Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Trocando olhares com Santa Maria

Imagem: divulgação/Projeto Olha pra Mim
Imagem: divulgação/Projeto Olha pra Mim

Com sorrisos e olhares amorosos, o pernambucano Thiago Santos veio à Santa Maria mostrar e enriquecer o projeto fotográfico “Olha pra Mim”. Thiago e seu companheiro, Cristiano Collyer, que trabalha com a assessoria do projeto, foram trazidos pelos alunos de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Franciscano.

Hoje, 01, eles dialogam sobre o Olha pra mim, no Centro Universitário, prédio 14, no Estúdio de Televisão Unifra. O projeto iniciou há dois anos, com uma brincadeira, quando Thiago pediu para uma amiga olhar para ele, pois queria registrar os olhos e as sardas da menina. Ela respondeu de maneira espantada pela forma que ele pediu atenção ao olhar. “Eu fui falando ‘olha pra mim’ para minhas amigas. Elas riram, se emocionavam, e percebi que as pessoas precisavam de atenção, de alguém que realmente olhasse para elas”, conta. Thiago foi postando as fotos em seu Instagram, e notou que as fotos ficavam lindas se dispostas esteticamente. Em Recife, ele fotografou amigos, família, como hobbie e com postagens em seu perfil pessoal. Thiago trabalha como freelancer de moda há 4 anos, e começou a se dedicar ao projeto quando se mudou para São Paulo, onde conheceu seu namorado, Cristiano. “Quero sensibilizar as pessoas, quero tirar um morador de rua de uma situação desumana, nem que seja registrando e mostrando seu olhar para o mundo”, explica o fotógrafo. Esse é o primeiro trabalho autoral de Thiago.
“Eu faço a parte mais ‘chata’ para o Thiago, respondo emails, mensagens, para agradecer e manter contato com quem se importou com o projeto, quem doou seu olhar pra gente”, relata Cristiano. Eles criaram  um perfil no Instagram próprio do trabalho. “Ele precisa criar, ir para a rua fotografar. As pessoas me diziam ‘tu tens que ajudar ele nessa parte burocrática’, porque o trabalho dele é criar, ele tem essa sensibilidade”, conta Cristiano. As fotografias são todas feitas pelo Thiago. Ele escolhe o olhar, a pessoa e vai pelo feeling.

Thiago captou mais olhares depois do bate-papo com o pessoal do Centro Universitário Franciscano (foto: Juliano Dutra/Laboratório de Fotografia e Memória)
Thiago captou mais olhares depois do bate-papo com o pessoal do Centro Universitário Franciscano (foto: Juliano Dutra/Laboratório de Fotografia e Memória)

O fotógrafo quer estender o projeto para o mundo, mas nunca tinha pensado em Santa Maria (RS). Quando o grupo do curso de Publicidade e Propaganda entrou em contato com eles, Thiago ficou muito feliz e quis vir logo para trocar essa experiência com a cidade. “O pôr do sol foi incrível, a tarde foi linda, é uma cidade super jovem, com potencial”, observa. Ele espera que essa troca de trabalhos seja referência para outras pessoas também.

As captações vão acontecer de manhã, no Centro Universitário Franciscano, das 9h às 10h. Pela tarde, Thiago vai fotografar na Praça Saldanha Marinho das 15h às 19h. Sábado eles irão expor os olhares de Santa Maria no Royal Plaza Shopping, das 16h às 20h e, domingo, no Brique da Vila Belga. Acompanhe os olhares pela página oficial do projeto no Facebook.

 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Imagem: divulgação/Projeto Olha pra Mim
Imagem: divulgação/Projeto Olha pra Mim

Com sorrisos e olhares amorosos, o pernambucano Thiago Santos veio à Santa Maria mostrar e enriquecer o projeto fotográfico “Olha pra Mim”. Thiago e seu companheiro, Cristiano Collyer, que trabalha com a assessoria do projeto, foram trazidos pelos alunos de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Franciscano.

Hoje, 01, eles dialogam sobre o Olha pra mim, no Centro Universitário, prédio 14, no Estúdio de Televisão Unifra. O projeto iniciou há dois anos, com uma brincadeira, quando Thiago pediu para uma amiga olhar para ele, pois queria registrar os olhos e as sardas da menina. Ela respondeu de maneira espantada pela forma que ele pediu atenção ao olhar. “Eu fui falando ‘olha pra mim’ para minhas amigas. Elas riram, se emocionavam, e percebi que as pessoas precisavam de atenção, de alguém que realmente olhasse para elas”, conta. Thiago foi postando as fotos em seu Instagram, e notou que as fotos ficavam lindas se dispostas esteticamente. Em Recife, ele fotografou amigos, família, como hobbie e com postagens em seu perfil pessoal. Thiago trabalha como freelancer de moda há 4 anos, e começou a se dedicar ao projeto quando se mudou para São Paulo, onde conheceu seu namorado, Cristiano. “Quero sensibilizar as pessoas, quero tirar um morador de rua de uma situação desumana, nem que seja registrando e mostrando seu olhar para o mundo”, explica o fotógrafo. Esse é o primeiro trabalho autoral de Thiago.
“Eu faço a parte mais ‘chata’ para o Thiago, respondo emails, mensagens, para agradecer e manter contato com quem se importou com o projeto, quem doou seu olhar pra gente”, relata Cristiano. Eles criaram  um perfil no Instagram próprio do trabalho. “Ele precisa criar, ir para a rua fotografar. As pessoas me diziam ‘tu tens que ajudar ele nessa parte burocrática’, porque o trabalho dele é criar, ele tem essa sensibilidade”, conta Cristiano. As fotografias são todas feitas pelo Thiago. Ele escolhe o olhar, a pessoa e vai pelo feeling.

Thiago captou mais olhares depois do bate-papo com o pessoal do Centro Universitário Franciscano (foto: Juliano Dutra/Laboratório de Fotografia e Memória)
Thiago captou mais olhares depois do bate-papo com o pessoal do Centro Universitário Franciscano (foto: Juliano Dutra/Laboratório de Fotografia e Memória)

O fotógrafo quer estender o projeto para o mundo, mas nunca tinha pensado em Santa Maria (RS). Quando o grupo do curso de Publicidade e Propaganda entrou em contato com eles, Thiago ficou muito feliz e quis vir logo para trocar essa experiência com a cidade. “O pôr do sol foi incrível, a tarde foi linda, é uma cidade super jovem, com potencial”, observa. Ele espera que essa troca de trabalhos seja referência para outras pessoas também.

As captações vão acontecer de manhã, no Centro Universitário Franciscano, das 9h às 10h. Pela tarde, Thiago vai fotografar na Praça Saldanha Marinho das 15h às 19h. Sábado eles irão expor os olhares de Santa Maria no Royal Plaza Shopping, das 16h às 20h e, domingo, no Brique da Vila Belga. Acompanhe os olhares pela página oficial do projeto no Facebook.