Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Reitora destaca a participação de candidatos de diversas partes do País

Foto: Juliano Dutra
Reitora Irmã Irani Rupolo. Foto: Juliano Dutra

Na manhã de vestibular, a reitora, Irmã Iraní Rupolo, comentou o processo seletivo em coletiva de imprensa, avaliou as inovações dessa edição e a grande participação de alunos de diversos estados do Brasil.

“Naturalmente, o vestibular de inverno já se afirmou há bastante tempo. Penso que, progressivamente, essa diferenciação da prova única em uma manhã vai fazendo também essa atração aos estudantes, muitos que não conseguem a vaga no mês de dezembro e janeiro, estão aqui para um segundo momento e uma bela oportunidade de ingresso no ensino superior”, destaca.

A procura pelo vestibular da Instituição foi grande. Entre os 2.865 candidatos, apenas os estados do Acre, Amapá, Alagoas e Paraíba não estão entre os estados de origem dos vestibulandos. “Penso que este é um dado interessantíssimo para o Centro Universitário Franciscano, para a comunidade universitária e para nossa cidade de Santa Maria e o estado do Rio Grande do Sul que tem essa referência do ensino superior de qualidade que nossa instituição propõe e realiza”, completa.

Nos últimos dez anos da Unifra, a reitora ressalta a constante qualificação de novos cursos. “O Centro Universitário Franciscano iniciou oito cursos de pós-graduação stricto sensu: seis cursos de mestrado e dois cursos de doutorado. Portanto, é um avanço e estamos trabalhando também nessa qualificação da pesquisa e extensão”, aponta. A Irmã ainda comentou sobre o processo de transformação de centro universitário para universidade, que deve levar cerca de um ano.

Sobre as novidades dessa edição do processo seletivo, a reitora comentou a divulgação do listão de aprovados e o aplicativo Guia do Vestibulando. “O momento de divulgação é um momento comemorativo também e, o fato de reunir as pessoas para que primeiro elas percebam, leiam e vejam no próprio site institucional. É preciso sempre utilizar a tecnologia em favor de todos”, observa. O Guia do Vestibulando é resultado de uma discussão entre a comissão de vestibular e o centro de tecnologia da Unifra. “Penso que esse trabalho conjunto dessas diversas percepções é o que ajuda a criar o melhor, o inovador”, finaliza.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Foto: Juliano Dutra
Reitora Irmã Irani Rupolo. Foto: Juliano Dutra

Na manhã de vestibular, a reitora, Irmã Iraní Rupolo, comentou o processo seletivo em coletiva de imprensa, avaliou as inovações dessa edição e a grande participação de alunos de diversos estados do Brasil.

“Naturalmente, o vestibular de inverno já se afirmou há bastante tempo. Penso que, progressivamente, essa diferenciação da prova única em uma manhã vai fazendo também essa atração aos estudantes, muitos que não conseguem a vaga no mês de dezembro e janeiro, estão aqui para um segundo momento e uma bela oportunidade de ingresso no ensino superior”, destaca.

A procura pelo vestibular da Instituição foi grande. Entre os 2.865 candidatos, apenas os estados do Acre, Amapá, Alagoas e Paraíba não estão entre os estados de origem dos vestibulandos. “Penso que este é um dado interessantíssimo para o Centro Universitário Franciscano, para a comunidade universitária e para nossa cidade de Santa Maria e o estado do Rio Grande do Sul que tem essa referência do ensino superior de qualidade que nossa instituição propõe e realiza”, completa.

Nos últimos dez anos da Unifra, a reitora ressalta a constante qualificação de novos cursos. “O Centro Universitário Franciscano iniciou oito cursos de pós-graduação stricto sensu: seis cursos de mestrado e dois cursos de doutorado. Portanto, é um avanço e estamos trabalhando também nessa qualificação da pesquisa e extensão”, aponta. A Irmã ainda comentou sobre o processo de transformação de centro universitário para universidade, que deve levar cerca de um ano.

Sobre as novidades dessa edição do processo seletivo, a reitora comentou a divulgação do listão de aprovados e o aplicativo Guia do Vestibulando. “O momento de divulgação é um momento comemorativo também e, o fato de reunir as pessoas para que primeiro elas percebam, leiam e vejam no próprio site institucional. É preciso sempre utilizar a tecnologia em favor de todos”, observa. O Guia do Vestibulando é resultado de uma discussão entre a comissão de vestibular e o centro de tecnologia da Unifra. “Penso que esse trabalho conjunto dessas diversas percepções é o que ajuda a criar o melhor, o inovador”, finaliza.