Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Homem que construiu o próprio túmulo é destaque em rede nacional

Seu Osório revela como ficou o seu caixão. Foto: Priscilla Souza

O pedreiro Osório Oliveira da Rosa, 73 anos, morador de Caçapava do Sul, que ergueu um túmulo de três andares para ser enterrado de pé, terminou na semana passada a construção do próprio caixão.

A ideia pode parecer mórbida, mas há argumentos para sustentar esta bizarra iniciativa. Seu Osório declarou que resolveu construir o próprio caixão para poupar no enterro.

Feito de madeira e pintado nas cores amarelo, verde, vermelho e branco, o caixão acolchoado mede um metro e sessenta e seis centímetros (1,66 m).

Questionado sobre o motivo de querer ser enterrado de pé, seu Osório revela: “Porque já fiquei muito tempo deitado. A gente passa metade da vida deitado. Outra coisa que peço aos meus familiares e amigos é que no meu velório não tenha choro e nem vela. Desejo muito perfume e música. Adoro música”, avisou seu Osório.

O Túmulo – No túmulo de nove metros de altura no Cemitério das Catacumbas, em Caçapava do Sul, o primeiro andar é distinto as orações. O segundo abrigará o seu caixão e quando sua companheira morrer, o caixão dela ficará ao lado do seu. O terceiro é um terraço com churrasqueira para festas de familiares e amigos. A obra que demorou três anos para ficar pronta, custou o mesmo que a construção de uma casa, “Em torno de 60 mil reais”.

 RBS transfere exibição de reportagem com seu Osório –  Na noite de domingo, dia 14 de julho de 2013, centenas de caçapavanos ficaram acordados até tarde para acompanhar a reportagem no Teledomingo com o pedreiro. O repórter da RBS Tv Bernardo Bortolloto esteve em Caçapava para gravar com seu Ósorio dia 5 de julho. No programa, seu Osório mostrou o túmulo com dois andares, decoração e a churrasqueira. Ele também mostrou o caixão feito por ele, pintado com as bandeiras do Rio Grande do Sul. Veja no link

Seu Osório concede entrevista ao SBT Brasil  – O caçapavano concedeu entrevista ao programa SBT Brasil. O repórter Andrei Rossetto esteve em Caçapava no dia 16 de junho e matéria foi ao ar na sexta-feira, dia 5 de julho deste ano. Veja no link

Seu Osório grava para o quadro Giro Domingão com Carol Nakamura – Sexta-feira, dia 06 de setembro, a repórter e assistente de palco do Domingão do Faustão, Carol Nakamura, junto com a equipe de produtores do programa, esteve em Caçapava do Sul para gravar uma matéria sobre o pedreiro caçapavano para o quadro Giro Domingão. A gravação para o programa do Domingão do Faustão começou por volta das 15h no Cemitério das Catacumbas, teve música com Banda Municipal Dr. Cyro Carlos de Melo, dança com dois casais da invernada artística do CTG Sentinela do Forte e um gaiteiro. A matéria foi ao ar no dia 29 de setembro de 2013.

 Por Priscilla Souza

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Seu Osório revela como ficou o seu caixão. Foto: Priscilla Souza

O pedreiro Osório Oliveira da Rosa, 73 anos, morador de Caçapava do Sul, que ergueu um túmulo de três andares para ser enterrado de pé, terminou na semana passada a construção do próprio caixão.

A ideia pode parecer mórbida, mas há argumentos para sustentar esta bizarra iniciativa. Seu Osório declarou que resolveu construir o próprio caixão para poupar no enterro.

Feito de madeira e pintado nas cores amarelo, verde, vermelho e branco, o caixão acolchoado mede um metro e sessenta e seis centímetros (1,66 m).

Questionado sobre o motivo de querer ser enterrado de pé, seu Osório revela: “Porque já fiquei muito tempo deitado. A gente passa metade da vida deitado. Outra coisa que peço aos meus familiares e amigos é que no meu velório não tenha choro e nem vela. Desejo muito perfume e música. Adoro música”, avisou seu Osório.

O Túmulo – No túmulo de nove metros de altura no Cemitério das Catacumbas, em Caçapava do Sul, o primeiro andar é distinto as orações. O segundo abrigará o seu caixão e quando sua companheira morrer, o caixão dela ficará ao lado do seu. O terceiro é um terraço com churrasqueira para festas de familiares e amigos. A obra que demorou três anos para ficar pronta, custou o mesmo que a construção de uma casa, “Em torno de 60 mil reais”.

 RBS transfere exibição de reportagem com seu Osório –  Na noite de domingo, dia 14 de julho de 2013, centenas de caçapavanos ficaram acordados até tarde para acompanhar a reportagem no Teledomingo com o pedreiro. O repórter da RBS Tv Bernardo Bortolloto esteve em Caçapava para gravar com seu Ósorio dia 5 de julho. No programa, seu Osório mostrou o túmulo com dois andares, decoração e a churrasqueira. Ele também mostrou o caixão feito por ele, pintado com as bandeiras do Rio Grande do Sul. Veja no link

Seu Osório concede entrevista ao SBT Brasil  – O caçapavano concedeu entrevista ao programa SBT Brasil. O repórter Andrei Rossetto esteve em Caçapava no dia 16 de junho e matéria foi ao ar na sexta-feira, dia 5 de julho deste ano. Veja no link

Seu Osório grava para o quadro Giro Domingão com Carol Nakamura – Sexta-feira, dia 06 de setembro, a repórter e assistente de palco do Domingão do Faustão, Carol Nakamura, junto com a equipe de produtores do programa, esteve em Caçapava do Sul para gravar uma matéria sobre o pedreiro caçapavano para o quadro Giro Domingão. A gravação para o programa do Domingão do Faustão começou por volta das 15h no Cemitério das Catacumbas, teve música com Banda Municipal Dr. Cyro Carlos de Melo, dança com dois casais da invernada artística do CTG Sentinela do Forte e um gaiteiro. A matéria foi ao ar no dia 29 de setembro de 2013.

 Por Priscilla Souza