Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Um dia de paralisações

A greve geral que ocorre hoje em todo o Brasil mobiliza Santa Maria. Com exceção dos sindicatos policiais, quase todos os sindicatos dos trabalhadores da cidade aderiram ao movimento, principalmente o serviço público da cidade.Além das melhorias salariais, a principal reivindicação é a redução do valor da passagem do transporte coletivo que hoje custa R$2,45. A intenção dos grevistas é que esse valor baixe para R$2,00 e o retorno do passe livre.

Durante todo o dia, debates, caminhadas movimentarão as ruas centrais. Às 15h, haverá a Marcha pela Paz, sob a coordenação dos participantes da Feira da Economia Solidária. A Marcha sai da Praça Saldanha Marinho até o Santuário da Medianeira.Na mesma praça, às 17h, começa outra caminhada da greve que percorrerá a Avenida Rio Branco até a sede da Associação dos Transportadores Urbanos (ATU). A prefeitura orienta os motoristas a não trafegarem pelo centro, pois as caminhadas devem prejudicar o trânsito na região central da cidade.

O transporte intermunicipal paralisa neste dia 11 de julho

Viagens intermunicipais são canceladas de acordo com a determinação do Daer. A greve é a maior preocupação da população desde ontem. Já na cidade, o transporte público funciona normalmente, conforme a direção da ATU.

O que funciona normalmente:

• Bancos;
• Transporte coletivo urbano;
• Estradas;
• Polícia Civil;
• Brigada Militar;
• Saúde;
• Comércio.
Atividades suspensas:
• Fórum;
• Ministério Público;
• Escolas municipais e estaduais;
• Viagens intermunicipais.

A Prefeitura Municipal de Santa Maria e a Câmera de Vereadores anteciparam seus horários de funcionamento. Das 7h ao meio dia e das 8h às 14h, respectivamente.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A greve geral que ocorre hoje em todo o Brasil mobiliza Santa Maria. Com exceção dos sindicatos policiais, quase todos os sindicatos dos trabalhadores da cidade aderiram ao movimento, principalmente o serviço público da cidade.Além das melhorias salariais, a principal reivindicação é a redução do valor da passagem do transporte coletivo que hoje custa R$2,45. A intenção dos grevistas é que esse valor baixe para R$2,00 e o retorno do passe livre.

Durante todo o dia, debates, caminhadas movimentarão as ruas centrais. Às 15h, haverá a Marcha pela Paz, sob a coordenação dos participantes da Feira da Economia Solidária. A Marcha sai da Praça Saldanha Marinho até o Santuário da Medianeira.Na mesma praça, às 17h, começa outra caminhada da greve que percorrerá a Avenida Rio Branco até a sede da Associação dos Transportadores Urbanos (ATU). A prefeitura orienta os motoristas a não trafegarem pelo centro, pois as caminhadas devem prejudicar o trânsito na região central da cidade.

O transporte intermunicipal paralisa neste dia 11 de julho

Viagens intermunicipais são canceladas de acordo com a determinação do Daer. A greve é a maior preocupação da população desde ontem. Já na cidade, o transporte público funciona normalmente, conforme a direção da ATU.

O que funciona normalmente:

• Bancos;
• Transporte coletivo urbano;
• Estradas;
• Polícia Civil;
• Brigada Militar;
• Saúde;
• Comércio.
Atividades suspensas:
• Fórum;
• Ministério Público;
• Escolas municipais e estaduais;
• Viagens intermunicipais.

A Prefeitura Municipal de Santa Maria e a Câmera de Vereadores anteciparam seus horários de funcionamento. Das 7h ao meio dia e das 8h às 14h, respectivamente.