Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Caminhada pede Paz na Nova Santa Marta

Na manhã de sábado, 7, será realizada a Caminhada de Mãos Dadas pela Paz, na comunidade da Nova Santa Marta. A convocação é do colégio Marista, dentro do projeto “O Jovem Marista é Capaz de Transformar a Realidade”.

A ideia da caminhada é destacar e ressaltar que o número de pessoas honestas residentes no bairro Nova Santa Marta é maior que o índice de violência registrado no próprio bairro e na cidade.

Os responsáveis pelo movimento são adolescentes e professores da 6º e 7º série do Ensino Fundamental da Escola Marista Santa Marta. Os organizadores pedem a todos para vestirem trajes brancos na caminhada.

A concentração acontecerá na Praça Boa Esperança, na Avenida Principal 2, no Alto da Boa Vista, as 1o:30h.

A filosofia de ensino Marista busca trabalhar o protagonismo com os estudantes, mostrar que as juventudes tem autonomia e potenciais para transformar a realidade onde estão inseridas. A escola conta com um serviço de Pastoral que desenvolve ações de formação humana e vocacional integrado com o pedagógico.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 Fonte: Tiéle Abreu

LEIA TAMBÉM

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Na manhã de sábado, 7, será realizada a Caminhada de Mãos Dadas pela Paz, na comunidade da Nova Santa Marta. A convocação é do colégio Marista, dentro do projeto “O Jovem Marista é Capaz de Transformar a Realidade”.

A ideia da caminhada é destacar e ressaltar que o número de pessoas honestas residentes no bairro Nova Santa Marta é maior que o índice de violência registrado no próprio bairro e na cidade.

Os responsáveis pelo movimento são adolescentes e professores da 6º e 7º série do Ensino Fundamental da Escola Marista Santa Marta. Os organizadores pedem a todos para vestirem trajes brancos na caminhada.

A concentração acontecerá na Praça Boa Esperança, na Avenida Principal 2, no Alto da Boa Vista, as 1o:30h.

A filosofia de ensino Marista busca trabalhar o protagonismo com os estudantes, mostrar que as juventudes tem autonomia e potenciais para transformar a realidade onde estão inseridas. A escola conta com um serviço de Pastoral que desenvolve ações de formação humana e vocacional integrado com o pedagógico.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 Fonte: Tiéle Abreu