Nova instituição, nova identidade


Por Eduardo Biscayno

 

Posta no Facebook da instituição mostrou a nova identidade e o novo nome da instituição. Pelo menos 2,7 mil internautas utilizaram as reações do site de rede social para se expressar

Ressurreição. Nesta sexta-feira, dia 23 de março, uma semana antes da Páscoa alunos, professores, funcionários e egressos acordaram com uma novidade: o Centro Universitário Franciscano fora aprovado pelo Ministério da Educação para se tornar a Universidade Franciscana (UFN). Para acompanhar esse processo de mudança, foi adotada uma nova identidade visual para a instituição.

Uma marca nada mais é que um sistema visual funcional, que deve transmitir pelo seu design um diálogo emocional com o público. A realização coube a Editora Unifra, que foi escolhida a partir de um concurso interno. Sobre o processo de criação, Lucas Rodrigues dos Santos, programador visual da editora, contou que a proposta foi constituída a partir de seis unidades interligadas da figura do Tau, formando um núcleo. Todas as unidades foram representadas em tons de azul, que, unidas em pares, refletiram os três pilares da missão da instituição. São eles: Ciência, Humanidade e Espiritualidade. “A marca UFN traduz, por meio de sua forma, os conceitos de experiência, determinação e contemporaneidade.O projeto de identidade contribui para difundir a imagem da instituição, propagando os princípios educativos e espirituais”, afirma dos Santos.

O programador visual afirma ainda que a solução mais adequada encontrada pela equipe foi trabalhar a partir de um redesenho da marca antiga da Unifra, que a renovou, respeitando sua história e conservando sua essência. “Este projeto mostra uma imagem que já está intrínseca no imaginário popular, algo que sempre será lembrado por todos”, reitera.

A reitora da agora UFN, irmã Iraní Rupolo, concedeu à equipe da Agência CentralSul de Notícias uma entrevista exclusiva, que será publicada na semana que vem, sobre as mudanças dessa transição e perspectivas para o futuro.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *