Workshop sobre documentário tem início nesta sexta


Por Emanuely Guterres

 

Workshop sobre documentário. Foto: TV OVO

Iniciou-se nesta sexta-feira, 23, o workshop sobre documentário realizado pela TV OVO. A atividade conta com a participação do cineasta e jornalista, Guilherme Castro.

A programação teve abertura às 14h horas e se estende até as 20h30, com intervalos e coffee break, tendo continuação no sábado, 24, das 10h às 12h e das 13h30 até as 16h30, na sede da TV OVO, localizada na Floriano Peixoto, 267.

Entre as 10 horas de workshop, a proposta é tratar apenas assuntos ligados ao cinema documental,  promovendo conhecimentos sobre os modos de produzir documentários, quais suas contextualizações refente ao cenário contemporâneo, como os documentários são visto hoje em dia, quais os métodos de produção, as narrativas e suas estéticas.

Guilherme Castro é cineasta, jornalista, professor, mestre e doutorando em cinema na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo. Natural de Porto Alegre, Guilherme atua como diretor, roteirista e produtor. Entre seus trabalhos com maior destaque, estão os documentários “Becos” e “Transversais”, além dos especiais para a TV RBS como “Mariazinha”, “O massacre dos bugres” e “Garibaldi – Herói de dois mundos”.  Ainda dirigiu programas e séries especiais, documentários, telejornal e teledramaturgia, e foi sob sua direção durante um período a programação da TVE RS.  No meio da ficção, esteve presente no curta-metragem “Terra Prometida” de 2006, qual ganhou 3 Kikitos em direção, filme e atriz.

Discussões durante primeiro dia de workshop. Foto: Denzel Valiente / LABFEM

O cineasta conta não ser  a primeira vez que visita Santa Maria, onde já atuou em atividades e oficinas na cidade e, assim, percebendo a existência do grande público ligado ao audiovisual.

Guilherme tem como objetivo neste workshop atualizar os conhecimentos do público sobre questões ligadas ao modo de produção e interação com os documentários.

 

 

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *