Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Educar para o trânsito

Atividade de conscientização feita pelos alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental João da Maia Braga, no último dia 24. Foto: João Alves/Prefeitura de Santa Maria

A falta de educação, imprudência e desrespeito as normas de trânsito são problemas cada vez mais recorrentes. Para lidar com estas questões uma das alternativas apresentadas são as campanhas de conscientização. O Programa de Segurança e Educação para o Trânsito, Educa Trânsito, visa tentar solucionar tais problemas.

O objetivo do programa é a conscientização no trânsito, comenta o Secretário de Mobilidade Urbana, Miguel Passini, “o programa em si visa fazer a transversalidade da educação no trânsito, trabalhando diversas temáticas. Uma delas é atuar na capacitação dos professores para que eles possam transferir para os alunos  a educação no trânsito, para quando  se tornarem motoristas, estarem aptos a seguir as diretrizes do trânsito. O objetivo do programa em si é a conscientização de que devemos respeitar as leis”.

O Educa Trânsito foi desenvolvido pela Secretaria de Controle e Mobilidade Urbana e pela Prefeitura Municipal de Santa Maria, com apoio da Gerência Municipal de Trânsito. O programa começou com um projeto de levar propostas pedagógicas para que os professores pudessem trabalhar a temática do trânsito nas diferentes áreas de conhecimento. No momento, o programa trabalha com crianças das escolas municipais de ensino fundamental, realizando atividades de conscientização no centro da cidade.

A coordenadora do programa Lelia Toffoli, explica sobre o porquê de fazer o trabalho de conscientização com crianças “elas tem o poder de coibir as atitudes errôneas dos adultos”.

Alunos premiados no projeto Charge no Trânsito em frente à sede do jornal A Razão, no dia 28/08. Foto: João Alves/Prefeitura de Santa Maria

Uma atividade que teve boa interação dos alunos foi o projeto Charge no Trânsito. Segundo Lelia Toffoli “a charge no trânsito surgiu como uma crítica ao comportamento dos usuários nas vias. Como criticar? Vamos colocar no papel. Isso foi muito importante. Eles interagiram, fizeram as charges e foram buscar apoio no código de trânsito”.

As escolas participantes foram  as Escolas Municipais de Ensino Fundamental Caic Luizinho De Grandi, EMEF Tenente João Menna Barreto e EMEF Lívia Menna Barreto. As charges escolhidas serão publicadas no jornal A Razão.

 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Atividade de conscientização feita pelos alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental João da Maia Braga, no último dia 24. Foto: João Alves/Prefeitura de Santa Maria

A falta de educação, imprudência e desrespeito as normas de trânsito são problemas cada vez mais recorrentes. Para lidar com estas questões uma das alternativas apresentadas são as campanhas de conscientização. O Programa de Segurança e Educação para o Trânsito, Educa Trânsito, visa tentar solucionar tais problemas.

O objetivo do programa é a conscientização no trânsito, comenta o Secretário de Mobilidade Urbana, Miguel Passini, “o programa em si visa fazer a transversalidade da educação no trânsito, trabalhando diversas temáticas. Uma delas é atuar na capacitação dos professores para que eles possam transferir para os alunos  a educação no trânsito, para quando  se tornarem motoristas, estarem aptos a seguir as diretrizes do trânsito. O objetivo do programa em si é a conscientização de que devemos respeitar as leis”.

O Educa Trânsito foi desenvolvido pela Secretaria de Controle e Mobilidade Urbana e pela Prefeitura Municipal de Santa Maria, com apoio da Gerência Municipal de Trânsito. O programa começou com um projeto de levar propostas pedagógicas para que os professores pudessem trabalhar a temática do trânsito nas diferentes áreas de conhecimento. No momento, o programa trabalha com crianças das escolas municipais de ensino fundamental, realizando atividades de conscientização no centro da cidade.

A coordenadora do programa Lelia Toffoli, explica sobre o porquê de fazer o trabalho de conscientização com crianças “elas tem o poder de coibir as atitudes errôneas dos adultos”.

Alunos premiados no projeto Charge no Trânsito em frente à sede do jornal A Razão, no dia 28/08. Foto: João Alves/Prefeitura de Santa Maria

Uma atividade que teve boa interação dos alunos foi o projeto Charge no Trânsito. Segundo Lelia Toffoli “a charge no trânsito surgiu como uma crítica ao comportamento dos usuários nas vias. Como criticar? Vamos colocar no papel. Isso foi muito importante. Eles interagiram, fizeram as charges e foram buscar apoio no código de trânsito”.

As escolas participantes foram  as Escolas Municipais de Ensino Fundamental Caic Luizinho De Grandi, EMEF Tenente João Menna Barreto e EMEF Lívia Menna Barreto. As charges escolhidas serão publicadas no jornal A Razão.