Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Criada a associação dos pais e familiares de vítimas e sobreviventes da boate Kiss

Cerca de 800 pessoas participaram da reunião que criou a associação. Fotos:IB

Na manhã deste sábado, cerca de 800 pessoas votaram o estatuto que marca a criação da Associação dos Pais e Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia em Santa Maria. Divididos entre familiares das vítimas, identificados por um cartão amarelo -, e familiares dos sobreviventes – cartão rosa -, os presentes foram acompanhados pela Defensoria Pública, Ministério Público que fizeram  esclarecimentos quanto a procedimentos legais e direitos das famílias em decorrência da tragédia.

Dois cadastros foram distribuídos aos presentes. Um para os familiares indicarem um representante por família com direito a voto na entidade, e o outro aos sobreviventes que também terão direito a voto.

Cadastro da Associação foram entregues aos familiares presentes.

Durante a reunião, que teve início às 9h  no auditório Irmão Gelásio, no Colégio Marista Santa Maria,foi eleita uma diretoria provisória  que tem como presidente Adherbal Alves Ferreira e como vice-presidente Leo Carlos Becker, além dos secretários e os demais membros dos conselhos fiscal e administrativo.

Num clima de tranquilidade e de depoimentos dos familiares, a reunião foi acompanhada por uma equipe de atendimento psicossocial e pela Cruz Vermelha.

Uma segunda reunião da associação já está com indicativo de data a ser confirmada e deverá acontecer no prédio da Antiga Reitoria da UFSM, local da sede da entidade (Rua Floriano Peixoto, 1.184, Sala 602).  Também nesse local  familiares e sobreviventes ainda podem entregar as fichas do cadastramento.

No dia próximo dia 10, a Associação promove uma palestra motivacional a ser ministrada por sobreviventes de outros incêndios. Ela acontecerá no auditório Irmão Gelásio, no Colégio Santa Maria.

LEIA TAMBÉM

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cerca de 800 pessoas participaram da reunião que criou a associação. Fotos:IB

Na manhã deste sábado, cerca de 800 pessoas votaram o estatuto que marca a criação da Associação dos Pais e Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia em Santa Maria. Divididos entre familiares das vítimas, identificados por um cartão amarelo -, e familiares dos sobreviventes – cartão rosa -, os presentes foram acompanhados pela Defensoria Pública, Ministério Público que fizeram  esclarecimentos quanto a procedimentos legais e direitos das famílias em decorrência da tragédia.

Dois cadastros foram distribuídos aos presentes. Um para os familiares indicarem um representante por família com direito a voto na entidade, e o outro aos sobreviventes que também terão direito a voto.

Cadastro da Associação foram entregues aos familiares presentes.

Durante a reunião, que teve início às 9h  no auditório Irmão Gelásio, no Colégio Marista Santa Maria,foi eleita uma diretoria provisória  que tem como presidente Adherbal Alves Ferreira e como vice-presidente Leo Carlos Becker, além dos secretários e os demais membros dos conselhos fiscal e administrativo.

Num clima de tranquilidade e de depoimentos dos familiares, a reunião foi acompanhada por uma equipe de atendimento psicossocial e pela Cruz Vermelha.

Uma segunda reunião da associação já está com indicativo de data a ser confirmada e deverá acontecer no prédio da Antiga Reitoria da UFSM, local da sede da entidade (Rua Floriano Peixoto, 1.184, Sala 602).  Também nesse local  familiares e sobreviventes ainda podem entregar as fichas do cadastramento.

No dia próximo dia 10, a Associação promove uma palestra motivacional a ser ministrada por sobreviventes de outros incêndios. Ela acontecerá no auditório Irmão Gelásio, no Colégio Santa Maria.