Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Feiradolivro

Eduardo Bueno, o Peninha, lota Theatro Treze de Maio

O escritor, jornalista, editor e tradutor Eduardo Bueno, mais conhecido como Peninha, esteve na Feira do Livro de Santa Maria na segunda-feira, autografando suas obras e conversando com o público. Com seu modo irreverente, Peninha falou

Começa a 49º Feira do Livro

Nesta sexta-feira, dia 29 de abril, foi o primeiro dia da 49º Feira do Livro que volta com força total depois de 2 anos de pandemia. A Patronesse da edição é a escritora, professora, pesquisadora e

47ª Feira do Livro de Santa Maria começa hoje

Em um novo formato, a tradicional Feira do Livro de Santa Maria, começa hoje, quinta-feira, 1º de outubro, e vai até o sábado, 10 de outubro. No site da Feira você confere a programação completa que

O escritor, jornalista, editor e tradutor Eduardo Bueno, mais conhecido como Peninha, esteve na Feira do Livro de Santa Maria na segunda-feira, autografando suas obras e conversando com o público.

Eduardo Bueno participou da Feira do Livro na segunda-feira. Imagem: Felipe Perosa

Com seu modo irreverente, Peninha falou especialmente sobre a História do Brasil e seu  último livro “Dicionário da Independência – 200 anos em 200 verbetes”. O livro, que tem o formato de dicionário, traz ilustrações que ajudam a explicar o bicentenário da independência.“Utilizei a ilustração pois eu acredito em uma história pop. É fundamental conhecermos nosso passado, pois, como já diz o ditado, um povo que não conhece a sua história está condenado a repeti-lo”. Bueno respondeu questionamentos de quem estava presente, comentou sobre a direita no Brasil dizer que ele é de esquerda, além de acusá-lo de comunista, e as pessoas da esquerda dizerem que ele é de direita, com o bom humor que lhe é peculiar. Ao final, aplaudido de pé, gritou um Fora Bolsonaro que foi ecoado pelo público.

O autor tem mais de 30 livros publicados e com a coleção Brasilis, que reúne A viagem do descobrimento, Náufragos, traficantes e degredados, Capitães do Brasil e A coroa, a cruz e a espada, tornou-se o primeiro autor brasileiro a emplacar simultaneamente quatro títulos entre os cinco primeiros nas listas dos mais vendidos dos principais jornais e revistas do país. Já editou mais de 200 títulos, tendo colaborado com algumas das principais editoras brasileiras.

Para quem quiser acompanhar Eduardo Bueno pelas redes, ele mantém um Podcast e um canal no Youtube, ambos denominados Buenas Ideias.

A Feira do Livro de Santa Maria segue até dia 14 de maio, na Praça Saldanha Marinho. Para assistir ao Livro Livre, que ocorre todos os dias às 19h no Theatro Treze de Maio, é só pegar o ingresso gratuito na recepção do Theatro.

Nesta sexta-feira, dia 29 de abril, foi o primeiro dia da 49º Feira do Livro que volta com força total depois de 2 anos de pandemia. A Patronesse da edição é a escritora, professora, pesquisadora e ativista Nikelen Witter, e os homenageados são a professora e escritora Maria Esther Gomes de Souza e o médico e compositor nativista Mario Eleú da Silva que é homenageado póstumo.

Maria Esther possui deficiência auditiva e é educadora especial e lançou 2 livros nessa sexta-feira na Feira do Livro, Uma história de mãos brilhantes e Minivoleibol para Surdos que escreveu junto com Jeferson de Oliveira Miranda. O primeiro livro conta a história de Daniel, um rapaz surdo, e demonstra a importância da inclusão de jovens surdos e deficientes auditivos na educação desde jovens. Sobre isso a professora comentou que a sociedade precisa dar mais passos em direção a sensibilidade e abrir mais espaços para que histórias de mãos brilhantes como as de Daniel sejam contadas.

Também ocorre neste fim de semana o projeto Troca Livros, organizado pela Biblioteca Pública Henrique Bastide. O objetivo do projeto é promover a troca de livros em bom estado, com foco em livros literários. Outra atração foi o espetáculo 2 Lunáticos, que teve duas apresentações, de manhã e de tarde, no Teatro Treze de Maio, e recebeu um grande número de pessoas, em especial crianças que se contagiaram com a alegria dos artistas. A 49º Feira do Livro vai de 29 de abril até 14 de maio.

