A Feira que caminha para além dos livros


Por Luis Ricardo Kaufmann

 

Fonte: Assessoria de imprensa da Feira do livro, Foto: Ronald Mendes.

A Feira do Livro proporciona aos santa- marienses a possibilidade de navegar no mundo da leitura, e tudo isso acontece na praça Saldanha Marinho. No entanto, quem fica atento participa de outras atividades que estão sendo ofertadas nessa 40ª edição da Feira do Livro.

Ontem,  quinta- feira, ocorreu , no auditório da SUCV,  uma oficina de leitura inclusiva promovida pela Fundação Dorina Nowill para Cegos. Também Murilo Leite, o ” Homem da mala azul” visitou os jovens da Case e o jornalista Marcelo Canellas esteve com as detentas do presídio Regional de Santa Maria. Um modo de levar as discussões da Feira do Livro aqueles que não podem ir até ela.

As atividades

No debate da SUCV estavam presentes Cristian Evandro Sehnem, pedagogo e técnico em Educação no Núcleo de Acessibilidade da UFSM e Angelita Garcia  que participa da rede nacional da Fundação Dorina Nowill,  que dividiram experiências e desfizeram mitos em relação às pessoas que tem deficiência.

Outro personagem que deve ser destacado pelo seu gesto encantador de contar histórias é Murilo Leite , mais conhecido com o Homem da mala azul. Ele foi até  Centro de Atendimento Socioeducativo, o Case em Santa Maria contar histórias para divertir e entreter  30 alunos que o acompanhavam atentamente as histórias por ele contadas. A alegria dos alunos foi tanta que no final da leitura, fizeram uma homenagem para o contador de histórias em forma de Rap.

E  quem pensa que as detentas não prestigiam a conversa e a atenção de Marcelo Canellas, está muito enganado. O jornalista se colocou à disposição para contar e ouvir diversas histórias das mulheres que estão presas e participam do núcleo Estadual de EJA Julieta Balestro. O patrono conversou também com as detentas sobre o seu livro Províncias: “Crônicas de uma alma interiorana”.

Fonte: Assessoria de comunicação da feira do livro

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *