despertam a curiosidade sobre o que nós faríamos se estivéssemos sozinhos e, de repente, tudo desaparecesse. Fatos que nos fazem questionar porque não agimos de tal maneira em tal hora, sobre um segundo que muda tudo o que temos”, reflete ele.

O elenco do filme conta com quatro atores, dois adultos e duas crianças. Gabriele Schillo, interpreta o papel da astronauta adulta, André Galarça, seu marido, enquanto Sofia Emanuelli Hardt faz a astronauta criança, e Ana Clara Guerra Silveira, como a filha da protagonista.

O filme é independente e começou a ser produzido em 2014, com gravações esporádicas. A Pastel Store está produzindo o média-metragem com recursos próprios e no tempo disponível da equipe. “Fazer cinema é questão de ter empenho, é preciso ter qualidade técnica, roteiro, equipamentos, boas ideias e vontade”, diz, salientando que o filme terá fundos longos, sensíveis e delicados, como um convite para as pessoas assistirem e adentrarem na história. A trilha sonora será composta com músicos de Santa Maria.  “É muito mais complexo trabalhar em um média-metragem. Tive muita sorte de encontrar a Sofia (atriz) para interpretar a protagonista criança, conversei com a mãe dela, Gisela Emanuelli, que mora em Brasília, para montarmos um cronograma de filmagem”, explica Finard.

14438823_1164348300293349_460437621_o
Making-of (foto: Pastel Store)

Sofia conta que aprende muito trabalhando no filme. Ela já é modelo, mas diz que interpretar no longa a faz querer ser atriz e se dedicar mais. O diretor fala que a menina é muito dedicada, ela mesma nota suas falhas e grava as cenas novamente.

Os filmes de Finard são focados em destacar a cidade, S.A.D. também atenta para isso, para mostrar os potenciais de Santa Maria, que são poucos explorados, segundo o roteirista. “Temos cursos de teatro, ótimos atores, e quero explorar isso, fugir das temáticas quadradas, quero fazer um filme que traga curiosidade. Quero a pessoa pense ‘nossa um filme de ficção científica na cidade, preciso ver’, mesmo que seja para criticar”, ressalta.

O lançamento do filme ainda não tem previsão, no final do ano será lançado um teaser com a data de lançamento oficial. Na página da produtora é possível ver um pouco da produção e bastidores. O diretor pretende lançar o filme em um evento aberto, em uma sessão no local público.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O diretor admira muito o trabalho da atriz, Sofia, e os dois criaram uma ótima amizade. (foto: Maria Luísa Viana/Laboratório de Fotografia e Memória)
O diretor admira muito o trabalho da atriz, Sofia, e os dois criaram uma ótima amizade. (foto: Maria Luísa Viana/Laboratório de Fotografia e Memória)

Uma proposta inovadora para o cinema independente de Santa Maria, o filme S.A.D. se propõe a trazer temáticas diferentes daquelas realizadas pelas produções locais.  A ficção científica foi a temática escolhida pelo publicitário Mário Finard, dono da Pastel Store, para o média-metragem que conta a estória de uma astronauta que ao retornar de uma viagem, encontra a cidade deserta. “É um sonho de Laura (astronauta) viajar para o espaço e quando retorna à Santa Maria, encontra a cidade deserta. Ela parte em busca de um motivo para tudo que aconteceu com sua cidade, o que aconteceu com sua família e amigos. Escolhi a personagem feminina porque gosto muito de explorar a representação” , afirma Finard.

Para o diretor que gosta de retratar e escrever sobre solidão, a ideia para o filme seria  registrar alguém que está no espaço, ou em mar aberto. ” Ambientes isolados despertam a curiosidade sobre o que nós faríamos se estivéssemos sozinhos e, de repente, tudo desaparecesse. Fatos que nos fazem questionar porque não agimos de tal maneira em tal hora, sobre um segundo que muda tudo o que temos”, reflete ele.

O elenco do filme conta com quatro atores, dois adultos e duas crianças. Gabriele Schillo, interpreta o papel da astronauta adulta, André Galarça, seu marido, enquanto Sofia Emanuelli Hardt faz a astronauta criança, e Ana Clara Guerra Silveira, como a filha da protagonista.

O filme é independente e começou a ser produzido em 2014, com gravações esporádicas. A Pastel Store está produzindo o média-metragem com recursos próprios e no tempo disponível da equipe. “Fazer cinema é questão de ter empenho, é preciso ter qualidade técnica, roteiro, equipamentos, boas ideias e vontade”, diz, salientando que o filme terá fundos longos, sensíveis e delicados, como um convite para as pessoas assistirem e adentrarem na história. A trilha sonora será composta com músicos de Santa Maria.  “É muito mais complexo trabalhar em um média-metragem. Tive muita sorte de encontrar a Sofia (atriz) para interpretar a protagonista criança, conversei com a mãe dela, Gisela Emanuelli, que mora em Brasília, para montarmos um cronograma de filmagem”, explica Finard.

14438823_1164348300293349_460437621_o
Making-of (foto: Pastel Store)

Sofia conta que aprende muito trabalhando no filme. Ela já é modelo, mas diz que interpretar no longa a faz querer ser atriz e se dedicar mais. O diretor fala que a menina é muito dedicada, ela mesma nota suas falhas e grava as cenas novamente.

Os filmes de Finard são focados em destacar a cidade, S.A.D. também atenta para isso, para mostrar os potenciais de Santa Maria, que são poucos explorados, segundo o roteirista. “Temos cursos de teatro, ótimos atores, e quero explorar isso, fugir das temáticas quadradas, quero fazer um filme que traga curiosidade. Quero a pessoa pense ‘nossa um filme de ficção científica na cidade, preciso ver’, mesmo que seja para criticar”, ressalta.

O lançamento do filme ainda não tem previsão, no final do ano será lançado um teaser com a data de lançamento oficial. Na página da produtora é possível ver um pouco da produção e bastidores. O diretor pretende lançar o filme em um evento aberto, em uma sessão no local público.