A tradicional Feira do Livro de Santa Maria chega a sua 49ª edição de 29 de abril a  14 de maio. Depois de dois anos ocorrendo de modo híbrido, a Feira deste ano será totalmente presencial. São cerca de 40 livreiros e mais de cem lançamentos de livros, sendo que boa parte de escritores locais.

A programação conta com apresentações de peças de teatro, shows musicais e cinema, além dos tradicionais estandes de livros. A patronesse desta edição é a professora, escritora, pesquisadora e ativista Nikelen Witter; e a professora homenageada, Maria Esther Gomes de Souza. Já o escritor homenageado (póstumo), é o médico e compositor Mário Eleú da Silva. No dia 7 de maio haverá a Noite da Patronesse: #LeiaMulheres, com a professora Nikelen acompanhada de Monalisa Dias e o Clube de Leituras Bem-ditas.

A abertura ocorre na sexta às 18h, no Theatro Treze de Maio, com uma homenagem à professora Maria Esther Gomes de Souza. Ela tem seis livros publicados e realiza trabalho de leitura inclusiva e se destaca no trabalho com alunos surdos na Escola Estadual de Educação Especial Dr. Reinaldo Fernando Cóser.

Veja a programação completa na página da Feira do Livro.

Em um novo formato, a tradicional Feira do Livro de Santa Maria, começa hoje, quinta-feira, 1º de outubro, e vai até o sábado, 10 de outubro.

No site da Feira você confere a programação completa que conta com espetáculos infantis, bate-papos com autores, lançamentos de livros e Hora da Leitura para a criançada. Será possível acompanhar tudo online direto dos canais oficiais pelo Youtube e Facebook.

Hoje pela tarde haverá programação infantil e às 19h ocorre a abertura oficial com Vídeo-livro e Sarau Poético em homenagem ao Patrono Guido Isaia. Já às 19h30 é a vez do Livro Livre com a filósofa e jornalista Djamila Ribeiro.

A venda de livros será feita pelas livrarias participantes, que estarão atendendo em seus espaços físicos e também com tele-entrega. Aqui você confere o mapa das livrarias integrantes da Feira deste ano.

A Feira do Livro tem como Patrono Guido Cechella Isaia, escritor homenageado Ronai Pires da Rocha, professora homenageada Laura Fernandes e homenageado Carlos Alberto Belinaso.

A assessoria de imprensa da Feira é realizada pelos acadêmicos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da UFN, sob supervisão do professor Bebeto Badke.

Foto: divulgação
Imagem: Divulgação

Tudo começou com uma proposta da professora Cristina Hollerbach, do curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Franciscano, em que os grupos deveriam criar ideias para uma campanha de divulgação da Feira do Livro de Santa Maria. Então os alunos Caroline Reimann, Gabriel Saccol e Bibiana Campos deram continuidade à campanha Vire a Página para Virar Realidade. “Após reuniões para escolher o conceito e os livros, pois tínhamos vários diferentes até chegar a um consenso, começamos a trabalhar no projeto”, diz Bibiana. O grupo começou a desenvolver o projeto em novembro e o lançamento da campanha foi realizado no começo de abril.
Os estudantes levaram as ideias para a comissão da Feira do Livro e  foi sugerido que trabalhassem ainda o livro Alice no País das Maravilhas cujo autor, Lewis Carroll, completa 150 anos em 2015. O livro O Pequeno Princípe, de Antoine de Saint-Exupéry, foi para a campanha também, já que foi liberado o direito de uso da sua imagem.
“A escolha das modelos nós que fizemos, pegamos pessoas que estivessem interessadas e que gostassem do projeto para ajudar”, explica Caroline. Entre os colaboradores, professores e alunos da instituição, como a professora do curso de Jornalismo Morgana Machado, que participou da fotos do livro O Pequeno Príncipe, e Larissa Essi, acadêmica de Jornalismo, que foi a Alice da obra Alice no País das Maravilhas.

“Tínhamos uma série de elementos para montar, como o cenário, objetos e modelos. Fomos orientados pelos professores Carlos Alberto Badke e pela professora Cristina, mas nós que organizamos e montamos tudo”, contam Caroline e Gabriel. Os livros utilizados no projeto são obras que estão na mídia atualmente, como o Hobbit – que teve o lançamento de seu filme recentemente -, e Guerra dos Tronos, cuja série teve nova temporada lançada esse ano.

Vale conferir a campanha e a Feira, que começa amanhã na Praça Saldanha Marinho às 10 horas e vai até dia 10 de maio.