Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

A encruzilhada da educação superior em debate no SEPE

Profª. Drª. Maria Beatriz Moreira Luce na Abertura do SEPE. Foto por Matheus Hautrive. Laboratório de Fotografia e Memória.

O 16º Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão (SEPE) da Unifra começou na manhã desta quarta-feira, 03 de outubro,  no Salão de Atos do Conjunto I, com a conferência sobre desafios na educação superior, da Profª. Drª. Maria Beatriz Moreira Luce da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), após o pronunciamento da Reitora Irani Rupolo.

Com o tema “Universitários na encruzilhada: “aprender e empreender” – Para quê?”, a professora destacou a insuficiência da educação básica brasileira e as questões da acessibilidade no ensino superior. Para Maria Beatriz Luce: “A universidade é considerada uma das instituições fundamentais para o desenvolvimento social e econômico”.

De acordo com a professora, é necessário cumprir uma dívida histórica de acesso ao ensino e transformar a qualidade da atividade universitária. Com isso, será possível ter uma educação superior mundialmente conhecida. “O reconhecimento mundial é a condição para que consigamos o reconhecimento da educação para os brasileiros”, completa Maria Beatriz.

O SEPE é um dos principais eventos da UNIFRA, onde culminam as atividades desenvolvidas na instituição em ensino, pesquisa e extensão, no decorrer do ano. A Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, Solange Fagan, enfatiza a relevância do momento de reflexão da produção acadêmica: “É muito importante, porque é onde a gente mostra para a comunidade tudo o que é produzido aqui, todas as discussões, onde os trabalhos também são avaliados, discutidos e analisados por essa comunidade”.

Auditório lotado nesta quarta-feira, na Conferência de Abertura. Foto por Matheus Hautrive. Laboratório de Fotografia e Memória.

O 16º do evento, que tem como tema “Aprender e Empreender na Educação e na Ciência”, tem como destaque a apresentação oral dos trabalhos. Entre posts e artigos o número de inscritos chega a 960 trabalhos.

O evento vai até dia 05 de outubro, nos Conjuntos I e III da Unifra, na Rua dos Andradas, 1614 e Rua Silva Jardim, 1175. Para mais informações acesse:     http://www.unifra.br/eventos/sepe2012/eventos.asp

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Profª. Drª. Maria Beatriz Moreira Luce na Abertura do SEPE. Foto por Matheus Hautrive. Laboratório de Fotografia e Memória.

O 16º Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão (SEPE) da Unifra começou na manhã desta quarta-feira, 03 de outubro,  no Salão de Atos do Conjunto I, com a conferência sobre desafios na educação superior, da Profª. Drª. Maria Beatriz Moreira Luce da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), após o pronunciamento da Reitora Irani Rupolo.

Com o tema “Universitários na encruzilhada: “aprender e empreender” – Para quê?”, a professora destacou a insuficiência da educação básica brasileira e as questões da acessibilidade no ensino superior. Para Maria Beatriz Luce: “A universidade é considerada uma das instituições fundamentais para o desenvolvimento social e econômico”.

De acordo com a professora, é necessário cumprir uma dívida histórica de acesso ao ensino e transformar a qualidade da atividade universitária. Com isso, será possível ter uma educação superior mundialmente conhecida. “O reconhecimento mundial é a condição para que consigamos o reconhecimento da educação para os brasileiros”, completa Maria Beatriz.

O SEPE é um dos principais eventos da UNIFRA, onde culminam as atividades desenvolvidas na instituição em ensino, pesquisa e extensão, no decorrer do ano. A Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, Solange Fagan, enfatiza a relevância do momento de reflexão da produção acadêmica: “É muito importante, porque é onde a gente mostra para a comunidade tudo o que é produzido aqui, todas as discussões, onde os trabalhos também são avaliados, discutidos e analisados por essa comunidade”.

Auditório lotado nesta quarta-feira, na Conferência de Abertura. Foto por Matheus Hautrive. Laboratório de Fotografia e Memória.

O 16º do evento, que tem como tema “Aprender e Empreender na Educação e na Ciência”, tem como destaque a apresentação oral dos trabalhos. Entre posts e artigos o número de inscritos chega a 960 trabalhos.

O evento vai até dia 05 de outubro, nos Conjuntos I e III da Unifra, na Rua dos Andradas, 1614 e Rua Silva Jardim, 1175. Para mais informações acesse:     http://www.unifra.br/eventos/sepe2012/eventos.asp