Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Kiss

Acaba o júri da Kiss e réus são condenados

Com o início da leitura da sentença às 17h45 de sexta-feira, o juíz Orlando Faccini Neto proferiu a decisão final. Faccini optou por não fazer a leitura de todo o texto, mas apenas os pontos que

Julgamento da tragédia da boate Kiss tem início hoje

Na manhã de hoje, 1º de dezembro, foram abertos os trabalhos do primeiro dia do júri do caso Kiss. Foram sorteados os jurados do caso, composto por seis homens e uma mulher que, durante o tempo que

Santa Maria: feriado de fé na Gare da Estação

Cerca de cinco mil pessoas, a maioria jovens, se reuniram no evento gospel “Coração Louva” para orar pela cidade de Santa Maria no feriadão de Páscoa. A intenção da organização era trazer alegria e mobilizar a

Juiz Faccini proferiu a sentença, finalizando os 11 dias de júri. Imagem: TJRS

Com o início da leitura da sentença às 17h45 de sexta-feira, o juíz Orlando Faccini Neto proferiu a decisão final. Faccini optou por não fazer a leitura de todo o texto, mas apenas os pontos que julgou mais importantes. Ficou assim definido:

Elissandro Callegaro Spohr

Promotor David Medina da Silva, que atuou no caso, com Kelen Leite Ferreira, sobrevivente que prestou depoimento no júri. Imagem: Neli Mombelli

Pena base: 15 anos
Pena final: 22 anos e 6meses

Mauro Londero Hoffmann
Pena base: 13 anos
Pena final: 19 anos e 6meses

Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão
Pena base: 12 anos
Pena final: 18 anos

O juiz decretou a prisão dos quatro réus, mas em razão de habeas corpus concedido pelo Tribunal de Justiça do RS a Elisandro Spohr, o Kiko, foi suspensa a prisão imediata de todos. Agora, a decisão será analisada por um colegiado.

O processo criminal é composto por mais de 111 mil páginas. Imagem: Neli Mombelli.

Na manhã de hoje, 1º de dezembro, foram abertos os trabalhos do primeiro dia do júri do caso Kiss. Foram sorteados os jurados do caso, composto por seis homens e uma mulher que, durante o tempo que durar o julgamento, ficarão hospedados em um hotel, sem acesso à internet, celular e não poderão se manifestar entre si sobre o caso. Orlando Faccini Neto é o juíz presidente e caberá a ele, após os jurados decidirem pela inocência ou não dos réus, fixar a pena.

Além do sorteio dos jurados, a manhã foi destinada a resolver questões apresentadas pelas partes. Participaram advogados das defesas, membros da imprensa e representantes do Ministério Público, que faz a acusação. Apenas agora pela tarde os familiares chegaram no local e podem assistir ao julgamento.

Familiares e amigos das vítimas da boate Kiss chegam ao Foro em Porto Alegre. Imagem: Marcos Borba.

Os réus Elissandro Callegaro Spohr, Mauro Londero Hoffmann, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão respondem por homicídio simples (242 vezes consumados, pelo número de mortes e 636 vezes tentadas, pelo número de feridos).

O canal do Youtube do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul está transmitindo o julgamento ao vivo pelo link.

Tenda da vigília é local de informações sobre o financiamento coletivo. Foto: André Polga

O financiamento coletivo para a construção do Memorial às Vítimas da Kiss segue angariando doações. A campanha, que visa mobilizar a comunidade e o empresariado é iniciativa da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM),do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e da Prefeitura de Santa Maria.

Até o momento, mais de R$ 25 mil reais foram arrecadados para o memorial. Há três metas estipuladas: R$ 250 mil, R$ 400 mil e R$ 500 mil. Caso o primeiro valor não seja atingido, o dinheiro será devolvido para os doadores.

Todas as quartas-feiras, familiares de vítimas e apoiadores da causa se reúnem na tenda da vigília, situada na Praça Saldanha Marinho, para angariar doações a pessoas carentes e esclarecer dúvidas sobre a campanha. Segundo Alexa, publicitária e apoiadora da causa, o Memorial é importante para “que fique marcado que em Santa Maria ocorreu uma tragédia que não pode se repetir”. Já o vice-presidente da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria,  Flávio Silva, ressalta que a população deve se sentir parte do Memorial.“Será um espaço público sobre algo que faz parte da cidade. Objetivamos que o Memorial seja um espaço em prol da vida, para que isso não se repita e para que o lugar ganhe um significado novo”.

As doações para a campanha são realizadas pelo site juntos.com.vc/pt/memorialkiss com o valor mínimo de cinquenta reais. O pagamento pode ser feito via cartão de crédito ou boleto bancário. Valores abaixo desse podem ser depositados na conta da Associação, disponibilizada na tenda da vigília. O prazo para colaborar encerra no dia 2 de outubro.

Texto: André Polga

Disciplina: Jornalismo Digital 1

Professor: Maurício Dias

Na manhã de hoje,21, foi lançada a plataforma de captação de recursos para a construção do memorial às vítimas da Kiss. A solenidade aconteceu na Praça Saldanha Marinho, em Santa Maria. Confira a reportagem realizada pelo Laproa.

Jovens reunidos para orar por Santa Maria. Foto: Divulgação.

Cerca de cinco mil pessoas, a maioria jovens, se reuniram no evento gospel “Coração Louva” para orar pela cidade de Santa Maria no feriadão de Páscoa. A intenção da organização era trazer alegria e mobilizar a fé da juventude entristecida pela maior tragédia do Rio Grande do Sul.

Foram quatro dias de adoração a Deus através de músicas e ministrações com a presença do cantor Oséias Costa, de Santa Maria, do carioca Davi Saccer, do pastor Lúcio Barreto Júnior, Belo Horizonte, e das bandas Filhos do Homem (Paraná) e The Chinelo Brothers.

O pastor Lucinho, como é conhecido, tem um ministério que alcança jovens do Brasil e do mundo através da linguagem próxima deles. Bem-humorado, dá conselhos que levam a um comportamento saudável, e aproveita a popularidade nos sites de redes sociais, onde tem 170 mil seguidores, para interagir com fiéis. “Estou nas redes sociais porque é lá que os jovens estão”, declara o pastor Lucinho.

O Coração Louva foi promovido pela OMESM (Ordem dos Ministros Evangélicos de Santa Maria). Segundo o pastor Jaderson Maretoli, organizador do evento, Santa Maria precisa voltar a ter alegria após a perda dos 241 jovens. “A cidade é o coração do Rio Grande e esse coração chora a perda. Mas Santa Maria não vai mais ser conhecida como a cidade da tragédia e sim como um lugar de esperança e recomeço”, enfatiza o religioso.

Segundo a professora Liziane Pereira, uma das organizadoras, o grande propósito desses dias de evento é reanimar Santa Maria. “Nunca mais vamos esquecer aquelas vidas, mas a cidade precisa voltar a sorrir” comenta..

A maior tragédia do Rio Grande do Sul aconteceu na madrugada do dia 27 de janeiro de 2012 na boate Kiss. Duzentos e quarenta e um jovens perderam a vida em consequência de um incêndio provocado por um sinalizador utilizado pelo vocalista da Banda Gurizada Fandangueira. A Boate Kiss funcionava de maneira irregular e não havia saídas suficientes para o número de frequentadores naquela noite.

Por Luísa Neves