Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Unifra presente no 19º Integramoda

Na foto: Alunos do Curso de Design de Moda da Unifra em Caxias do Sul.
Na foto: Alunos do Curso de Design de Moda da Unifra em Caxias do Sul.

O evento que acontece anualmente em Caxias do Sul, foi realizado nesta quarta feira dia 30 de março e iniciou às 18:24 hs. Estiveram presentes além da imprensa, diversas autoridades, profissionais do setor, professores da área e os acadêmicos do Curso de Design de Moda do Centro Universitário Franciscano.

A 19ª edição do Integramoda é realizada pelo Pólo de Moda, Fitemasul, Universidade de Caxias do Sul e Sindivest, com apoio da Assintecal, Instituto by Brasil, FIERGS Senai e Sebrae. O tema foi Coletividade na Moda, Consumidor consciente e tendências para o Inverno 2017.

“Pensar juntos, fazer juntos” uma iniciativa que completou 10 anos nesta edição, e teve como objetivo levar aos empresários, formadores de opinião e estudantes de moda as últimas tendências fashion, além de análises de mercado e comportamento do consumidor, elevando assim a competitividade da indústria da moda, do sul do país.

Palestra 19º Integramoda em Caxias do Sul.
Fórum da 19º edição do Integramoda em Caxias do Sul. Fotos: Arquivo curso de moda

Durante o fórum, um dos assuntos ressaltados sobre a crise no país foi o fator comparado à uma normalidade, ou seja, “A crise deve ser vista como uma oportunidade, construir narrativas diferentes, formatos de exibição, procurar ver o lado bom dela.  Muitos dos “bons” profissionais acabam desempregados, devido à isso, leva-se em conta a importância  de aproveitar este momento para contratar os mesmos para trabalhar na sua empresa, não se deve ter medo da Crise” ressaltou Irio Strassburger Proprietário da Empresa Case Bonneterie renomada malharia de Caxias do Sul.

Para que a empresa tenha sucesso, conforme Irio Strassburger, é necessário investir em produtos de primeira qualidade, apostar sempre em matéria prima, buscar ótimos equipamentos de trabalho, investir no treinamento dos funcionários da empresa é fundamental, conhecer o processo de criação para que se possa administrar bem, se não se sabe treinar, não  pode ser chefe. Investir na divulgação de seu produto, buscar e fazer parcerias com as redes sociais e também propagandas urbanas.

“O foco é o cliente,  deve-se ouvir o que ele busca, e a venda é uma consequência desse atendimento, deve-se resolver o problema do cliente para que o mesmo saia satisfeito, existem N-razões que levam o cliente à loja, razões que devem ser exploradas, satisfazer deve ser algo permanente”. Deve-se tomar cuidado com a divulgação, ver se o produto está claro para o consumidor, deve ser trabalhado o perfil do cliente, o meio que é utilizado para exibir sua marca, este perfil determina qual experiência este cliente busca. Outra questão é a região em que o produto está sendo divulgado.  Se houver veracidade, transparência na marca ela se sobressairá. Não se está mais no mesmo cenário, a moda não é estática” afirmou Eduardo Motta da Radar Consultoria.

O consumidor quer experiências de consumo, não só consumir. E também está despertando para conceitos de coletividade, de compartilhamento. Está mais atento a tudo que envolve a produção do que vai adquirir – avaliou Tatiane Alves, consultora especialista em Moda do Sebrae/RS.

Um dos destaques do Fórum de Inspirações, foi a presença do estilista Walter Rodrigues, responsável pelo Núcleo de Design da Assintecal (Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couros, Calçados e Artefatos), Walter  a partir do tema Ubuntu – Eu sou porque nós somos. “Em pleno século 21, pessoas e empresas estão alienadas, sem perceber que a força do coletivo, com a união de intenções e propósitos, pode gerar prosperidade a todos” – avalia.

Dicas de Cores Tendências para 2017

* Diferentes tons de pele, rosa, azul, amarelo, verde e laranja.
* Efeitos estampados por processos digitais, criando o contraponto de texturas com a cor vibrante aplicada em peles com pelo.
* Efeitos ritmados de cor a partir das exóticas cobras python e das peles de peixes, como a tilápia.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Na foto: Alunos do Curso de Design de Moda da Unifra em Caxias do Sul.
Na foto: Alunos do Curso de Design de Moda da Unifra em Caxias do Sul.

O evento que acontece anualmente em Caxias do Sul, foi realizado nesta quarta feira dia 30 de março e iniciou às 18:24 hs. Estiveram presentes além da imprensa, diversas autoridades, profissionais do setor, professores da área e os acadêmicos do Curso de Design de Moda do Centro Universitário Franciscano.

A 19ª edição do Integramoda é realizada pelo Pólo de Moda, Fitemasul, Universidade de Caxias do Sul e Sindivest, com apoio da Assintecal, Instituto by Brasil, FIERGS Senai e Sebrae. O tema foi Coletividade na Moda, Consumidor consciente e tendências para o Inverno 2017.

“Pensar juntos, fazer juntos” uma iniciativa que completou 10 anos nesta edição, e teve como objetivo levar aos empresários, formadores de opinião e estudantes de moda as últimas tendências fashion, além de análises de mercado e comportamento do consumidor, elevando assim a competitividade da indústria da moda, do sul do país.

Palestra 19º Integramoda em Caxias do Sul.
Fórum da 19º edição do Integramoda em Caxias do Sul. Fotos: Arquivo curso de moda

Durante o fórum, um dos assuntos ressaltados sobre a crise no país foi o fator comparado à uma normalidade, ou seja, “A crise deve ser vista como uma oportunidade, construir narrativas diferentes, formatos de exibição, procurar ver o lado bom dela.  Muitos dos “bons” profissionais acabam desempregados, devido à isso, leva-se em conta a importância  de aproveitar este momento para contratar os mesmos para trabalhar na sua empresa, não se deve ter medo da Crise” ressaltou Irio Strassburger Proprietário da Empresa Case Bonneterie renomada malharia de Caxias do Sul.

Para que a empresa tenha sucesso, conforme Irio Strassburger, é necessário investir em produtos de primeira qualidade, apostar sempre em matéria prima, buscar ótimos equipamentos de trabalho, investir no treinamento dos funcionários da empresa é fundamental, conhecer o processo de criação para que se possa administrar bem, se não se sabe treinar, não  pode ser chefe. Investir na divulgação de seu produto, buscar e fazer parcerias com as redes sociais e também propagandas urbanas.

“O foco é o cliente,  deve-se ouvir o que ele busca, e a venda é uma consequência desse atendimento, deve-se resolver o problema do cliente para que o mesmo saia satisfeito, existem N-razões que levam o cliente à loja, razões que devem ser exploradas, satisfazer deve ser algo permanente”. Deve-se tomar cuidado com a divulgação, ver se o produto está claro para o consumidor, deve ser trabalhado o perfil do cliente, o meio que é utilizado para exibir sua marca, este perfil determina qual experiência este cliente busca. Outra questão é a região em que o produto está sendo divulgado.  Se houver veracidade, transparência na marca ela se sobressairá. Não se está mais no mesmo cenário, a moda não é estática” afirmou Eduardo Motta da Radar Consultoria.

O consumidor quer experiências de consumo, não só consumir. E também está despertando para conceitos de coletividade, de compartilhamento. Está mais atento a tudo que envolve a produção do que vai adquirir – avaliou Tatiane Alves, consultora especialista em Moda do Sebrae/RS.

Um dos destaques do Fórum de Inspirações, foi a presença do estilista Walter Rodrigues, responsável pelo Núcleo de Design da Assintecal (Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couros, Calçados e Artefatos), Walter  a partir do tema Ubuntu – Eu sou porque nós somos. “Em pleno século 21, pessoas e empresas estão alienadas, sem perceber que a força do coletivo, com a união de intenções e propósitos, pode gerar prosperidade a todos” – avalia.

Dicas de Cores Tendências para 2017

* Diferentes tons de pele, rosa, azul, amarelo, verde e laranja.
* Efeitos estampados por processos digitais, criando o contraponto de texturas com a cor vibrante aplicada em peles com pelo.
* Efeitos ritmados de cor a partir das exóticas cobras python e das peles de peixes, como a tilápia.