Semana do curso de Jornalismo abordou os estágios na noite de terça-feira


Por Emanuely Guterres

 

Segunda noite da Semana do Curso de Jornalismo / Foto: Patrício de Freitas/LABFEM

A segunda noite da I Semana do Curso de Jornalismo que aconteceu na terça, 28, recebeu quatro jornalistas formados na Universidade Franciscana (UFN) para relatarem as experiências vividas durante os estágios acadêmicos. A conversa teve início às 19h e se estendeu até as 22h, acontecendo no espaço colaborativo do CoArq no prédio 14 da UFN.

O intuito dessa atividade é mostrar aos estudantes de jornalismo que ainda não realizaram seus estágios, uma visão mais abrangente do que é de fato o esperado estágio. O processo realizado, a escolha e o planejamento feito para atuar de maneira eficiente nessa etapa da graduação. Agnes Barriles e Deivid Pazatto foram os personagens do primeiro momento da atividade. Agnes estagiou no Avenida Tênis Clube (ATC), onde produzia materiais para o site e outras atividades ligadas a comunicação e eventos. Já Deivid, realizou seu estágio no Diário de Santa Maria, atuando na editoria de economia e política.

Jornalista Deivid em momento de fala. Foto: Patrício de Freitas/LABFEM

Com uma grande diferença em relação a editoria e tarefas os alunos contaram suas experiências e os momentos que viveram por cerca de três meses. Deivid conta que sempre teve interesse na área da política e que quando chegou o momento do estágio não podia escolher outra coisa. Contente com sua escolha, o ainda estudante, estagiou no período das eleições, o que lhe proporcionou momentos ainda mais intensos. O jornalista explica todo seu processo, qual teve que entrevistar candidatos da região, correr atrás de contatos, as dificuldades e os aprendizados que teve ao longo disso.

Agnes contando sobre seu estágio. Foto: Patrício de Freitas/LABFEM

Já Agnes, atuou na área de assessoria de imprensa. Ela realizou seu estágio no ATC e explica que seu trabalho era mais direcionado a realizar matérias para o site do clube e alguns vezes participar da organização e comunicação de eventos. Agnes fala que o estágio proporcionou a ela muito conhecimento para seguir na área profissional, e foi na prática que pode se aprofundar na assessoria de impressa – disciplina do curso de jornalismo – de maneira intensa.

Jornalistas Paola e Matheus relatando suas experiências. Foto: Patrício de Freitas/LABFEM

O segundo momento da noite foi por conta da jornalista Paola Saldanha e do jornalista Matheus Ferreira. Paola estagiou no Site Claudemir Pereira, e relembra o momento da sua escolha pois ainda não sabia muito bem o que queria. Ela conta que tinha interesse na área mais humanitária, foi quando a coordenadora lhe deu a opção de estágio que iria lhe proporcionar muitas histórias. Paola estagiou com um objetivo, conhecer e escrever sobre o cotidiano e as questão que envolvessem a população. Dedicada á contar suas histórias, a jornalista relata que tinha uma semana para apurar e estudar sobre, para assim então escrever.  Diferente de Paola, o jornalista Matheus Ferreira estagiou na Rádio Medianeira. Matheus relata a conciliação com um outro trabalho, e como fazia para organizar os horários. Ele alimentava o site de noticias da rádio e ainda teve a oportunidade de acompanhar algumas vezes pautas policias na cidade.

Paola Saldanha e Matheus Ferreira com os professores Mauricio Dias e Carla Torres. Foto:Patrício de Freitas/LABFEM

O quatro foram bem específicos nos seus relatos, e apesar do cansaço físico e piscicológico por conta do estágio e das aulas, além do segundo trabalho que alguns tinham, a experiência valeu para todos. O estágio serve para colocar o aluno no mercado mais cedo, tendo conhecimento e noção do que irá viver após se formar e embora não seja no lugar desejado, servirá muito para se aprender.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *