Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Desfile de moda mostra produção de estudantes na Unifra

Foto: Pedro Pellegrini (Lab. de Fotografia e Memória)
Foto: Pedro Pellegrini (Lab. de Fotografia e Memória)

 

O conjunto III, do Centro Universitário Franciscano, ficou pequeno para tantos acadêmicos, professores e funcionários que pararam para olhar o 1º desfile do curso de Design de Moda da instituição, na noite de quarta-feira, 14.  As modelos foram as próprias alunas da turma de Criatividade e Processos que se dedicaram a fazer os looks. A mostra faz parte Semana de Moda de Santa Maria outono inverno 2014 que segue com a programação até domingo, 18.

A professora responsável pela disciplina, Elza Hirata, afirma que o desfile é um muito importante para a história do curso e para instituição.“Mesmo que seja o primeiro trabalho de criação deles, é importante para ver como os alunos do curso estão compreendendo a questão da criação e como elencam o trabalho com a metodologia. Para o público é de suma importância compreender que existe todo um processo de cor, conceitos, tecidos, aviamentos,  pesquisa de croquis e elaboração de um projeto até chegar ao produto final . Além de que comprova de que a ideia do curso de Design de Moda está se materializando”.

DSC_2312
Foto: João Paulo Stefanello ( Laboratório de Fotografia e Memória)

Os looks tem como temática o período da arquitetura gótica, a arquitetura moderna de Oscar Niemeyer, o movimento renascentista com a representação da formiga rainha. Além disso, há também a respeito da origem da pérola – que são produzidas a partir de ostras, o desenho da Pequena Sereia, a roupa do toureiro – ícone da tradição espanhola, o desenho da Pequena Sereia e o filme Cisne Negro.

Elza Hirata explicou que o processo de elaboração dos looks demorou cerca de um mês. Primeiramente, foi preciso escolher um conceito, em uma temática livre, dentro desse tema foi feito um brainstorming (tempestade de ideias) onde era preciso definir quais elementos simbólicos como cores, textos e simbologias que seriam usados. A partir daí foram realizados croquis para que os alunos pudessem fazer o processo de criação dos looks e com isso escolheu-se os tipos de materiais das peças. Para finalizar eles tiveram que montar um fichário e agilizar o processo de modelagem.

A acadêmica do curso de Design de Moda, Camila Lourenci Jardim, explicou que a peça do seu grupo é sobre a rainha formiga, inspirada no movimento renascentista do século XVI. . Já Laís Saccol esclareceu que a do seu grupo é baseada no filme de Alice no País das Maravilhas. As acadêmicas acham importante o desfile para começar a entender como funciona os desfiles, tão frequentes na carreira de quem trabalha com moda

Laura Arigony, acadêmica do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Franciscano, gostou do que viu na passarela. O look que lhe chamou mais atenção foi o da rainha formiga, por ser bem característico e diferente dos outros modelos. Thales de Oliveira, jornalista e pesquisador de moda conceitual, gostou do que viu por se tratar de temas não muito comuns ao público leigo no assunto. Thales aprovou principalmente as peças que usaram bastante o preto, “Gostei muito da história da formiga, aprovei também a peça que possui relação com o banda Pink Floyd, pois sempre ligar moda com música dá muito certo”, acredita.

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Foto: Pedro Pellegrini (Lab. de Fotografia e Memória)
Foto: Pedro Pellegrini (Lab. de Fotografia e Memória)

 

O conjunto III, do Centro Universitário Franciscano, ficou pequeno para tantos acadêmicos, professores e funcionários que pararam para olhar o 1º desfile do curso de Design de Moda da instituição, na noite de quarta-feira, 14.  As modelos foram as próprias alunas da turma de Criatividade e Processos que se dedicaram a fazer os looks. A mostra faz parte Semana de Moda de Santa Maria outono inverno 2014 que segue com a programação até domingo, 18.

A professora responsável pela disciplina, Elza Hirata, afirma que o desfile é um muito importante para a história do curso e para instituição.“Mesmo que seja o primeiro trabalho de criação deles, é importante para ver como os alunos do curso estão compreendendo a questão da criação e como elencam o trabalho com a metodologia. Para o público é de suma importância compreender que existe todo um processo de cor, conceitos, tecidos, aviamentos,  pesquisa de croquis e elaboração de um projeto até chegar ao produto final . Além de que comprova de que a ideia do curso de Design de Moda está se materializando”.

DSC_2312
Foto: João Paulo Stefanello ( Laboratório de Fotografia e Memória)

Os looks tem como temática o período da arquitetura gótica, a arquitetura moderna de Oscar Niemeyer, o movimento renascentista com a representação da formiga rainha. Além disso, há também a respeito da origem da pérola – que são produzidas a partir de ostras, o desenho da Pequena Sereia, a roupa do toureiro – ícone da tradição espanhola, o desenho da Pequena Sereia e o filme Cisne Negro.

Elza Hirata explicou que o processo de elaboração dos looks demorou cerca de um mês. Primeiramente, foi preciso escolher um conceito, em uma temática livre, dentro desse tema foi feito um brainstorming (tempestade de ideias) onde era preciso definir quais elementos simbólicos como cores, textos e simbologias que seriam usados. A partir daí foram realizados croquis para que os alunos pudessem fazer o processo de criação dos looks e com isso escolheu-se os tipos de materiais das peças. Para finalizar eles tiveram que montar um fichário e agilizar o processo de modelagem.

A acadêmica do curso de Design de Moda, Camila Lourenci Jardim, explicou que a peça do seu grupo é sobre a rainha formiga, inspirada no movimento renascentista do século XVI. . Já Laís Saccol esclareceu que a do seu grupo é baseada no filme de Alice no País das Maravilhas. As acadêmicas acham importante o desfile para começar a entender como funciona os desfiles, tão frequentes na carreira de quem trabalha com moda

Laura Arigony, acadêmica do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Franciscano, gostou do que viu na passarela. O look que lhe chamou mais atenção foi o da rainha formiga, por ser bem característico e diferente dos outros modelos. Thales de Oliveira, jornalista e pesquisador de moda conceitual, gostou do que viu por se tratar de temas não muito comuns ao público leigo no assunto. Thales aprovou principalmente as peças que usaram bastante o preto, “Gostei muito da história da formiga, aprovei também a peça que possui relação com o banda Pink Floyd, pois sempre ligar moda com música dá muito certo”, acredita.